Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Real Madrid News

por Pedro Silva, em 23.05.18

Noticias Real Madrid.png

  • PRESSÃO? FILHO DE ZIDANE É CATEGÓRICO

Filho do treinador dos merengues, o jovem guarda-redes, 20 anos, garante que o nome não entra em campo, tão-pouco representa pressão extra.

 

ABOLA (19/05/2018, 22h45) 

 

  • «RONALDO? MARCOU, RECUOU E AJUDOU»

«Notou-se que ele está bem. Marcou, recuou no terreno, ajudou… É o melhor do mundo e é uma honra jogar ao lado dele. Há que desfrutar do futebol de Ronaldo», salientou o médio brasileiro, o qual atingiu o jogo 150 ao serviço do clube espanhol.

 

ABOLA (19/05/2018, 23h21) 

 

  • REAL MADRID MARCA POSIÇÃO SOBRE NEYMAR

O Real Madrid, através do diretor geral José Ángel Sánchez, terá comunicado ao Paris Saint-Germain que não está interessado na contratação de Neymar.

 

ABOLA (20/05/2018, 01h06) 

 

  • A EMOTIVA MENSAGEM DE SERGIO RAMOS A TRÊS HISTÓRICOS

Sergio Ramos, capitão do Real Madrid, recorreu às redes sociais para deixar mensagem pública de agradecimento a três adversários que, por motivos diversos, decidiram dar um novo rumo às respetivas carreiras.

 

ABOLA (20/05/2018, 17h51) 

 

  • «COM RONALDO É TUDO AO CONTRÁRIO»

«Para ele é tudo ao contrário. Quando não marca não fica nervoso, sabe que no jogo seguinte vai marcar dois ou três golos. É isso que faz dele o melhor. Há jogadores que se deixam afetar pela pressão, outros não. Por isso, cuidado quando o criticam», alertou o treinador francês, em conferência de Imprensa.

 

ABOLA (22/05/2018, 11h42) 

 

  • «PSG? BOLAS, NÃO SOMOS ASSIM TÃO MAUS…»

«A partir do momento em que foi conhecido o sorteio, não parávamos de ver na comunicação social vídeos de Cavani, Mbappé e Neymar, todos diziam que tínhamos medo. Nós pensávamos: `Bolas, não somos assim tão maus´. Deixámos que falassem fora do campo e nós falámos lá dentro. Brincámos com esses comentários, rimo-nos muito à conta deles», contou o lateral espanhol, no dia aberto à Imprensa do plantel merengue.

 

ABOLA (22/05/2018, 12h52) 

 

  • RONALDO «CEM POR CENTO» AO LADO DOS JOGADORES E TREINADOR DO SPORTING

«É uma situação aborrecida, eu tento ficar sempre do lado dos jogadores e do treinador, porque temos a mesma profissão. Estou cem por cento com eles, sempre», afirmou Ronaldo à correspondente da RTP, durante o dia aberto do Real Madrid a propósito da final da Liga dos Campeões, no próximo sábado em Kiev, frente ao Liverpool.

 

ABOLA (22/05/2018, 15h11) 

 

  • «SEMPRE TIVEMOS CRAQUES, AGORA HÁ ALGO MAIS…»

«Sempre tivemos craques nas diferentes equipas, mas agora há algo mais… Talvez o espírito de grupo. Vivemos épocas complicas, parecia que o balneário estava dividido e era mesmo essa a realidade. Temos um ambiente único, não há egos nem protagonismo individual. Nesse sentido ganhamos todos», salientou o central, esta terça-feira, durante o dia aberto à Imprensa no centro de treinos do clube, na contagem decrescente para a final da Liga dos Campeões com o Liverpool.

 

ABOLA (22/05/2018, 16h14) 

 

  • «GANHAR O MEU QUINTO TROFÉU SERIA MARAVILHOSO»

O melhor jogador do mundo, que caso saia vencedor igual o número de conquistas de Barcelona e Bayern Munique, com cinco troféus da competição, admite que «seria maravilhoso» em declarações proferidas ao jornal AS, apesar de cauteloso em relação à qualidade dos ingleses.

 

ABOLA (22/05/2018, 16h39) 

 

  • «NEYMAR? FALAM DE 50 JOGADORES E NO FINAL NÃO VEM NINGUÉM...»

«Estou aqui há oito anos e falam sempre de 50 jogadores que o clube vai contratar mas no final não vem ninguém. Quem chega às finais são sempre os mesmos...»

 

ABOLA (22/05/2018, 21h16) 

 

  • SOLUÇÃO PARA LUCAS SILVA PODE ESTAR EM ESPANHA

Avança o UOL Esporte que um dos pedidos de Mohamed terá sido Lucas Silva, jogador dos quadros do Real Madrid, que não tem convencido a estrutura do Santiago Bernabéu.

 

ABOLA (22/05/2018, 22h50) 

 

  • «NÃO PODIA ASSINAR PELO BARCELONA, SOU REAL»

«Sabemos que o Liverpool é muito agressivo, tem três jogadores de ataque num momento muito bom, uma boa defesa e um meio-campo muito agressivo», explicou o médio brasileiro, em análise à formação dos reds.

 

ABOLA (22/05/2018, 23h57) 

 

  • «NÃO TENHO DE SER O MELHOR AMIGO DO PRESIDENTE»

«Nunca disse que não tinha carinho [no clube]. Sinto que os jogadores têm grande carinho por mim, porque eles sabem o que sou. Mas há coisas que se podem controlar e outras não. De um modo geral, sinto-me muito acarinhado no Real Madrid», esclareceu o internacional português, em declarações ao El Chiringuito de Jugones.

 

ABOLA (23/05/2018, 09h32) 

 

  • O SEGREDO DE RONALDO

O diário AS desvenda o rigoroso programa que CR7 faz questão de cumprir à risca, com o objetivo de perder peso, aumentar a massa muscular e manter intacta a capacidade de explosão e de impulsão.

 

ABOLA (23/05/2018, 10h33) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

85-80: O Real Madrid conquista a Décima!

por Pedro Silva, em 22.05.18

_1RM2408_ultraThumb.jpg

Os blancos derrotaram o Fenerbahçe e proclamam-se campeões europeus pela segunda vez em quatro anos. Doncic, MVP da Final Four.

 

Real Madrid engrandece a sua lenda em Belgrado e a sua hegemonia no Velho Continente ao proclamar-se campeão europeu pela décima vez na sua história e ganhar a segunda Euroliga em quatro anos. Impôs-se ao Fenerbahçe numa grande final, na qual teve que superar o campeão em título, que fez frente até ao último segundo. Foi com uma exibição colectiva, demonstrando solidariedade, carácter e união. De outra forma teria sido impossível consegui-lo. Seis jogadores com dois dígitos em valorização, liderados por uns superlativos Causeur (17 pontos e 21 de valorização) e Luka Doncic, que com 15 pontos e 17 de valorização foi eleito MVP da Final Four.

Não era Istambul mas parecia pelo amarelo que inundava as bancadas da Stark Arena. O Real Madrid tinha que lutar contra um ambiente desfavorável e uma oposição do Fenerbahçe baseada no jogo no limite. Aguentou a entrada turca e não se preocupou que fossem dois secundários como Ahmet (8) e Kalinic (5) a marcarem. Os importantes estavam marcados. A pressão dos comandados por Obradovic durou cinco minutos (6-11), os que demoraram os blancos a juntarem ao seu jogo o acerto nos triplos.  

O perímetro madridista começa a carburar
Um desconto de tempo de Laso e a entrada em campo de Rudy e Llull deram ao Madrid maior capacidade para ameaçar com o jogo exterior. Isso somado a que defensivamente aplicasse a mesma dureza do adversário permitiu encadear uns minutos de grande nível. Como fizeram nas meias-finais, deixaram para trás o Fenerbahçe e com um parcial de 16-1 em sete minutos, nos quais marcaram quatro triplos em cinco tentativas, alcançaram a maior diferença (25-17, min. 12). Foram Sloukas e Melli os que deram um passo em frente do lado turco para porem fim à série madridista e levarem a final a uma troca de golpes até ao intervalo com o 38-40.

RUDY CONQUISTA A EUROLIGA NO SEU JOGO 400 COM REAL MADRID.

A elevada exigência do jogo não permitia descansar e o Madrid demostrou estar muito concentrado. Fez um terceiro quarto sensacional a todos os níveis. Não fraquejou apesar da pressão exercida pelo Fenerbahçe, agora com Wanamaker no comando, e seus seguidores. Fazia frente com todos os seus jogadores, liderados por um sensacional Causeur. O francês marcou 12 pontos no terceiro quarto para um total de 25 do Madrid. A sua contribuição e a de Reyes na área restritiva, mais um grande trabalho defensivo que apenas concedeu 15 pontos ao adversário, permitiram aos jogadores orientados por Laso entrarem com 8 pontos de vantagem no quarto decisivo (63-55, min. 30).

A força de uma equipa 
Assim foi como tinha jogado durante todo o encontro e a chave do êxito do grupo de Laso: ser uma equipa. Foi impressionante. Em cada bola, em cada posse, o Madrid deu tudo. O Fenerbahçe continuava sem poder derrubar a solidez madridista. Tentava com um acertadíssimo Melli, mas os blancos respondiam uma e outra vez com diferentes protagonistas. Tavares controlava o jogo ofensivo turco, Doncic a dirigir, Thompkins, Carroll... uma exibição de basquetebol solidário. Um triplo de Carroll colocou o Madrid dez pontos à frente com 71-61 no minuto 35.

Sangue frio com Causeur no comando 
Com tudo que tinham, os jogadores de Obradovic lutaram até final, diminuindo a desvantagem para 81-78 a 22 segundos do final, mas a Décima merecia um esforço suplementar. Um ressalto de Thompkins no ataque e posterior cesto, e dois lançamentos livres de Causeur faziam cair definitivamente o Fenerbahçe e permitiam ao Real Madrid alcancar o sonho numa temporada carregada de dificuldades (85-80, min. 40).

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Por razões de saúde

por Pedro Silva, em 21.05.18

download.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Por razões de saúde

por Pedro Silva, em 20.05.18

download.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00



Agenda do Real Madrid


Calendário

Maio 2018

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (24/05/2018)


as (24/05/2018)


Publicidade



Espectadores


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds