Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


_HE12124.jpg

Casemiro, de bicicleta, Ramos e Bale assinaram os golos da equipa blanca, que já é segunda na Liga.

Sem Título 2.png

Seriedade, solidez e contundência. Agora que chega o tramo decisivo da temporada, o campeão europeu continua a mostrar o excelente nível das últimas semanas. Os blancos impuseram-se por 1-3 no intenso dérbi disputado no Wanda Metropolitano, onde ninguém tinha vencido esta campanha, e já são segundos na Liga. Casemiro inaugurou o marcador com uma grande bicicleta, Ramos fez o segundo de penálti e Bale garantiu o quinto triunfo seguido no campeonato.

Desde o início, as duas equipas protagonizaram um jogo muito intenso e disputado em que cada lance era uma batalha. Griezmann, com um disparo desviado, e Modric, de cabeça, foram os primeiros a criar perigo nas áreas de Courtois e Oblak. O Madrid tentava elaborar e o Atlético de Madrid presionava alto procurando uma falha. O primeiro golo não demorou a aparecer. Aos 16’, Kroos marcou um canto, Ramos lutou pela bola de cabeça e Casemiro, em segunda instância, realizou uma grande bicicleta que adiantou o conjunto de Solari.

Consulta ao VAR
Depois do 0-1, os blancos procuraram pausar o encontro. No entanto, apenas nove minutos depois, o Atlético de Madrid fez o empate. Correa roubou a Vinicius uma bola dividida na qual os merengues reclamaram falta e viu a desmarcação de Griezmann, que definiu perante Courtois. O assistente assinalou fora de jogo do avançado francês, mas o VAR concedeu o golo. 

RAMOS SOMA 11 TENTOS E ESTA JÁ É A SUA TEMPORADA MAIS GOLEADORA.

As numerosas interrupções dificultavam a fluidez do jogo madridista. As ocasiões escasseavam, apesar de Kroos, aos 37’, testar Oblak com um disparo de fora da área. Quando parecia que se ia para o intervalo com um empate, uma sensacional jogada de Vinicius pela esquerda provocou o penálti de Giménez que o VAR corroborou. Ramos marcou o 1-2 fazendo o seu décimo primeiro tento da temporada.

As primeiras oportunidades do recomeço foram rojiblancas. Morata e Griezmann prouraram o empate com remates seguidos. O avançado espanhol viu um golo ser anulado aos 54’ por fora de jogo. Enquanto, Solari deu descanso a Vinicius e fez entrar Bale. Aos 60’, Courtois fez uma boa defesa a disparo de Giménez. Pouco depois, Morata reclamou penálti, mas nem o árbitro nem o VAR detectaram alguma infracção.

100 golos de Bale
O jogo continuava muito disputado, com demasiadas faltas e poucas ocasiões de golo. Foi então que apareceu a qualidade merengue. Uma rápida transição ofensiva deixou Bale em posição de disparo após uma grande assistência de Modric. O remate cruzado do galês resultou no 1-3 (74’), e no seu golo número 100 no Real Madrid. O Atlético de Madrid ficou reduzido a dez aos 80’ por duplo amarelo a Thomas. O jogo estava decidido mas Bale podia ter aumentado a conta de cabeça. No final, 1-3 e o Real Madrid soma e segue. Agora, vem a Champions.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

3-0: Goleada e quinta vitória consecutiva

por Pedro Silva, em 04.02.19

_AV15346_ultraThumb.jpg

Os tentos de Benzema, Vinicius Jr. e Mariano dão o triunfo contra o Alavés antes de disputar o Clássico da Taça. 

Sem Título.png

O Real Madrid soma e segue. Os blancos voltaram  demonstrar que estão no melhor momento da temporada e alcançaram diante do Alavés o quinto triunfo consecutivo. Foi novamente determinante Benzema, que facturou nos quatro últimos encontros e marcou 6 golos nesta série.

Desde o início dominou o campeão do mundo e aos três minutos apareceu a primeira ocasião. Disparou Ceballos dentro da área após um ressalto e Maripán colocou a perna para enviar o esférico para canto. Nova tentativa seis minutos mais tarde. Jogada pessoal de Benzema, que depois de combinar com Ceballos disparou alto de zona frontal.

Marcou Benzema
Continuavam a passar os minutos e apareciam as ocasiões do Real Madrid. Quem tentou desta vez foi Vinicius Jr. mas Pacheco despejou com os punhos aos 16’. O prémio chegou à meia hora. Vinicius Jr. encontrou um espaço e entregou a bola a Reguilón por baixo das pernas do marcador directo. O canterano levantou a cabeça e assistiu Benzema, que rematou isolado. Com esta vantagem se chegou ao intervalo.

O REAL MADRID NÃO SOFREU GOLOS EM QUATRO DOS CINCO ÚLTIMOS JGOS EM CASA.

Adiantou linhas o Alavés após a passagem pelos balneários mas as jogadas de maior perigo continuavam a ser dos jogadores da casa. Controlou Bale de costas aos 49’ e cedeu o esférico a Benzema, que rematou em vólei para as mãos de Pacheco. Muito mais meritória foi a intervenção seguinte do guarda-redes visitante. A sua bonita estirada evitou o tento de Bale, que rematou cruzado um minuto mais tarde.

Decidiu Vinicius Jr.
Solari fez entrar Asensio para o lugar de Bale aos 63’ e dois minutos mais tarde podia ter marcado Jony, mas Courtois evitou com uma intervenção sóbria. Já aos 80’ decidiu o confronto Vinicius Jr. Centrou Asensio com o pé diretio e nehum defesa aertou com o despejo. O brasileiro apareceu ao segundo poste, controlou e colocou a bola onde não conseguiu chegar Pacheco. Mariano certificou a goleada nos descontos com um esplêndido remate de cabeça em prancha. Quinta vitória consecutiva e toca a pensar no Clássico da Taça.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Três vitórias em oito dias

por Pedro Silva, em 30.01.19

_PCA9928.jpg

O Real Madrid marcou 10 golos nos triunfos sobre o Sevilha, Girona e Espanhol.
 
Janeiro está na recta final e com o Real Madrid a garantir um alto rendimento. Nos últimos três jogos e em apenas oito dias, os blancos registam uma série de três vitórias e 10 golos marcados, chegando assim motivados para o encontro da segunda mão dos quartos-de-final da Taça frente ao Girona (quinta-feira, 20:30 h portuguesa), no qual encerram o primeiro mês do ano.

Vencendo e convencendo. Foi assim que a equipa de Solari superou os jogos frente ao Sevilha e ao Espanhol na Liga, e ao Girona na Taça do Rei. Por outro lado, o treinador utilizou nesta série uma grande parte dos jogadores disponíveis do plantel, recorrendo a 19 futebolistas. 

Golos
O Real Madrid obteve 10 tentos durante esse período. Tudo começou com o golaço de Casemiro a 30 metros da baliza e frente ao Sevilha, seguindo-se os apontados por Modric e Lucas Vázquez. Ramos e Benzema foram os protagonistas neste item goleador, com três tentos cada e tendo ambos marcado nos dois últimos jogos. Para concluir, refira-se o regresso de Bale após lesão, logrando um golo na sequência de um bonito gesto técnico.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:12

_1RM3591_ultraThumb.jpg

Os golos do francês, que realizou um jogo espectacular, e os de Ramos e Bale rubricam a vitória diante do Espanhol. 

Sem Título.png

O Real Madrid já está em velocidade cruzeiro. Não só ganhou os três últimos encontros oficiais como também o fez com um jogo agradável e que convence. Hoje encaminhou o triunfo contra o Espanhol em apenas um quarto de hora com os golos de Benzema e Ramos. O primeiro chegou no minuto 4. Modric entrou na área, disparou e Diego López evitou o tento com uma grande estirada, mas Benzema, muito rápido, aproveitou a recarga e adiantou os blancos.

O 0-2 chegou apenas 11 minutos depois e foi fabricado no laboratório de Solari. Kroos marcou de forma curta o canto para Modric, que colocou o esférico ao segundo poste, onde apareceu Ramos para marcar com um perfeito remate de cabeça. Terceiro golo do capitão nos dois últimos jogos. Apesar da vantagem, o Real Madridcontinuava a dominar o esférico, mas numa jogada isolada, e depois de uma série de ressaltos, Baptistao bateu Courtois aos 25’ e reduziu a diferença.

Obra de arte de Benzema
O conjunto da casa voltava a entrar no jogo mas os madridistas continuavam a serem fiéis ao guião que tinham seguido desde o início. E graças a esse domínio chegaram ao intervalo com uma vantagem maior. Já nos descontos apareceu a obra de arte da noite. Benzema combinou com Vinicius Jr., que lhe devolveu o esférico, e o francês colocou no fundo das redes com um remate em arco tão bonito como colocado perante o qual nada conseguiu fazer a estirada de Diego López.

O REAL MADRID É A PRIMEIRA EQUIPA QUE ALCANÇA OS 4500 PONTOS NA HISTÓRIA DA LIGA.

Solari viu-se obrigado a substituir ao intervalo Ramos, com queixas físicas, por Nacho. Não mudou o encontro após a passagem pelos balneários e as ocasiões mais claras de golo continuavam a ser para os visitantes. Décima primeira finta de Benzema, que deu um recital no RCDE Stadium, maravilhoso passe do francês para Modric aos 57’ e o disparo do croata da marca de penálti obrigou Diego López a brilhar.

Bale regressou com golo
A pressão do Real Madrid continuava a ser asfixiante e o Espanhol apenas conseguia sair do seu meio campo. Assim chegou o quarto golo dos visitaates. Entre Lucas Vázquez e Nacho roubaram o esférico a Baptistao no minuto 69. Bale, que aos 64’ tinha regressado após a lesão, fez o resto. Fugiu a Javi López com uma preciosa manobra de costas e um duplo toque de calcanhar, e bateu Diego López com um remate cruzado. Um minuto depois, o guarda-redes da equipa da casa evitou o tento de Carvajal, que recebeu um passe genial de um inspiradíssimo Benzema.

Tudo parecia já decidido mas o Real Madrid ficou reduzido a dez futebolistas aos 70’ devido à expulsão de Varane. Aí apareceram os melhores minutos do conjunto da casa, que esteve perto de reduzir a desvantagem dois minutos mais tarde num disparo de Sergio García que ficou envenenado depois de golpear em Reguilón e que Carvajalmandou para canto sobre a linha de golo. Quem marcou foi Rosales aos 82’, mas daí até final os madridistas souberam manter a vantagem e obtiveram uma merecida vitória. 

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds