Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A_1RM6398_ULTRAThumb.jpg 

O Real Madrid somou os três pontos contra o Alavés num encontro no qual dispôs de ocasiões para marcar mais golos. 

 

O Real Madrid ganhou no  Mendizorroza e somou a 12ª vitória consecutiva fora de casa no campeonato. Apenas precisou de dez minutos para marcar o campeão em título. Grande passe de Cristiano para Asensio, que centrou atrasado para Ceballos, este superou dentro da área Rodrigo Ely e bateu Pacheco com um remate colocado com o pé direito. Primeiro golo do natural da Andaluzia com a camisola branca.

O mais difícil já estava feito, mas os madridistas queriam aumentar a vantagem antes do intervalo e estiveram perto de o conseguir antes de se atingir a meia hora. Centro outra vez de Asensio, mas o disparo de Lucas Vázquez ao primeiro poste saiu por cima aos 27’. Mais clara foi a oportunidade que Nacho dispôs quatro minutos mais tarde.

Minutos de incerteza
Os melhores minutos da primeira metade foram os finais. Burgui iniciou a jogada aos 40’, entregou o esférico a Munir e o centro deste foi aproveitado por Manu García para empatar de cabeça. Pouco durou a alegria ao Alavés porque o Real Madrid reagiu e voltou a colocar-se na frente três minutos mais tarde. Centrou Carvajal, Pacheco falhou na hora de agarrar o esférico, e Ceballos mais rápido que todos, rematou de zona frontal para fazer o bis. 

O MADRID É A PRIMEIRA EQUIPA A MARCAR COMO VISITANTE NA LIGA EM 33 JOGOS CONSECUTIVOS. 

A segunda metade começou com mais ritmo. De facto, com apenas dois minutos jogados, Cristiano Ronaldo acertou com um remate no poste. Os brancos contavam a atacar, e aos 55’ dispuseram de uma claríssima ocasião para marcar. Passe longo de Varane e magnífico domínio de peito de Isco, mas não conseguiu superar Pacheco no frente a frente.

Cristiano Ronaldo, segunda vez ao poste
O golo que daria tranquilidade aos visitantes parecia uma questão de tempo, depois da grande jogada protagonizada por Cristiano Ronaldo aos 63’. Fugiu no lado direito a Duarte com uma finta precisa e o posterior remate de pé esquerdo acertou no poste. Mas reagiu o Alavés, e Pedraza depois de desviar o esférico de Varane, acertou na trave aos 70’.

As ocasiões sucediam-se. Espectacular domínio no ar de Isco aos 74’, e Pacheco não agarrou o esférico a cento do natural de Málaga. Ramos rematou por cima de baliza aberta. Respondeu a equipa da casa, e Pedraza no frente a frente com Keylor Navas acertou no poste. Daí até final, o Real Madrid soube manter a posse de bola para não sofrer, e podia ter marcado o terceiro se Pacheco não estivesse tão acertado a remates de Lucas Vázquez e Cristiano Ronaldo. Os brancos já pensam no jogo de terça-feira contra o Borussia em Dortmund.

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:00




Madridistas


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário



FIFA Club World Cup 2016


UEFA Supercup 2017


UEFA Champions League 2016/17


Supercopa España 2017


La Liga 2016/17


Copa del Rey 2010/11




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D