Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



_HE20524_uThumb.jpg 

Varane, Benzema, Marcelo, Cristiano Ronaldo e Isco por duas vezes marcaram para os brancos.

 

O Real Madrid ganhou de forma contundente ao Betis num jogo que resolveu na primeira metade e continua líder exaequo da Liga. Cedo se adiantaram os visitantes. Zidane tinha deixado claro ontem na sala de imprensa que a sua equipa devia “entrar forte no jogo e não dar ao adversário a possibilidade de fazer o seu jogo”. Dito e feito. Mal o jogo tinha começado, Kroos marcou um livre e Varane levou a bola ao fundo das redes com a cabeça.

Apenas tinham passado quatro minutos de jogo, e nos 11 restantes até se cumprir o primeiro quarto de hora, os brancos mereciam aumentar a vantagem. De facto, Cristiano Ronaldo esteve perto de marcar a centro de Isco aos 6’, mas o remate ao segundo poste não acertou na baliza por muito pouco. Mais clara foi a oportunidade que teve Bale aos 15’. A sua cabeçada em prancha depois de um grande centro de Marcelo acertou no poste.
 
Marcou Benzema
O jogo estava dividido e decorria em toada de parada e resposta. O Betis, empurrado pelo seu público, pressionava mais em busca do empate, mas os brancos, acabaram com qualquer tentativa de reacção quando se ultrapassou a meia hora de jogo. Kroos aproveitou um passe errado de Joaquín, conduziu o esférico até à entrada da área e assistiu Benzema. O francês fez o resto. Recebeu o passe e surpreendeu Adán colocando a bola dentro da baliza. O gaulês marcou nos seis últimos jogos que disputou frente ao Betis. 

JÁ MARCARAM GOLO 15 JOGADORES DO REAL MADRID ESTA TEMPORADA.

O último quarto de hora foi um recital dos visitantes. Marcelo marcou, e realizou uma grande exibição no regresso após lesão. Disparou Benzema e o esférico acertou no corpo do brasileiro, que aproveitou a recarga para marcar no minuto 39. E quando parecia que se ia chegar assim ao intervalo, apareceu o quarto. Foi espectacular o contra-ataque, daqueles que se ensinam em qualquer escola de futebol. Benzema combinou com Cristiano Ronaldo, este com Pepe, que tinha integrado o ataque, e quando parecia que ia disparar, surpreendeu todos assistindo Isco, que marcou na baliza deserta aos 45’.

Reduziu a diferença o Betis, que entrou com muito mais força depois do descanso. Cejudo superou Keylor Navas no frente a frente na sequência de uma grande jogada colectiva aos 55’. Pouco durou a alegria dos adeptos da casa. Isco apenas precisou de sete minutos para assinar outra obra de arte. O internacional espanhol recolheu uma bola na esquina da área, levantou a cabeça e inventou um precioso remate em arco contra o qual Adán nada pôde fazer.

Ronaldo colocou a cereja no topo do bolo 
Continuavam a dominar os madridistas, e apenas Adán evitou que a vantagem aumentasse com duas meritórias intervenções seguidas. Na primeira tocou na bola o necessário para que Benzema não pudesse marcar na boca da baliza, e na seguinte defendeu com o braço num frente a frente com o francês aos 71’. Não consegui evitar o sexto o guardião da equipa da casa. Foi obra de Cristiano Ronaldo, que já merecia o golo, após grande combinação com Morata e ainda melhor definição aos 79’. Goleada e toca a pensar no jogo da Champions de terça-feira frente ao Legia de Varsóvia. 

 

in Real Madrid CF

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00

Real Madrid perdeu a liderança isolada da liga espanhola com quatro empates consecutivos.

download.jpeg 

O treinador do Real Madrid, o francês Zinedine Zidane, concordou hoje com o “momento um pouco difícil” do vice-campeão espanhol de futebol, garantindo trabalhar “o melhor possível”.

 

A senda de quatro empates consecutivos da equipa dos internacionais portugueses Pepe, Fábio Coentrão e Cristiano Ronaldo originou várias críticas a Zidane, que não deixou de se considerar o principal culpado.

 

“Sou o responsável pelos resultados recentes e tenho de encontrar uma solução. Talvez deva haver maior concentração e intensidade. Não sendo mágico, o mais importante é trabalhar para sair desta situação adversa”, disse o técnico gaulês, em conferência de imprensa, na cidade desportiva de Valdebebas, em Madrid.

 

O antigo futebolista, de 44 anos, que recusou considerar-se “um grande treinador”, aproveitou para afiançar que os jogadores ‘blancos' são “profissionais e estão a 100%”, pelo que acredita numa nova conquista da Liga dos Campeões.

 

“Podemos voltar a ganhar o troféu, mas não pensarei que sou o melhor porque sou um treinador jovem, com vontade de aprender, comprometido com este grande clube e com os seus próprios problemas. A imprensa pode julgar, mas eu só tenho que continuar a trabalhar juntamente com os meus jogadores”, acrescentou.

 

Zinedine Zidane mostrou-se ainda “seguro” de que o Real Madrid ultrapassará esta fase negativa, dado o “bom trabalho feito durante meses”, assegurando que o objetivo da formação espanhola é “voltar a ter bons resultados” através de “um jogo intenso e ofensivo”.

 

O Real Madrid, segundo classificado da primeira Liga espanhola de futebol, jogará, este sábado, no terreno do Bétis, em jogo da oitava jornada.

 

in SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:35

Real Madrid tenta renegociar contrato com o extremo galês. Bale quer ganhar tanto como Ronaldo: 22 milhões de euros brutos por época.

download.jpeg 

O internacional galês tem uma proposta em cima da mesa para renovar contrato com o Real Madrid, e as exigências de Gareth Bale para renegociar um novo vínculo com o emblema 'merengue' vai obrigar Florentino Pérez a abrir os cordões à bolsa.

 

Segundo escreve o jornal inglês 'Times', Gareth Bale exige receber o mesmo salário que Cristiano Ronaldo para renovar com o Real Madrid. A referida publicação recorda que o Real Madrid está a renegociar os termos do contrato com Gareth Bale depois da renovação com o médio alemão Toni Kroos, que passou de um salário de 11 milhões de euros para 20 milhões de euros brutos por época.

 

Já Gareth Bale aufere atualmente 538 mil euros brutos por semana, e pretende receber os 833 mil euros por semana como Cristiano Ronaldo, que tem um salário anual bruto de 22 milhões de euros.

 

in SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:32

Capas dos Jornais (15/10/2016)

por Pedro Silva, em 15.10.16

marca.jpg

as.jpg 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00



Calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18



subscrever feeds