Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Derrota inglória e vitória da banalidade

por Pedro Silva, em 23.03.15

Nem sempre jogado a um ritmo alto, mas sempre com intensidade e rivalidade, o Clássico teve muita emoção. Pelo Camp Nou passaram os melhores artistas do futebol Espanhol e venceu a turma da casa, por 2 x 1, que cimentou a liderança na classificação. Mathieu e Suárez marcaram para os Blaugrana, Ronaldo para o Real.

Entrada forte do Barcelona perante um Real Madrid à espera para ver o que dava o duelo. Quando os Merengues estavam a equilibrar o jogo, e Ronaldo até tinha atirado a bola aos ferros, os adeptos Blancos viram Messi colocar a bola, de forma irrepreensível, em Jérémy Mathieu para este abrir o marcador, aos 19 minutos.

Com muita cultura táctica em campo por parte de ambas as equipas, o Barcelona tinha dificuldade em fazer posse diante de um Real Madrid a viver do talento de Ronaldo e do pulmão de Marcelo (sempre muito participativo em acções de ataque). Mas Benzema também é um perigo à solta na frente Merengue e ajudou Ronaldo a empatar o duelo. Aos 31 minutos, Modric meteu a bola no Francês que deu de calcanhar para Ronaldo, em zona frontal à baliza, bater Claudio Bravo.

Até ao intervalo, o Real Madrid podia ter passado para a frente. Bale chegou a marcar um golo mas o árbitro anulou o lance que deixou dúvidas mas esteve bem o juiz. Várias foram as oportunidades de golo para Ronaldo e companhia diante de um Barça que estava perdido em campo e a mostrar algum nervosismo, que nem o facto de se ter adiantado no marcador ajudou a resolver.

No segundo tempo, os Campeões Europeus entraram bem, dando sequência ao que fizeram em grande parte do primeiro tempo. Em Camp Nou, viu-se um Real Madrid a jogar e... um Barça a marcar. Os Blancos estavam por cima do jogo mas, aos 56 minutos, Dani Alves isolou Suárez que controlou bem a bola e depois rematou cruzado para o 2 x 1.

Em desvantagem, o Real Madrid sentiu o golo e baixou de rendimento em campo. Cresceu o Barcelona, com Neymar a colecionar várias jogadas de perigo. O jogo foi mais faltoso e o Barça, perante uma incapacidade Real que caiu drasticamente, foi guardando a sua vantagem. No final, vitória da turma Catalã que cimenta a sua liderança na classificação.

Retirado de zerozero

Melhor em Campo: Iker Casillas

iker_casillas.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18



subscrever feeds