Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Marcelo_HThumb.jpg 

Cristiano, James e Marcelo goleadores nos jogos das suas selecções. Os cinco madridistas convocados pela Espanha participaram na vitória sobre a França. 
 

Durante esta série de encontros internacionais, Cristiano Ronaldo, James e Marcelo facturaram nos respectivos compromissos, enquanto Isco marcou no primeiro jogo da Espanha. Kroos, Asensio, Ramos, Carvajal, Isco e James participaram nas duas vitórias das suas selecções. 

Alemanha-Inglaterra (1-0)
Azerbaijão-Alemanha (1-4)
A Alemanha, com Toni Kroos no onze titular, derrotou o Azerbaijão fora de casa em encontro de apuramento para o próximo Mundial. O madridista foi substituído aos 89'. Anteriormente, o combinado germânico disputou um amigável de elevado nível no Signal Iduna Park de Dortmund contra a Inglaterra. O jogo terminou 1-0, golo de Podolksi, e Kroos jogou os 90 minutos. 

Espanha sub-21-Dinamarca sub-21 (3-1)
Itália sub-21-Espanha sub-21 (1-2)
Marco Asensio voltou a ser titular no triunfo da Espanha sub-21 num amigável com a Itália em Roma. O madridista foi peça chave na vitória e teve ocasião para marcar após domínio dentro da área e remate que foi ao poste. Asensio já tinha realizado uma boa exibição, com uma assistência, no primeiro amigável contra a Dinamarca. 

Irlanda-Gales (0-0)
A selecção de Gareth Bale não foi além de um empate em Dublin, no seu único compromisso nesta paragem. O madridista disputou todo o encontro correspondente à quinta jornada da Fase de Qualificação para o Mundial. 

Croácia-Ucrânia (1-0)
Estónia-Croácia (0-0)
Modric disputou os 90 minutos na vitória pela margem mínima contra a Ucrânia, que coloca a Croácia na primeira posição do seu grupo de qualificação para o Mundial. Kovacic saltou do banco aos 79'. O segundo jogo dos croatas foi um amigável contra a Estónia, no qual Kovacic jogou todo o encontro. Modric não fez parte da equipa neste jogo.

Portugal-Hungria (3-0)
Portugal-Suécia (2-3)
Portugal, com Pepe e Cristiano como titulares, derrotou no estádio da Luz em Lisboa, a Hungria num jogo de qualificação para o próximo Mundial. O avançado madridista foi essencial no triunfo ao assinar um bis para a sua selecção. Cristiano Ronaldo voltou a marcar no amigável com a Suécia no Funchal, sua cidade natal, e foi substituído aos 58'. Pepe não participou neste encontro. 

Espanha-Israel (4-1)
França-Espanha (0-2)
Isco, que disputou os últimos vinte minutos, fechou a goleada contra Israel no El Molinón. Ramos e Carvajal, que foram titulares, completaram a representação madridista neste encontro de qualificação para o Mundial. No amigável com a França, Carvajal e Ramos disputaram todo o encontro, enquanto que Morata e Isco também foram titulares mas jogaram 84 e 53 minutos respectivamente. Nacho entrou aos 86'. Antes do jogo foi prestada homenagem a Kopa, com um mosaico no qual se lia o nome da lenda madridista e um minuto de aplausos em sua memória. 

México-Costa Rica (2-0)
Honduras-Costa Rica (1-1)
Keylor Navas defendeu a baliza da Costa Rica no empate fora de casa com as Honduras, no caminho para estar no Rússia 2018. O madridista também jogou o encontro anterior, frente ao México.

Colómbia-Bolívia (1-0)
Equador-Colômbia (0-2)
James foi decisivo nos dois encontros de apuramento para o Mundial disputados pela Colômbia. Frente ao Equador, abriu o marcador e assistiu Cuadrado para o segundo tento. Contra a Bolívia, o médio dos brancos marcou o golo da vitória aos 83'.

Uruguai-Brasil (1-4)
Brasil-Paraguai (3-0)
Marcelo e Casemiro jogaram os 90 minutos na vitória sobre o Paraguai (3-0), que permitiu ao Brasil garantir a qualificação para o Mundial 2018. O defesa fez o terceiro golo ao minuto 85 de jogo. Ambos os jogadores brancos já tinham disputado o encontro completo que o Brasil ganhou ao Uruguai. 

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

Parceria será anunciada esta quinta-feira e será válida para os próximos dois anos.

download.jpeg

O Real Madrid vai anunciar esta quinta-feira um acordo de patrocínio sem precedentes com a Telefónica, válido para as duas próximas temporadas. De acordo com o diário espanhol 'Marca', o acordo, aplicado às equipas de futebol e basquetebol dos 'merengues', será em termos financeiros o maior de sempre em Espanha.

 

Apesar de não terem sido adiantados valores, o jornal catalão `Sport´ avança que a multinacional espanhola vai pagar um valor na ordem dos 100 milhões de euros ao clube de Madrid. O acordo, de resto, inclui WiFi em todo o Santiago Bernabéu e uma aplicação do clube com suporte da Telefónica.

 

A apresentação pública da parceria terá lugar no estádio Santiago Bernabéu, e contará com as presenças de Florentino Pérez e de José Maria Alavarez-Pallete, presidentes do Real Madrid e da Telefónica, operadora espanhola de telecomunicações, respetivamente.

 

Este acordo não afeta a ligação dos 'merengues' com a Fly Emirates, mantendo-se o patrocínio da companhia aérea nas camisolas.

 

in SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

Lateral esquerdo confessou que não está a viver um momento fácil ao serviço dos 'merengues'.

download.jpeg 

Fábio Coentrão vive um período complicado no Real Madrid. O lateral-esquerdo refere que está a viver um "mau momento" ao serviço dos 'blancos' e que não está em condições de representar o clube 'madrileno'.

 

"Não tenho problemas nenhuns em dizer isto, sinto que atualmente não tenho condições para jogar num clube com a dimensão do Real Madrid. Não é mau admitir as nossas limitações em determinada fase da vida e eu sei que neste clube tem de se estar ao mais alto nível para corresponder. E eu não estou", confessa o jogador em entrevista ao jornal Record, afirmando estar sem problemas físicos.

 

"Estou recuperado e, após um ou outro toque no final do ano passado, tenho treinado sempre e sem limitações nas duas últimas semanas. As expectativas para o futuro? São muito boas. Estou vivo e quero voltar aos meus melhores momentos na próxima época", afirmou, negando o que a imprensa espanhola tem dito sobre as suas lesões.

 

"Escrevem-se muitas coisas erradas. Neste momento, se não jogo é por opção do treinador. E, se não me chamou até agora, não deverá mudar de ideias até ao fim da época pois cada técnico tem a suas. Mas eu treino a pensar em mim e tenciono voltar em grande seja em que clube for. Tenho contrato com o Real Madrid até 2019 e, se contarem comigo, tudo bem. Se não contarem, sigo o meu caminho. Uma coisa é certa: não escondo que estou a viver uma fase difícil mas em 2017/2018 é para rebentar outra vez", reitera o defesa português.

 

Na entrevista realizada à publicação, Coentrão deu também a sua opinião sobre os treinadores com quem jogou como José Mourinho, Jorge Jesus ou Leonardo Jardim.

 

"[Jorge Jesus] ainda é um dos melhores treinadores do Mundo e não me esqueço que me ajudou imenso. Agora está a viver uma má fase como eu e é nestas alturas que se deve apoiar. Felizmente para o Benfica, ele não tem tido o sucesso que queria no Sporting mas está a construir uma equipa nova e a mostrará a sua qualidade [...] Mourinho sempre me defendeu e está a ter uma boa época de estreia. Para o ano o United lutará pelo título. Jardim foi um amigo e merece o sucesso que está a ter no Mónaco", confirma o antigo jogador do Benfica e Rio Ave.

 

Fábio Coentrão, de 29 anos, conta apenas quatro partidas disputadas esta época, num total de 149 minutos jogados.

 

in SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00

Capas dos Jornais (29/03/2017)

por Pedro Silva, em 29.03.17

marca.jpg

as.jpg 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00



Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18



subscrever feeds