Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Os 29 convocados para a Supertaça da Europa

por Pedro Silva, em 13.08.18

_3AM4945.jpg 

O Real Madrid defrontará o Atlético de Madrid na A. Le Coq Arena de Tallinn (quarta-feira, 20:00 hora portuguesa).
 
Julen Lopetegui convocou 29 jogadores para a viagem rumo a Tallinn (Estónia), onde o Real Madrid medirá forças com o Atlético de Madrid, com o intuito de conquistar a terceira Supertaça Europeia consecutiva (quarta-feira, 20:00 hora portuguesa).

Guarda-redes: Navas, Casilla, Luca, Lunin e Courtois.
Defesas: Carvajal, Vallejo, Ramos, Varane, Nacho, Marcelo, Odriozola, Reguilón, Javi Sánchez e S. López.
Médios: Kroos, Modric, Casemiro, M. Llorente, Asensio, Isco, Ceballos e F. Valverde.
Avançados: Benzema, Bale, Lucas Vázquez, B. Mayoral, Raúl de Tomás e Vinicius.
 
Arrtigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55

Real Madrid News

por Pedro Silva, em 09.04.18

Noticias Real Madrid.png

  • BALE NÃO VAI FACILITAR A SAÍDA

De acordo com a Marca, embora Bale venha a perder espaço no Real Madrid, tal como foi visível frente à Juventus, onde ficou no banco, o extremo galês não quer partir no final da época.

 

ABOLA (06/04/2018, 08h26) 

 

  • RONALDO ENVIA MENSAGEM AO FILHO DE MATIC

«Olá Filip Matic. Sei que és um fã. No outro dia Luka mostrou-me um vídeo onde tu fizeste o mesmo que eu [celebração quando marca um golo]. Fica bem e até um dia», disse Ronaldo.

 

ABOLA (06/04/2018, 12h31) 

 

  • «RONALDO O MELHOR DO MUNDO? CONTINUA A SONHAR»

«Foi um grande jogo – nos quartos de final da Champions. Marcar em dez jogos seguidos daquela forma… ambos os golos foram fantásticos, especialmente aquele pontapé de bicicleta que foi de outro mundo. A altura a que conseguiu fazer aquele pontapé foi inacreditável», referiu o holandês ao site da UEFA, onde lembrou os tempos em que partilhou o balneário com CR7 no Manchester United:

 

ABOLA (06/04/2018, 18h48) 

 

  • «O QUE FALO COM CRISTIANO FICA NO BALNEÁRIO»

«Sabemos que ele precisa de descansar e falamos sobre isso com naturalidade. Não vou entrar em pormenores, fica no balneário», sublinhou o treinador dos merengues.

 

ABOLA (07/04/2018, 13h13)

 

  • «BALE VAI FICAR… DIGO EU»

«Gareth é mais um jogador do plantel, como todos os outros. Dizem que ele joga menos, mas não é verdade. Há muitos jogos e, independentemente de como terminarmos a época, Bale é jogador do Real Madrid e vai ficar. Digo eu… É essa a minha sensação. Mas não sei o que irá acontecer comigo e com os meus jogadores. Veremos…», disse o treinador francês, durante a antevisão do derby com o Atlético Madrid, no domingo.

 

ABOLA (07/04/2018, 14h43) 

 

  • ASENSIO SOBRE O EMPATE: «NÃO ESTAMOS SATISFEITOS. MAS TEMOS DE ESQUECER»

«A partida foi boa, principalmente, a primeira parte. Criámos oportunidades para irmos para o intervalo com um bom resultado, mas a bola não quis entrar. Empate? Não estamos satisfeitos. Mas temos de esquecer e pensar na Champions», afirmou aos jornalistas.

 

ABOLA (08/04/2018, 19h47) 

 

  • «SE ME VOU EMBORA? SIM, VOU PARA CASA, TER COM A MINHA FAMÍLIA»

«Se me vou embora? Sim, vou para casa, ter com a minha família e desfrutar. Estou tranquilo, quero cumprir os meus anos de contrato», ironizou.

 

ABOLA (08/04/2018, 19h59) 

 

  • DEPENDENTE DE CRISTIANO RONALDO? ZIDANE RESPONDE

- Não penso dessa forma. Cristiano é Cristiano, foi sempre o mesmo jogador, marcando 50, 60 golos por época. E a verdade é que não há outro que faça o mesmo. Mas temos outros jogadores que podem marcar e que o têm feito ultimamente. Temos de ser positivos, mas é sempre melhor quando Cristiano está em campo.

 

ABOLA (08/04/2018, 21h27) 

 

  • «NADA DO QUE BALE FAZ VALE 100 MILHÕES DE EUROS»

«Ao duelo entre Cristiano e Messi não falta nada. É Real Madrid contra Barcelona e Europa contra América. É um duelo de génios», disse ainda.

 

ABOLA (09/04/2018, 10h40) 

 

  • «ZIDANE ERA O MEU ÍDOLO. TINHA UM PÓSTER DELE NO MEU QUARTO»

«Zidane era o meu ídolo. Tinha um póster dele no meu quarto quando era pequeno. A elegância e o talento que tinha enquanto jogador encantavam-me», disse.

 

ABOLA (09/04/2018, 15H) 

 

  • RONALDO NUNCA MARCOU TANTO EM TÃO POUCOS JOGOS

De acordo com a Marca, nunca Ronaldo conseguiu marcar tantos golos em tão poucos jogos, ou seja, leva 24 golos em 15 jogos e isto aos 33 anos.

 

ABOLA (09/04/2018, 22h43) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00

Soube a pouco

por Pedro Silva, em 08.04.18

imgS620I218454T20180408164924.jpg 

imagem retirada de zerozero

 

Jogo esperado da parte do Atlético. Jogo esperado com uma importante alteração. Este Atlético de Simeone já não é aquele Atlético que dava pancada em tudo quanto se mexia. Está muito mais refinado. È um Atlético bem trabalhado. Agora Diego Simeone aposta - e bem – nas transições rápidas para o ataque onde Diego Costa auxilia (e de que maneira) um Antoine Griezmann que é sempre letal na hora de rematar à baliza. É assim que me apraz descrever o jogo que terminou empatado a uma bola no Estádio Santiago Bernabéu.

 

Dizer-se que este foi o resultado que mais agradou à equipa de Simeone é algo que só mesmo os faciosos comentadores da Sport Tv conseguem imaginar e dizer. O Atlético de Madrid sempre teve esta forma de jogar. O entregar a bola ao adversário e aguardar pelo momento certo para se atacar é que é uma clara novidade da parte de uma equipa que se preocupava sempre muito mais em não deixar jogar do que em saber sair para o ataque de uma forma que é – quase – sempre letal.

 

Zidane até que preparou bem o Real Madrid CF para este embate caseiro diante do rival da capital. O problema é que na baliza «colchonera» esteve um Oblak que hoje não deixou passar nada mais senão o golo de Cristiano Ronaldo (após uma excelente assistência de Gareth Bale… E esta as?). É por isto que não me passa peça cabeça tecer uma crítica que seja ao jogo que os «blancos» fizeram. Os dois únicos pontos que considero negativos foram; a tremenda demora de Zidane em “mexer” na equipa antes do golo do internacional francês do Atlético (era notória a necessidade de Modric entrar em campo), e Dani Carvajal que fez aquilo que me apetece apelidar de exibição medonha a defender e a atacar.

 

E pouco mais há a dizer senão que hoje o Real Madrid desperdiçou uma boa oportunidade de ter derrotado o seu vizinho Atlético de Madrid. Isto tendo em consideração, obviamente, o que ambas as equipas fizeram em campo. Não deu portanto siga para a frente. Esta época a La Liga já está mais do que entregue ao FC Barcelona e há uma UEFA Champions League para se vencer.

 

MVP (Most Valuable Player): Marcelo. Que “jogão” este que o internacional brasileiro levou a cabo! Grandiosa exibição esta que o defesa lateral esquerdo fez em pleno Bernabéu. Excelente a defender e quase que perfeito a atacar, Marcelo foi hoje o MVP de uma partida diante de uma equipa que dá sempre muito que fazer às linhas defensivas das equipas adversárias.

  

Chave do Jogo: Inexistente. Em momento algum as equipas foram capazes de criar um lance que fizesse com que a vitória pendesse, claramente, para o seu lado.

 

Arbitragem: Estrada Fernández tinha, à partida, aquilo que se pode muito bem apelidar de jogo complicado tendo em conta o histórico agressivo dos jogadores de Diego Simeone, mas a verdade é que este até que nem teve assim muito trabalho. Poderia, e deveria, ter sido um tudo ou nada mais rígido com o defesa Godín da equipa do Atlético dado que foram algumas as vezes em que o internacional uruguaio usou e abusou da sua vertente “raçuda”.

 

Positivo: Ambiente. Grandioso ambiente este que os adeptos presentes no Estádio Santiago Bernabéu foram capazes de criar em torno de uma partida que se sabia à partida que ia ser muito táctica.

 

Negativo: Dani Carvajal. Há dias em que as coisas não nos correm bem por muito que nos esforcemos. O problema é que Carvajal viveu hoje um destes dias e não se esforçou muito por o tentar melhorar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:19

Golos com História: Raúl

por Pedro Silva, em 07.04.18

RAUL-006.jpg

O avançado estreou-se como goleador num dérbi contra o Atlético de Madrid na temporada 1994/95.
 
Esta semana, em Golos com História, recordamos um dos melhores momentos do dérbi: o primeiro golo de Raúl pelo Real Madrid. Um instante brilhante na carreira deste jogador lendário, que actualmente é o futebolista com mais jogos oficiais na história do clube e o segundo melhor marcador de sempre do Real Madrid.

Depois de se ter estreado na jornada anterior no La Romareda, contra o Atlético foi a primeira vez que Raúl subiu ao relvado do Bernabéu. A 5 de Novembro de 1994, o conjunto blanco venceu o débil madrileno por 4-2. No tento que destacamos, Laudrup fez uma transição rápida e efectuou um passe com a parte de fora do pé para o limite da área. Apareceu então Raúl que, ao primero toque, enviou a bola ao ângulo. Além disso  o conjunto blanco ganhou a Liga naquela temporada.
 
Raúl entrou para os escalões de formação na temporada 1992/93 e, pouco depois, estreou-se pela equipa principal pela mão de Jorge Valdano. Integrou o plantel principal durante 16 anos, nos quais disputou 741 jogos, marcou 323 golos e conseguiu 16 títulos: 3 Taças dos Campeões, 2 Intercontinentais, 1 Supertaça Europeia, 6 Ligas e 4 Supertaças de Espanha.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:23



Agenda do Real Madrid


Calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (14/11/2018)

>

as (14/11/2018)

>

THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores