Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



3-0: Marca de líder

por Pedro Silva, em 02.04.17

_1AM7486.jpg

Os golos de Benzema, Isco e Nacho dão os três portos ao Madrid frente ao Alavés no primeiro encontro de Abril.

 

O Real Madrid iniciou com uma vitória este exigente mês de Abril, e continua a queimar etapas na sua luta pela conquista da Liga. A 10 jornadas do final do campeonato, os brancos mantêm-se no lugar mais alto da classificação após somarem três pontos em casa frente ao Alavés graças aos golos de Benzema, Isco e Nacho.

Muito cedo Zidane viu-se obrigado a realizar a primeira alteração. Varane, com queixas, teve que sair de campo aos 11’ e Carvajal entrou para o seu lugar. Foi precisamente o canterano, que 20 minutos mais tarde foi chave para o primeiro tento do encontro. Combinou com Benzema, este devolveu-lhe o esférico e o passe atrasado do lateral terminou no fundo das redes depois do remate do francês de pé esquerdo. Antes do intervalo, Bale esteve perto de aumentar a vantagem com um remate da pequena área após precioso centro de Danilo aos 45’, mas a bola passou a escassos centímetros da baliza da equipa visitante.  

BENZEMA MARCOU A TODAS AS 31 EQUIPAS QUE DEFRONTOU NO CAMPEONATO.

A segunda parte começou com um susto para os da casa. Theo Hernández centrou aos 48’ e Deyverson, à boca da baliza, rematou alto de cabeça. Foi mais clara a ocasião que dispôs Edgar doze minutos depois. O seu vólei dentro da área saiu a poucos centímetros da baliza dos visitados. 

Demolidor tramo final
O encontro chegou vivo a 10 minutos do fim, e o Real Madrid queria resolvê-lo quanto antes. Quase o conseguia aos 83’. Centro de Carvajal e o remate acrobático de Bale acertou na rede pelo lado de fora. Dois minutos mais tarde selaram a vitória. Assistência de Cristiano Ronaldo e Isco definiu na perfeição diante de Pacheco com o pé direto. Já aos 88’, Nacho fechou a goleada ao colocar a bola dentro da baliza com a cabeça na recarga a um magistral livre de Bale à trave. O líder mantém-se firme no lugar mais alto. 

 

in Reaj Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:30

H.jpg 

O líder regressa à competição no Bernabéu após a paragem devido aos compromissos internacionais (15:15 hora portuguesa).
 

O Real Madrid regressa à competição oficial 15 dias depois do seu último encontro e inicia, frente ao Alavés no estádio Santiago Bernabéu, a última etapa da Liga. Apenas 11 jogos, mais um do que o resto dos seus concorrentes pelo título, separam os brancos da obtenção do seu objectivo. 

Os madridistas iniciam, assim, um exigente mês de Abril que será decisivo na luta pela conquista da Liga. De facto, os brancos disputarão sete encontros do campeonato. Será decisivo o apoio do estádio Santiago Bernabéu, no qual, após o Alavés, receberão Atlético de Madrid, Barcelona e Valência.

O REAL MADRID LEVA UMA SÉRIE DE 19 JOGOS SEM CONHECER A DERROTA EM CASA PARA O CAMPEONATO.

Para o encontro frente ao conjunto de Vitória, Zinedine Zidane convocou 18 jogadores. Casemiro, por castigo, perderá um jogo em que a sua equipa tratará de obter três importantes pontos que lhe permitam manter e até aumentar a vantagem de 2 pontos que tem para o Barcelona, segundo classificado, que entrará em campo horas mais tarde em Granada. 

Chega a equipa-revelação de Espanha
A temporada que está a fazer o Alavés tem sido muito meritória, neste seu regresso à Primeira Divisão. Décima classificada na Liga antes de iniciar esta 29ª jornada, a equipa treinada por Pellegrino já foi capaz, esta época, de ganhar em Camp Nou e empatar no Vicente Calderón. Não é de estranhar, portanto, que seja finalista da Taça e o sexto melhor conjunto fora de casa.

"Este jogo é um grande desafio. Ninguém venceu no Bernabéu, mas sabemos que é possível pois já pontuámos contra outras equipas muito fortes. Isso permite-nos sonhar que é possível", declarou em conferência de imprensa o técnico visitante. Edgar Méndez, com 8 tentos, é o melhor marcador da equipa de Vitória.

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

O internacional brasileiro assumiu dificuldades em adaptar-se ao Real Madrid.

download.jpeg 

O antigo lateral brasileiro do Real Madrid, Cicinho, recordou a sua passagem pelo emblema 'merengue' e os problemas de alcoolismo que enfrentou nos dois anos em que esteve no Santiago Bernabéu.

 

Numa entrevista à Fox Sports, Cicinho, hoje com 36 anos, falou sobre a difícil adaptação ao Real Madrid depois de trocar o São Paulo pelo clube espanhol em 2005.

 

"Sinto-me incomodado com as tatuagens. Fazia-as sob o efeito do álcool, porque pensava que ia ajudar-me a suportar melhor a dor. Pensava que as tatuagens me iam trazer paz, mas não foi assim. Arrependo-me de tudo o que fiz e não o aconselho a ninguém. Estas coisas derramam sangue e não curam nenhuma depressão. Só corres o risco de ficar ainda mais deprimido. Fiquei horroroso", disse Cicinho.

 

"Era um alcoólico, porque não conseguia beber apenas uma cerveja. Bebia até cair para o lado. Quando cheguei ao Real Madrid deixei tudo fugir por entre as mãos. Bebia muito, e não era de noite", acrescentou o internacional brasileiro de 36 anos, atualmente sem clube.

 

in SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00

Capas dos Jornais (02/04/2017)

por Pedro Silva, em 02.04.17

marca.jpg

as.jpg 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00



Calendário

Abril 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18



subscrever feeds