Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



0-3: Barcelona ganhou o Clássico

por Pedro Silva, em 23.12.17

cristiano-ronaldo_1AM8672Thumb.jpg 

O Real Madrid, que teve muitas ocasiões de golo e jogou com dez desde a meia hora, não conseguiu fechar com uma vitória o ano dos cinco títulos.

 

O Real Madrid não foi capaz de vencer o Clássico, na despedida daquele que foi o ano com mais títulos na sua história. O conjunto blanco, que foi melhor na primeira parte e continuou a atacar na segunda, mesmo quando estava em inferioridade numérica, caiu no último encontro de 2017. O Barcelona aproveitou o bom arranque na segunda parte para fazer a diferença que ditou o triunfo. Um castigo demasiado pesado num jogo em que os comandados de Zidane tiveram muitas oportunidades, tendo actuado com com dez desde a expulsão de Carvajal, ao minuto 63. 

Kovacic foi a novidade no onze em relação à final do Mundial de Clubes. Aconchegado por um Bernabéu que apresentou um ambiente de grandes ocasiões, o Real Madrid começou melhor o desafio. No segundo minuto, Cristiano cabeceou para o fundo das redes, mas estava em fora de jogo. Os blancos procuravam criar situações de perigo através da combinação Marcelo-Cristiano pelo lado esquerdo. Muito activo, o português não conseguiu acertar na bola, após uma assistência de Kroos (10') dentro da área. Ainda que sem grandes ocasiões de golo, o jogo estava dinâmico e disputava-se mais no meio-campo azulgrana, onde o Real Madrid pressionava a saída com bola do rival.

Remate de Benzema ao poste
Se os de Zidane apostavam num jogo directo e vertical, o conjunto catalão matinha-se na expectativa com um futebol mais pausado. A sua primeira ocasião clara de golo surgiu aos 30': Paulinho ganhou nas costas da defesa e efectuou um disparo travado por Navas. A réplica surgiu logo na jogada seguinte, com Cristiano a rematar cruzado, obrigando Ter Stegen a defesa apertada com o pé. À medida que se aproximava o intervalo, as equipas estendiam mais o jogo. 

O REAL MADRID DISPUTARÁ NO DIA 4 DE JANEIRO, EM SORIA, O PRIMEIRO JOGO DE 2018.

Aos 39’, Paulinho voltou a obrigar Keylor a aplicar-se. E aos 42' Benzema teve a oportunidade mais flagrante dos madridistas. O francês rematou de cabeça ao poste e o equador do jogo chegou com um nulo. Após o descanso, Luis Suárez foi protagonista de várias incursões que iam dando muito que fazer a Navas. Aos 54 minutos, depois de uma rápida transição de Busquets e Rakitic, o uruguaio desfez o empate. Nove minutos mais tarde, surgiu a jogada que sentenciou a partida. Após uma série de ressaltos, Carvajal desviou com a mão, dentro da área, um remate de Paulinho. O lateral foi expulso e Messi fez golo de penálti (64').

Oportunidades com dez
Com a tarefa madridista ainda mais complicada, Zidane recompôs o sector defensivo, fazendo entrar Nacho, e logo a seguir Bale e Asensio, procurando uma reacção do grupo. Apesar de um resultado desfavorável e em inferioridade numérica, o Real Madrid continuou em busca do golo. Bale teve a possibilidade de reduzir a desvantagem, a 12 minutos do final, mas "esbarrou" por duas vezes em Ter Stegen. O guarda-redes tornou-se no herói visitante e voltou a defender outro disparo de Sergio Ramos. Já no período de compensação, Aleix Vidal fez o definitivo 0-3.

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00




Agenda do Real Madrid


Calendário

Dezembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)


as (19/02/2018)


Publicidade



Espectadores


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.