Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Estrelinha de campeão

por Pedro Silva, em 01.05.18

imgS620I220161T20180501211927.jpg 

imagem retirada de zerozero

 

Confesso que este tipo de jogo me irrita profundamente. Especialmente quando se sabia de antemão que o adversário ia aproveitar todo e qualquer recuo de uma equipa para tentar marcar golos. O Real Madrid CF de Zidane tinha perfeito conhecimento de tal, pelo que não percebo a razão de se ter recuado tanta vez dado, desta forma, todo o espaço de que o Bayern necessitava para poder explanar o seu futebol. Não fosse Keylor Navas o Melhor Guarda-redes do Mundo e a dupla Ramos/Varane altamente competente e não sei se o «madridismo» estaria neste momento a celebrar a terceira final europeia consecutiva.

 

Não percebi a razão pela qual a equipa «blanca» ingenuamente se expôs ao perigoso ataque germânico. Especialmente na segunda parte de um jogo que até estava a vencer por duas bolas a zero. A intranquilidade só deveria ter afectado a equipa bávara, mas por alguma razão que eu desconheço a dita intranquilidade tomou conta da equipa da casa que teve de apelar á tal de “estrelinha de campeão” para poder marcar presença na Final de Kiev. Pouco, muito pouco, para uma equipa que até tinha a eliminatória a seu favor dado que na semana passada tinha vencido em Munique por duas bolas a zero.

 

Foi tremido, difícil e com muita sorte à mistura. Três factores que espero que não marquem presença na Final. Seja quem for o adversário do Real Madrid.

 

MVP (Most Valuable Player): Keylor Navas. Com um punhado de defesas impossíveis, o Guarda-redes costa-riquenho foi, de longe, o melhor jogador em campo desta meia-final da UEFA Champions League. Espero que depois de tamanha exibição o raio da imprensa espanhola pare de tentar “arranjar” um GR para o Real Madrid CF.

  

Chave do Jogo: Inexistente. Em momento algum as equipas foram capazes de criar um lance que fizesse com que a vitória pendesse em definitivo para o seu lado.

 

Arbitragem:  Quase no final da primeira parte há um lance na grande área do Real Madrid em que se vê claramente Marcelo a jogar a bola com a mão, cortando, desta forma, a trajectória da bola após centro de Kimmich. Ficou por assinalar uma Grande Penalidade a favor do Bayern. Cüneyt Çakir não fez uma boa arbitragem e acabou por ter influência no resultado final da partida.

 

Positivo: Efectivamente a única coisa de positivo que se pode retirar deste jogo é mesmo o apuramento da equipa «blanca» para a Final de Kiev.

 

Negativo: Era desnecessário ter-se sofrido tanto diante de um adversário que faz do ataque a sua melhor arma. Assim não Zidane.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13



Agenda do Real Madrid



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (26/09/2018)


as (25/09/2018)


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds