Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


1-2: Tropeção frente ao Girona

por Pedro Silva, em 18.02.19

_HE12061_horThumb.jpg

Casemiro colocou o Real Madrid em vantagem na primeira parte, mas a equipa catalã deu a volta na segunda.

Sem Título.png

O Real Madrid tropeçou no Bernabéu ante o Girona. Os blancos foram superiores ao rival na primeira parte, na qual se adiantaram com um golo de Casemiro, e acabaram por ser superados na segunda. A primeira oportunidade do encontro surgiu aos 17'. Kroos recuperou a bola, fez o passe para Lucas Vázquez e o canterano intrometeu-se com êxito entre os defesas rivais, aparacendo na cara de Bono. O guarda-redes visitante acabaria por levar a melhor. Dois minutos mais tarde chegou a resposta do Girona, mas foi a vez de Courtois brilhar na sequência do disparo de Stuani na zona frontal.

Com o avançar os minutos, via-se um Real Madrid inclinado para a baliza de Bono e não surpreendeu que tenha inaugurado o marcador. Belo centro de Kroos e magnífico golpe de cabeça de Casemiro. O brasileiro marcou pela segunda jornada consecutiva. Mais duas ocasiões, uma para cada equipa, verificaram-se antes do descanso. A primeira foi para o Girona, mas o potente remate de Granell, aos 40', passou ligeiramente ao lado da baliza. A última, dois minutos depois, foi de Benzema, que rematou já dentro da área e obrigou Bono a demonstrar os reflexos.

CASEMIRO MARCOU PELO SEGUNDO JOGO CONSECUTIVO.

O Girona adiantou linhas depois do regresso dos balneários, através das entradas de Lozano e Aleix García. E foram precisamente estes os protagonistas aos 59'. Centrou Portu e Courtois fez uma enorme defesa ao remate de cabeça de Lozano, tendo na recarga Alex García errado o alvo, rematando por alto desde a marca de penálti. Foi um sério aviso, pois volvidos seis minutos os visitantes empataram na sequência de uma grande penalidade convertida por Stuani, devido a uma mão na bola de Sergio Ramos.

Reviravolta do Girona
Faltavam ainda mais de 20 minutos para o apito final quando o Girona fez o 1-2,. Portu, que minutos antes rematara ao poste, marcou de cabeça, aproveitando um ressalto na pequena área. Daí para a frente o Real Madrid tentou fazer tudo o que lhe era permitido para empatar e esteve perto em dois remates de Vinicius Jr. desde a zona frontal, e num cara a cara de Bale, ao qual chegou com grande esforço e um pouco atrasado. Aos 90' registou-se a expulsão de Ramos, por duplo amarelo, e nos instantes finais Courtois subiu até à grande área contrária para tentar a sua sorte na sequência de um canto, acabando o cabeceamento por sair ligeiramente para fora.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

H_RAMOS_CARVAJAL_HE22060Thumb.jpg

Os blancos, que levam oito jogos seguidos invictos, regressam ao Bernabéu após três exigentes encontros fora de casa.

O Real Madrid regressa ao Santiago Bernabéu 14 dias depois do seu último encontro como anfitrião e depois de disputar três exigentes testes consecutivos fora de casa (BarcelonaAtlético de Madrid e Ajax). Pela frente estará o Girona, naquele que será o quarto confronto entre as duas equipas esta temporada (11:00, hora portuguesa).

O objectivo do campeão da Europa, que disputa o seu quarto jogo neste duro mês de Fevereiro é dar seguimento ao excelente momento de forma que está a protagonizar e que lhe permitiu encadear 8 encontros sem perder. Na Liga, os homens de Solari aspiram a somar a sua sexta vitória consecutiva.

Convocatória
“Adoramos competir e é um momento da temporada muito estimulante. Estamos unidos e com o objectivo claro de ganhar”, afirmou Solari na conferência de imprensa de antevisão do encontro. O técnico do Real Madrid não poderá contar com os lesionados Isco e Marcos Llorente, nem com o castigado Modric. Pelo contrário, naconvocatória de 20 jogadores incluiu Varane, que já está recuperado do processo gripal que o impediu de jogar na quarta-feira passada no Johan Cruyff Arena.

REAL MADRID E GIRONA DEFRONTAM-SE PELA QUARTA VEZ ESTA TEMPORADA.

O Girona não chega no seu melhor momento da época. Com dez encontros consecutivos sem ganhar na Liga (quatro empates), está, no começo da jornada, apenas um ponto acima do Rayo Vallecano, o melhor classificado de entre os três que ocupam os lugares da descida. Além de que o seu técnico, Eusebio, não poderá contar com o castigado Bernardo, que foi expulso na jornada anterior. 

Empates no Camp Nou e no Wanda Metropolitano
Apesar de tudo, o conjunto catalão já deu provas claras do seu perigo esta temporada. Empatou no Camp Nou (2-2) e fez o mesmo no Wanda Metropolitano (3-3), acabando por eliminar o Atlético de Madrid da Taça do Rei. Stuani, com 12 tentos, é o seu melhor marcador no campeonato.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Os 20 convocados para o jogo contra o Girona

por Pedro Silva, em 16.02.19

_PCA9976Thumb.jpg

O Real Madrid disputa este domingo, no Santiago Bernabéu, o encontro da jornada 24 da Liga (11:00, hora portuguesa).
 
Solari convocou 20 jogadores para o encontro correspondente à vigésima quarta jornada da Liga, em que o Real Madrid defrontará o Girona no Santiago Bernabéu (11:00, hora portuguesa).

CONVOCATÓRIA DO REAL MADRID:
Guarda-redes: Navas, Courtois e Luca.
Defesas: Carvajal, Ramos, Varane, Nacho, Marcelo, Odriozola e Reguilón.
Médios: Kroos, Casemiro, Valverde, Asensio e Ceballos.
Avançados: Mariano, Benzema, Bale, Lucas Vázquez e Vinicius Jr. 
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:25

Sergio Ramos, 600 jogos com o Real Madrid

por Pedro Silva, em 15.02.19

_AV13597_horThumb.jpg

"Agradeço o carinho e o apoio que fazem com que cada dia me levante com a vontade de continuar a representar como capitão esta equipa”, disse o defesa.

 
Muitos jogadores passam pelo Real Madrid mas muitos poucos fazem história no clube. Este é o caso de Sergio Ramos, que frente ao Ajax, e depois de 14 temporadas a defender o símbolo madridista, alcançou os 600 jogos com a camisola blanca.

Ao terminar o encontro, atendeu os meios de  comunicação e foi questionado por este recorde pessoal. O capitão respondeu: “São muitas recordações. É um enorme sacrifício, esforço constante durante muito anos. Não é nada fácil alcançar os 600 jogos com o meu clube e oxalá possa desfrutar de muitos mais. Agrdeço a toda a gente o carinho e o apoio, que fazem que cada dia me levante com a vontde de continuar a melhorar e continuar a representar como capitão esta equipa”.

O jogo
 “Grande ambiente. Felicitar este grandes adeptos, esta equipa que joga bom futebol com muita personalidade apesar de terem muitos jovens. Sabíamos que o jogo seria difícil, a equipa soube sofrer e não fizemos o melhor jogo da nossa parte. Há que estar juntos e aproveitar os contra-ataques para romper a sua linha de pressão e relativamente a golos levamos dois que são importantes para a eliminatória. O futebol não é só um jogo bonito, há que o saber interpretar e isso hoje o Real Madrid fez muito bem. Criamos espaços no contra-ataque para sair com muita rapidez e aproveitar essa velocidade que temos no ataque.”.

VAR
“Eu sou um grande defensor do VAR e pouco a pouco vai tornar o futebol mais justo. Por vezes foi prejudicial para nós, e hoje um golo que nos anulam era importante. Está para isso. Estou chateado por não jogar a segunda mão. Foi este cartão no final do jogo. Toca a descansar e oxalá façamos um jogo sério para pensar na eliminatória seguinte”.

A lenda de Sergio Ramos começou a 8 de Setmebro de 2005 na sua apresentação oficial com o Real Madrid. Dois dias mais tarde estreou-se, contra o Celta de Vigo no Santiago Bernabéu, e pouco depois marcou o seu primeiro golo, que foi na Champions frente ao Olympiacos. Era só o começo de uma carreira repleta de sucessos. 

Melhores momentos
O minuto 93 da final de Lisboa marca um antes e um depois. Um instante que mudou tudo, uma grande cabeçada que é o reflexo de Sergio Ramos em estado puro. Conquistada a Décima e não satisfeito com isso, repetiu o golo na final de Milão outra vez frente ao Atlético de Madrid antes de levantar a sua primeira Champions League com os galões de capitão. 

493626003.jpg

O seu idílio com as finais prolongou-se e na Supertaça Europeia de 2016 voltou a ser decisivo com outro golo de cabeça nos descontos diante do Sevilha, forçando o prolongamento para mais tarde poder levantar um novo troféu. O Mundial de Clubes é a competição que fecha o círculo, com outros dois tentos de cabeça nas finais de 2014 2018 frente a San Lorenzo e Al Ain.


Títulos
Todos estes momentos decisivos terminaram com a imagem do Real Madrid a levantar uma taça. Como madridista, Sergio Ramos tem um palmarés invejável composto por 20 títulos: 4 Champions League, 4 Mundiais de Clubes, 3 Supertaças Europeias, 4 Ligas, 2 Taças do Rei e 3 Supertaças de Espanha. 
 
Até 51 jogos chegou a disputar o central numa mesma temporada, registo alcançado na 2011/12 e na 2013/14, e actualmente protagoniza a sua época mais goleadora com 11 tentos. Por competições, na Liga disputou 414 encontros, 119 na Champions, 45 na Taça do Rei, 12 na Supertaça de Espanha, 4 na Supertaça Europeia e 6 no Mundial de Clubes.

_1RM3445.jpg

Sérgio Ramos torna-se assim no sétimo jogador a chegar aos 600 jogos em toda a história do melhor clube do mundo depois de Raul (741), Casillas (725), Sanchís (710), Santillana (645), Gento (601) e Hierro (601).

 
Único
O sevilhano também se destacou na sua carreira pelo número de golos, de realçar para um defesa. Ramos fez dos remates de cabeça a sua especialidade e demonstrou sangue frio na marcação de penáltis. Recentemente alcançou os 100 golos como profissional, e com o Real Madrid marcou o impressionante número de 84 tentos. Uns números que o convertem num defesa goleador como poucos, um capitão de lenda e um jogador único. 
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds