Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


História do Real Madrid CF (1931-1940)

por Pedro Silva, em 06.04.18

TrofeoMancomunado_historia.png

À contratação de Ricardo Zamora, seguiram-se pouco depois as de Ciriaco e Quincoces. Juntos formaram a melhor defesa do Mundo. O resultado de tal aposta foram quatro títulos (duas La Liga e duas Copa del Rey) em quatro anos. Era a génese de um Madrid ganhador, mas o estalar da Guerra Civil deitou por terra esse triunfalismo.

 

O Real Madrid CF já tinha interiorizado que o êxito que tanto perseguia só seria possível com os melhores jogadores.

 

Zamora, Ciriaco, Quincoces… Os frutos não demoraram a aparecer. A temporada de 1931-32 foi de excelência para a equipa de Lippo Hertza. Os «blancos» terminaram a Liga como campeões invictos. Começava uma era de domínio «madridista».
 
Um mês depois do último êxito na Copa del Rey (1936), rebentava a Guerra Civil em Espanha. O melhor momento desportivo do Real Madrid CF até então via-se ameaçado e truncado pelo longo e nefasto conflito armado.

 

A Guerra Civil espanhola determinou o fim da carreira de muitos jogadores e o exílio de muitos outros. Foi preciso esperar pelo fim do conflito para se reconstruir o Clube e a equipa.

 

ZAMORA, ELEVADO À CATEGORIA DE MITO

 

O extraordinário impacto que o futebol estava a adquirir em Espanha fez de alguns futebolistas autênticos ídolos.

3,1.jpg 

O exemplo mais claro estava na baliza do Real Madrid CF. A final da Copa del Rey de 1936 levou Ricardo Zamora aos píncaros, depois de ter sido o grande artífice do triunfo dos «merengues» sobre o FC Barcelona. A sua defesa ‘impossível’ após o fantástico remate de Escolá (na imagem em cima) ainda é recordado em todos os livros referentes à história do futebol espanhol.

 

ASSEMBLEIA PARA A RECONSTRUÇÃO (1939)

 

A19 de Abril de 1939, Pedro Parages convoca uma Assembleia para resolver a situação em que a entidade tinha ficado após a Guerra Civil.

 

Um estádio destroçado, um plantel muito debilitado… O panorama não era nada animador. Adolfo Meléndez é então nomeado como novo presidente e o Real Madrid CF enfrenta um tremendo desafio: a sua reconstrução! Esta começou praticamente do zero.

 

PALMARÉS DO REAL MADRID CLUB DE FÚTBOL (1931-1940)

 

3 Campeonato Regional Centro

5 Campeonato Regional Mancomunado

2 La Liga

2 Copa del Rey

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

História do Real Madrid CF (1911-1920)

por Pedro Silva, em 08.02.18

CopaRegional_historia.png

Entre 1911 e 1920 o futebol espanhol viveu um período de dificuldades e de indefinições. O Madrid Football Club não passou ao lado de tal, mas apesar de tudo o clube conseguiu superá-lo graças à inteligência dos seus dirigentes.

 

Estes mesmos dirigentes, perante um número de adeptos cada vez maior, perceberam a necessidade da mudança de campo para facilitar a afluência de espectadores e, desse modo, obter maiores receitas. Deu-se então a mudança para o Estádio de O’Donnell. O clube «blanco» adquiriu uma dimensão tão grande que a Casa Real de Sua Majestade o Rei concedeu ao Madrid Football Club o título de ‘Real’ (1920).

 

Nesta fase do ainda jovem futebol espanhol pensou-se que a constituição de uma Federação seria uma solução rápida para a crise, mas tal não veio a ser uma realidade. Cada clube olhava apenas pelos seus interesses e enquanto uns apoiavam a «Federación Española de Clubs de Football», outros formaram um organismo paralelo: a «Unión de Clubes».  Também em Madrid predominava um sentimento de desilusão e de desencanto. Inclusive a junta directiva da altura teve mesmo de evitar a ‘demissão’ do seu presidente, Adolfo Meléndez.

 

Contudo a duplicação de competições e de interesses não enfraqueceu, no entanto, a expectativa em torno do futebol. Os adeptos «madridistas» continuavam a ir ver os jogos do Madrid Football Club.

4,3.jpg 

Jogo internacional de cariz amigável no Estádio de O`Donnell

 

Com a mudança para Estádio de O’Donnell (na imagem em cima e em baixo), o Madrid Football Club deu um grande passo no sentido da sua profissionalização. Com mais espectadores, havia maiores receitas e maiores orçamentos para se contratar jogadores.

GALERÍA+3,1.jpg 

Jogo no Estádio de O`Donnell

 

O Estádio novo era melhor do que o anterior que se situava na ‘Villa y Corte’ de Madrid.  O Estádio de O’Donnell tinha, inclusive, maior capacidade dado que a sua lotação era de 5.000 espectadores.

 

A temporada de 1915-16 marcou negativamente a vida do «madridismo». A brilhante participação do Madrid Football Club no Campeonato de España culminou num amargo vice-campeonato. Depois de ter derrotado o Real Club Deportivo Español nas meias-finais da prova, o  Madrid Football Club acabaria por perder o título para o Athletic Club numa marcante final.

 

As circunstâncias que rodearam esta final tiveram consequências e terminaram com a demissão, dias mais tarde, de toda a junta directiva. Pedro Parages assumiu a liderança do clube em detrimento de Adolfo Meléndez. A mudança acabaria por dar frutos. Na temporada seguinte o Madrid Football Club voltava a ser campeão de Espanha.

2,1.jpg 

Equipa campeã da Região Centro

 

AFONSO XIII INTERCEDE PARA SER ASSINADA A PAZ NO FUTEBOL

 

Face à irresolúvel disputa entre a «Federación Española de Clubs de Football» e a «Unión de Clubes», o Rei Afonso XIII decidiu intervir.

 

Sua Majestade, o Rei Afonso XIII recebeu o presidente da altura da «Federaçión», Juan Padrós, e reconheceu este organismo como sendo o único representante do futebol espanhol. Ao mesmo tempo, este incentivou a «Unión» a “federar-se e a esquecer as quezílias antigas”.

 

A partir deste momento, assinou-se a paz que voltou a colocar o futebol espanhol sobre carris.

 

SANTIAGO BERNABÉU, COMO JOGADOR (1913)

 

Solucionados os problemas organizativos e de representatividade, tudo voltou à normalidade.

 

GALERÍA+4,1.jpg

Foi nessa altura que surgiu a grande figura do Madrid Football Club: Santiago Bernabéu (na imagem ao lado).

 

E fê-lo como futebolista. Avançado robusto e com grande capacidade goleadora, o natural de «La Mancha», Santiago Bernabéu, acabaria por se tornar no capitão da equipa e grande referência do clube.

 

Era um presságio do que sucederia anos mais tarde, então já à frente da instituição.

 

PALMARÉS DO MADRID FOOTBALL CLUB (1911 - 1920)

 

1 Campeonato de España

5 Campeonato Regional Centro

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:04

História do Real Madrid CF (1902-1910)

por Pedro Silva, em 31.01.18

copaDeEspaña_historia.png

Oriundo de Inglaterra, começou a ser introduzido em Espanha um novo desporto, o futebol.

 

O bom acolhimento que teve levou a que, em finais do seculo XIX e princípios do XX, se criassem os primeiros clubes para praticá-lo.

 

Um deles foi o Madrid Football Club, que estaria na génese do actual Real Madrid CF. Julián Palacios foi a sua primeira face visível, mas quem constituiu oficialmente a instituição foi Juan Padrós (1902). E ganhou adeptos a um ritmo tão grande que levou à solicitação, por parte do Madrid Football Club, de um torneio em homenagem ao Rei Afonso XIII. Essa iniciativa acabaria por se transformar no «Campeonato de España»

.

Os primeiros anos de vida do clube foram unidos em torno da figura de Julián Palacios. Foi ele quem, em 1900, convocou uma assembleia geral para nomear os jogadores que formariam a equipa principal do Madrid. Os irmãos Padrós recolheriam o testemunho pouco depois. O futebol começava a tornar-se o epicentro de muitas tertúlias e o número de associados crescia a passos de gigante. A constituição como clube deu-se a 6 de Março de 1902, com uma direcção presidida por Juan Padrós.

SLIDE+1-+Plantilla+Real+Madrid+de+1907,3.jpg

Equipa Madrid Football Club (1907) 

 

Aqueles dirigentes sonhadores propuseram ao Presidente da Câmara de Madrid, Alberto Aguilera, a criação de um primeiro torneio de futebol.

GALERÍA+4,1.jpg

Campeones de España (1905)

 

Foi então instituída uma primeira competição de futebol em honra de Sua Majestade o Rei Afonso XIII. Foram cinco os clubes que formalizaram a inscrição para participar neste torneio, que acabou por ser disputado no Hipódromo. Nascia nesse preciso momento o «Campeonato de España» e a marca distintiva do Madrid Football Club: o triunfo! Nas primeiras seis edições, os «blancos» conseguiram quatro títulos.

GALERÍA+3,1.jpg

Medalha Campeones de España (1905)

 

ARTHUR JONHSON, MESTRE E PIONEIRO NO BANCO

 

GALERÍA+2,1.jpg

Um terreno contíguo à antiga praça de touros de Madrid tornou-se o cenário dos primeiros jogos do novo clube.

 

As conversas sobre futebol sucediam-se, tendo os Padrós (na imagem ao lado vemos Carlos Padrós com o equipamento do Madrid Football Club) como anfitriões.

 

Um dos que intervinha sempre era Arthur Johnson, um súbdito inglês radicado em Espanha. De papéis na mão, Mr. Johnson mostrava aquilo que considerava serem os ‘princípios para o bom desenvolvimento do futebol’. De forma quase acidental, o inglês transformava-se no primeiro treinador da história do Real Madrid CF.

 

PRIMEIRO JOGO INTERNACIONAL CONTRA O GALLIA SPORT DE PARÍS (1905)

 

O futebol estava a adquirir uma dimensão tal, que Carlos Padrós se lembrou de um novo desafio, organizar um jogo internacional.

 

O Madrid Football Club assumiu todos os custos para trazer à Villa a equipa Gallia Sport de Paris. Frente a frente estavam os campeões de França e de Espanha. Noventa minutos depois, no Hipódromo, o resultado foi um empate a um e logo ficou acordado um novo confronto mas desta vez em solo francês.

 

NASCE A FEDERAÇÃO ESPANHOLA DE FUTEBOL (1909)

 

No final da primeira década do século XX apareceram dificuldades significativas na organização do «Campeonato de España» e quezílias entre alguns clubes. Isso proporcionou a criação da «Federación Española de Clubs de Football» (1909), que teve um começo complicado apesar da unanimidade verificada aquando da sua Assembleia Constituinte.

1,1.jpg

Reis de Espanha presidem a um jogo de caridade do Madrid Football Club (1914)

 

PALMARÉS DO MADRID FOOTBALL CLUB (1902 - 1910)

 

4 Campeonato de España

Campeonato Regional Centro

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:31



Agenda do Real Madrid


Calendário

Outubro 2018

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (15/10/2018)


as (15/10/2018)


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores