Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Vitória sofrível

por Pedro Silva, em 30.11.15

O Real Madrid regressou aos triunfos na Liga Espanhola de futebol, depois do humilhante 0-4 com o FC Barcelona, ao vencer no reduto do Eibar por 2 x 0, em encontro da 13.ª jornada da prova.

O Galês Gareth Bale inaugurou o marcador, aos 43 minutos, de cabeça, após um canto, e o internacional Português Cristiano Ronaldo sentenciou, também de bola parada, ao transformar um penálti ‘fantasma’, aos 82.

A formação Merengue foi melhor e criou mais ocasiões de golo, mas realizou mais uma exibição muito ‘apagada’, com Ronaldo a não fugir à mediocridade geral. No centro da defesa, Pepe não sentiu grandes problemas.

Ainda assim, o ‘capitão’ da Seleção Lusa marcou o seu nono golo na prova - evitando ficar em ‘branco’ pela nona vez na competição - e segundo de grande penalidade, depois de três jogos sem faturar.

Com este triunfo, o Real Madrid CF segue no terceiro lugar, recolocando-se a dois pontos do Atlético de Madrid (1 x 0 ao Espanyol, num jogo marcado pela grave lesão de Tiago) e seis do líder FC Barcelona (4 x 0 à Real Sociedad).

Retirado de SAPO Desporto

Melhor em Campo: Luka Modric

luka_modric.png 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

LOL

por Pedro Silva, em 28.11.15

La Comisión de Disciplina de la FIFA aplicará al Real Madrid la misma sanción que impuso al FC Barcelona por el caso de irregularidades en los fichajes de jugadores menores de edad: dos mercados sin fichar y una posible multa. La resolución definitiva, a una investigación abierta hace más de un año, se tomó el pasado mes de julio, pero la FIFA, por motivos que no ha clarificado, sigue sin oficializar la sanción.

(..)

Mundo Deportivo se puso en contacto con la FIFA para confirmar el castigo, pero el organismo mostró una total falta de transparencia al respecto. A la consulta realizada por este periódico, un portavoz de la FIFA respondió que “en términos generales, la FIFA no está en una posición de poder confirmar una información de este tipo”. Ante la insistencia hubo una segunda respuesta del organismo: “Rogamos entiendan que los procesos judiciales son confidenciales. Sólo el contenido de decisiones ya notificadas se puede hacer público”.

In. Mundo Deportivo

Quer dizer o FC Barcelona foi condenado pela FIFA por ter andado a aliciar criancinhas e agora os “isentos” Jornalistas do Mundo Deportivo querem que o Real Madrid CF tenha uma sanção igual?

LOL. Simplesmente LOL

904503.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Estrelas do Real Madrid CF (XVI)

por Pedro Silva, em 27.11.15

Satellite.jpg

Atienza II

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Quase deu Benítez

por Pedro Silva, em 26.11.15

Cristiano Ronaldo voltou aos golos e logo em dose dupla, depois de quase um mês sem marcar. O português esteve em destaque na vitória do Real Madrid sobre o sobre o Shakhtar Donetsk por 4-3, marcando dois golos e fazendo duas assistências para Carvajal (golaço) e Modric, num encontro em que os merengues dominaram do princípio ao fim. CR7 passou a liderar os marcadores da Champions com sete golos em cinco partidas. O Real Madrid "sara as feridas" da humilhação caseira sofrida no sábado ante o Barcelona e garante o primeiro lugar do Grupo A.

Este era o jogo ideal para recuperar a confiança da equipa, depois das derrotas com o Sevilha fora por 3-2 e com o Barcelona em casa por 4-0, em jogos da Liga Espanhola. Já apurado, o Real Madrid jogou em jeito de passeio e não teve dificuldades perante um Shakhtar que não mostrou tanta vontade de vencer como seria esperar, já que necessitava da vitória para ganhar vantagem na luta pelo 3º lugar (dá acesso à Liga Europa).

Relativamente ao descalabro de sábado, Benitez fez "cair" Keylor Navas, Danilo, Toni Kroos, James Rodriguez e Benzema do onze, que se juntaram aos lesionados Marcelo e Sergio Ramos. Uma verdadeira revolução no onze que contou com Pepe a titular e ainda Casemiro.

Logo aos dois minutos, Cristiano Ronaldo teve boa oportunidade para voltar aos golos após passe de Modric mas errou o alvo. Mas CR7 não era duas vezes seguidas e aos 18, foi o único a acreditar que uma correia de Bale poderia dar em qualquer coisa. O galês conseguiu cruzar para a área onde apareceu Ronaldo, sozinho, a desviar de cabeça para o 1-0. Era o regresso do português aos golos, quase um mês depois, ele que não marcava desde o dai 31 de outubro, frente aos Las Palmas.

Até ao intervalo não se verificou nada de extraordinário no jogo, a não ser algumas tímidas tentativas do Shakhtar em empatar. Destaque para a lesão de Varane, que foi substituído por Danilo.

O início do segundo tempo não poderia ser melhor para os espanhóis. Aos 50 minutos, Casemiro encontrou Ronaldo na área com um passe longo. O português esperou até colocar em Modric que atirou a contar, fazendo o 2-0. No minuto seguinte foi Pyatov a evitar novo tento de CR7. Mas o guarda-redes ucraniano nada poderia fazer aos 53 minutos. Ronaldo aguentou a bola na área, viu a entrada de Carvajal e soltou a bola na hora. O lateral recebeu, fez um túnel a Márcio Azevedo e com o pé esquerdo, fez um remate colocado, batendo Pyatov pela terceira vez.

Ronaldo, que nunca está satisfeito com o número de golos marcados, bisou no encontro aos 70 minutos, após nova boa jogada de Bale. O português, só a segunda, conseguiu bater o guarda-redes ucraniano.

Já com Kroos e Benzema em campo, os merengues tiraram o "pé do acelerador", relaxaram e permitiram grande recuperação do Shakthar Donetsk. Casemiro foi imprudente e derrubou Taison aos 77, dentro da área. Alex Teixeira aproveitou para bater Kiko Casilla, com o portero espanhol ainda a tocar no esférico. O segundo golo da turma ucraniana (que joga no Arena Lviv, casa emprestada), foi apontado aos 83 minutos e pertenceu a Dentinho. O brasileiro só teve de encostar com o peito, após canto. Estava completamente esquecido.

O relaxamento merengue seria castigado novamente aos 88 minutos, com novo golo do Shakthar, desta vez por Alex Teixeira, que teve todo o tempo do mundo na grande área antes de decidir por um remate colocado. Os ucranianos ainda tentaram o empate mas já não havia tempo para mais.

Ronaldo voltou aos golos e lidera a lista dos melhores marcadores da Liga dos Campeões com sete golos. O Real Madrid garante o primeiro lugar do grupo, à frente do PSG. Os de Rafa Benitez estiveram a vencer por 4-0 mas permitiram três golos aos ucranianos em três minutos.

Retirado de SAPO Desporto

Melhor em Campo: Luka Modric

luka_modric.png 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Pág. 1/6




Agenda do Real Madrid


Calendário

Novembro 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (23/01/2018)


as (23/01/2018)


Publicidade



Espectadores


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds