Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 LUCAS-VAZQUEZ_HE18827_H1.jpg

Desde 2013, os blancos disputaram amigáveis com o Manchester United, Manchester City, Chelsea, Tottenham, Everton e Bournemouth.
 
Tal como se verificou no ano passado, o Manchester United será o primeiro adversário do Real Madrid na International Champions Cup 2018, o que significa que no dia 1 de Agosto os blancos vão medir forças, pela sexta pré-temporada consecutiva, com um rival inglês. Desde 2013, para além do próprio United, a equipa madridista fez jogos particulares com o Manchester City, Chelsea, Tottenham, Everton e Bournemouth.

Esta série frente a clubes britânicos começou em Julho de 2013, quando o Real Madrid goleou, em Inglaterra, o Bournemouth (0-6). Nesse Verão, os merengues também conquistaram a International Champions Cup nos Estados Unidos, após vencerem, entre outros adversários, o Everton (2-1) e o Chelsea (3-1). Um ano depois e na mesma competição, o Manchester United foi o rival madridista num encontro disputado no Michigan Stadium.

Austrália e Alemanha
Na pré-temporada de 2015, o Real Madrid superou o Manchester City (4-1) em Melbourne (Austrália) e, algumas semanas mais tarde, venceu o Tottenham na Audi Cup (2-0) efectuada em Munique (Alemanha). Em 2016, os blancos ganharam ao Chelsea (3-2), em Michigan, enquanto que, já em 2017, defrontaram o Manchester United e o Manchester City na última edição da International Champions Cup, disputada de novo nos Estados Unidos.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:32

Real Madrid News

por Pedro Silva, em 30.07.18

Noticias Real Madrid.png 

«RAÚL É O MELHOR JOGADOR DA HISTÓRIA DO REAL MADRID»

Raúl González. Identifico-me em tudo com ele, é um jogador da cantera, que ganhou o que ganhou à base do esforço, suor e trabalho. Ninguém diz que era o mais rápido, que tinha o melhor controlo de bola, que tinha o melhor jogo de cabeça. Mas fazia tudo bem. Por tudo aquilo que deu ao Real Madrid, para mim é o melhor de sempre», apontou o espanhol, em entrevista na BEIN Sports.

 

A BOLA (25/07/2018, 16h58) 

 

  • MCMANAMAN AVISA LOPETEGUI: «NÃO SERÁ FÁCIL BALE FAZER DE RONALDO»

«Julen Lopetegui quer que Bale tome o papel de líder que tinha Cristiano Ronaldo. É muito difícil, porque Ronaldo tinha uma média de um golo por jogo e Bale é um jogador diferente. Estamos a falar de um jogador mais dinâmica, mas acredito que irá fazer uma magnifica temporada», afirmou McManaman, em declarações à «EFE».

 

A BOLA (28/07/2018, 09h59) 

 

  • MIJATOVIC GARANTE: «HAVIA SÉRIOS PROBLEMAS ENTRE FLORENTINO PÉREZ E RONALDO»

A antiga estrela do Real Madrid, Pedja Mijatovic, não tem dúvidas que saída de Cristiano Ronaldo do colosso espanhol está relacionada com o seu relacionamento com o presidente Florentino Pérez.

 

A BOLA (28/07/2018, 11h54) 

 

  • VINICIUS 'APERTA' BALE E ESTE NÃO SE FICA ATRÁS (VÍDEO)

Numa manhã de treino, não se deixou ficar atrás do recém-chegado ao clube merengue, Vinicius Júnior, na marcação de golos fora da grande área.

 

A BOLA (28/07/2018, 14h05) 

 

  • LOPETEGUI QUER PESO PESADO PARA O ATAQUE

Apesar de o espanhol acreditar que o rendimento de Gareth Bale e Karim Benzema irá disparar em 2018/19, as opções para o banco são curtas, visto que para o lugar de ponta-de-lança o Real Madrid apenas dispõe de Borja Mayoral e Raúl de Tomas, jovens da cantera blanca.

 

A BOLA (29/07/2018, 17h38) 

 

  • MERENGUES APRESENTAM MAIS DE 100 MILHÕES POR DUPLA DO CHELSEA

Com o assédio ao guardião belga a desenrolar-se nas últimas semanas, os blancos viram agora atenções para o médio brasileiro que tem estado nas coagitações do rival Barcelona, que se viu obrigado a desistir do médio devido à intransigência dos blues, acabando por garantir Malcom.

 

A BOLA (30/07/2018, 10h42) 

 

  • KOVACIC EM 'GUERRA' COM DIREÇÃO MERENGUE

Segundo escreve o jornal As, o médio croata já terá informado o treinador e os colegas que não pretende continuar no clube e recusa apresenta-se aos trabalhos da nova temporada. Porém, adianta a mesma fonte, a direção vê Kovacic como uma peça importante do plantel e já terá feito chegar a informação ao jogador que não irá analisar qualquer proposta que receba.

 

A BOLA (30/07/2018, 15h16) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:09

horizontallllllllASENSIO-_1RM9860Thumb.jpg 

Em 1927 disputou o seu primeiro encontro naquele país e esta será a décima segunda vez que os blancos vão pisar solo norte-americano no século XXI.
 
Passaram 91 anos desde que o Real Madrid jogou o seu primeiro encontro nos Estados Unidos. Foi em 1927 e desde então a relação entre o melhor clube do século XX e o país norte-americano tem sido cada vez mais estreita. O Real Madrid regressa ali esta pré-temporada naquela que será a décima nona ocasião em que visita este país, doze das quais no que vai de século. 

Luis de Urquijo foi o pioneiro em levar o Real Madrid aos Estados Unidos. Em 1927, o presidente blanco decidiu encerrar ali uma digressão de mais de dois meses na qual os blancos também visitaram Argentina, Uruguai, Peru, Cuba e México. O jogo foi disputado em Nova Iorque e teve como adversário o Galicia SC (1-1). Juntamente com a expedição madridista viajaram jogadores de outras equipas. 

O Madrid de Di Stéfano 

Passaram mais de 30 anos para que o Real Madrid voltasse a pisar terras estado-unidenses. Foi em 1959. Di Stéfano, Puskas e Gentolideravam uma equipa que estava a fazer história graças às quatro Taças dos Campeões Europeus que tinha ganho de forma consecutiva. Essa mesma época conseguiria a Quinta, mas antes voltou aos Estados Unidos. Foi histórico ver jogar o Real Madrid no campo de basebol de Ebbets Field em Brooklyn.

1959_rev01462.jpg 

Dois anos depois, em 1961, chegava a primeira viagem a Los Angeles, que seria o local do último jogo de uma digressão de quase um mês por todo o continente: Chile, Equador, Costa Rica, Guatemala, Canadá e EUA. O adversário foi o Los Angeles United e o Madrid goleou (9-0), com hat-trick de Di Stéfano. A actriz Rita Hayworth (na imagem inferior durante aquele encontro), foi a encarregada de fazer o pontapé de saída no Coliseum Stadium de Los Angeles.

C61_6H_Viaje_America.jpg 

O Madrid yeyé

A quarta visita aos Estados Unidos surgiria em 1965, a temporada em que se conquista ria a sexta Taça da Europa. Os yeyé de Grosso e Zoco, entre outros, foram protagonistas numa equipa que empatou a um golo com o Club Atlético Independiente em Nova Iorque.

1965_rev02631.jpg 

Em 1967, Houston foi a cidade que recebeu o Real Madrid. A expectativa era elevadíssima, já que 35.000 adeptos desfrutaram do jogo diante do West Ham United e dois canais televisivos mexicanos transmitiram-no em directo. Um ano mais tarde, os mesmos protagonistas trocavam Houston pela Big Apple. Com o Yankee Stadium como cenários e o New York General como adversário, os madridistas venceram (1-4).

A Quinta del Buitre

Ao cabo de 22 años, o Real Madrid regressou aos Estados Unidos. A Quinta del Buitre, que tinha ganho cinco Ligas consecutivas, passou 20 dias no México e Estados Unidos. Em Los Angeles disputaram quatro jogos e ganharam três.

Século XXI

A primeira visita aos Estados Unidos no século XXI aconteceu em 2002,no ano do Centenário madridista. Os blancos viajaram para Nova Iorque para defrontar a Roma num jogo que terminou sem golos. Três anos depois, com Ronaldo e Beckham  no plantel, o Real Madrid começaria em Chicago uma digressão que o levou também à China, ao Japão e à Tailândia. Os blancos ganharam a Chivas de Guadalajara (1-3) e Los Angeles Galaxy (0-2).

2005-GUTI.jpg 

Em 2006 disputaram mais dois jogos naquele país. O primeiro em Seattle contra o DC United (1-1) e o segundo em Utah contra o Real Salt Lake City (0-2). Washington foi a cidade escolhida pelo Real Madrid para visitar os EUA há nove verões. O FedEx Field, que receberá esta pré-temporada o segundo encontro em terras norte-americanas, serviu de palco para um jogo em que os blancos bateram por 0-3 o DC United.
 
Concentrados em Los Angeles

A primeira ocasião em que o Real Madrid realizou o estágio de preparação em Los Angeles foi em 2010. Posteriormente, disputaram-se dois amigáveis contra os Galaxy no estádio Rose Bowl e o América do México em San Francisco. Os madridistas ganharam ambos os encontros, curiosamente, por 2-3.

2010-CLUB-AMERICA-RM--SALTO-CESPED---031--.jpg 

A estadia seguinte do Real Madrid nos Estados Unidos chegou um ano depois. Disputou três amigáveis (Los Angeles Galaxy, Chivas de Guadalajara e Philadephia Union) e visitou San Diego pela primeira vez na sua história.
 
Em 2012 visitaram Los Angeles, Las Vegas, Nova Iorque e Filadélfia, enquanto em 2013 estiveram em Phoenix, Saint Louis e Miami, onde os blancos conquistaram a International Champions Cup na final diante do Chelsea. Los Angeles, Dallas e Michigan, estado que visitaram pela primeira vez e onde registaram o recorde de assistência num jogo de futebol no país (mais de 108.000), foram os destinos de 2014. E, após um ano de ausência, em 2016 regressaram aos Estados Unidos para jogar em Ohio, Michigan e Nova Jersey.
 
Na pré-temporada passada, disputou-se o primeiro Clássico fora das fronteiras de Espanha. Teve lugar em Miami. Anteriormente, tinha-se viajado a Santa Clara e Los Angeles para confrontos com Manchester United e Manchester City, respectivamente. Chicago, onde o Real Madrid defrontou um combinado da MLS, foi a última paragem.

Estadia actual

A história da décima nona visita está por escrever. Miami, Washington e Nova Jersey serão as cidades que terão a oportunidade de desfrutar do campeão da Europa, que nos Estados Unidos sente-se como em casa.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44

_HE18415.jpg 

O Real Madrid vai disputar três jogos neste torneio nos Estados Unidos.
 
OReal Madrid vai continuar com a sua pré-temporada nos Estados Unidos, onde vai disputar três encontros da International Champions Cup. 32 jogadores fazem parte da comitiva madridista para este prestigiado torneio de verão. O primeiro jogo será frente ao Manchester United em Miami (quarta-feira 1 de agosto, às 01:00 hora portuguesa).

CONVOCATÓRIA DO REAL MADRID:
Guarda-redes: Navas, Casilla, Luca e Lunin.
Defesas: Carvajal, Vallejo, Ramos, Nacho, Theo, Odriozola, Reguilón, Quezada, Sergio López, Javi Sánchez, De la fuente e León.
Médios: Kroos, Llorente, Asensio, Isco, Ceballos, Odegaard, Valverde, Seoane, Óscar e Feuillassier.
Avançados: Benzema, Bale, Lucas Vázquez, Mayoral, De Tomás e Vinicius.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:45

Pág. 1/9




Agenda do Real Madrid



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (10/12/2018)

>

as (09/12/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds