Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



_1RM3591_ultraThumb.jpg

Os golos do francês, que realizou um jogo espectacular, e os de Ramos e Bale rubricam a vitória diante do Espanhol. 

Sem Título.png

O Real Madrid já está em velocidade cruzeiro. Não só ganhou os três últimos encontros oficiais como também o fez com um jogo agradável e que convence. Hoje encaminhou o triunfo contra o Espanhol em apenas um quarto de hora com os golos de Benzema e Ramos. O primeiro chegou no minuto 4. Modric entrou na área, disparou e Diego López evitou o tento com uma grande estirada, mas Benzema, muito rápido, aproveitou a recarga e adiantou os blancos.

O 0-2 chegou apenas 11 minutos depois e foi fabricado no laboratório de Solari. Kroos marcou de forma curta o canto para Modric, que colocou o esférico ao segundo poste, onde apareceu Ramos para marcar com um perfeito remate de cabeça. Terceiro golo do capitão nos dois últimos jogos. Apesar da vantagem, o Real Madridcontinuava a dominar o esférico, mas numa jogada isolada, e depois de uma série de ressaltos, Baptistao bateu Courtois aos 25’ e reduziu a diferença.

Obra de arte de Benzema
O conjunto da casa voltava a entrar no jogo mas os madridistas continuavam a serem fiéis ao guião que tinham seguido desde o início. E graças a esse domínio chegaram ao intervalo com uma vantagem maior. Já nos descontos apareceu a obra de arte da noite. Benzema combinou com Vinicius Jr., que lhe devolveu o esférico, e o francês colocou no fundo das redes com um remate em arco tão bonito como colocado perante o qual nada conseguiu fazer a estirada de Diego López.

O REAL MADRID É A PRIMEIRA EQUIPA QUE ALCANÇA OS 4500 PONTOS NA HISTÓRIA DA LIGA.

Solari viu-se obrigado a substituir ao intervalo Ramos, com queixas físicas, por Nacho. Não mudou o encontro após a passagem pelos balneários e as ocasiões mais claras de golo continuavam a ser para os visitantes. Décima primeira finta de Benzema, que deu um recital no RCDE Stadium, maravilhoso passe do francês para Modric aos 57’ e o disparo do croata da marca de penálti obrigou Diego López a brilhar.

Bale regressou com golo
A pressão do Real Madrid continuava a ser asfixiante e o Espanhol apenas conseguia sair do seu meio campo. Assim chegou o quarto golo dos visitaates. Entre Lucas Vázquez e Nacho roubaram o esférico a Baptistao no minuto 69. Bale, que aos 64’ tinha regressado após a lesão, fez o resto. Fugiu a Javi López com uma preciosa manobra de costas e um duplo toque de calcanhar, e bateu Diego López com um remate cruzado. Um minuto depois, o guarda-redes da equipa da casa evitou o tento de Carvajal, que recebeu um passe genial de um inspiradíssimo Benzema.

Tudo parecia já decidido mas o Real Madrid ficou reduzido a dez futebolistas aos 70’ devido à expulsão de Varane. Aí apareceram os melhores minutos do conjunto da casa, que esteve perto de reduzir a desvantagem dois minutos mais tarde num disparo de Sergio García que ficou envenenado depois de golpear em Reguilón e que Carvajalmandou para canto sobre a linha de golo. Quem marcou foi Rosales aos 82’, mas daí até final os madridistas souberam manter a vantagem e obtiveram uma merecida vitória. 

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Agenda do Real Madrid


Calendário

Janeiro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds