Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Sergio Ramos, 600 jogos com o Real Madrid

por Pedro Silva, em 15.02.19

_AV13597_horThumb.jpg

"Agradeço o carinho e o apoio que fazem com que cada dia me levante com a vontade de continuar a representar como capitão esta equipa”, disse o defesa.

 
Muitos jogadores passam pelo Real Madrid mas muitos poucos fazem história no clube. Este é o caso de Sergio Ramos, que frente ao Ajax, e depois de 14 temporadas a defender o símbolo madridista, alcançou os 600 jogos com a camisola blanca.

Ao terminar o encontro, atendeu os meios de  comunicação e foi questionado por este recorde pessoal. O capitão respondeu: “São muitas recordações. É um enorme sacrifício, esforço constante durante muito anos. Não é nada fácil alcançar os 600 jogos com o meu clube e oxalá possa desfrutar de muitos mais. Agrdeço a toda a gente o carinho e o apoio, que fazem que cada dia me levante com a vontde de continuar a melhorar e continuar a representar como capitão esta equipa”.

O jogo
 “Grande ambiente. Felicitar este grandes adeptos, esta equipa que joga bom futebol com muita personalidade apesar de terem muitos jovens. Sabíamos que o jogo seria difícil, a equipa soube sofrer e não fizemos o melhor jogo da nossa parte. Há que estar juntos e aproveitar os contra-ataques para romper a sua linha de pressão e relativamente a golos levamos dois que são importantes para a eliminatória. O futebol não é só um jogo bonito, há que o saber interpretar e isso hoje o Real Madrid fez muito bem. Criamos espaços no contra-ataque para sair com muita rapidez e aproveitar essa velocidade que temos no ataque.”.

VAR
“Eu sou um grande defensor do VAR e pouco a pouco vai tornar o futebol mais justo. Por vezes foi prejudicial para nós, e hoje um golo que nos anulam era importante. Está para isso. Estou chateado por não jogar a segunda mão. Foi este cartão no final do jogo. Toca a descansar e oxalá façamos um jogo sério para pensar na eliminatória seguinte”.

A lenda de Sergio Ramos começou a 8 de Setmebro de 2005 na sua apresentação oficial com o Real Madrid. Dois dias mais tarde estreou-se, contra o Celta de Vigo no Santiago Bernabéu, e pouco depois marcou o seu primeiro golo, que foi na Champions frente ao Olympiacos. Era só o começo de uma carreira repleta de sucessos. 

Melhores momentos
O minuto 93 da final de Lisboa marca um antes e um depois. Um instante que mudou tudo, uma grande cabeçada que é o reflexo de Sergio Ramos em estado puro. Conquistada a Décima e não satisfeito com isso, repetiu o golo na final de Milão outra vez frente ao Atlético de Madrid antes de levantar a sua primeira Champions League com os galões de capitão. 

493626003.jpg

O seu idílio com as finais prolongou-se e na Supertaça Europeia de 2016 voltou a ser decisivo com outro golo de cabeça nos descontos diante do Sevilha, forçando o prolongamento para mais tarde poder levantar um novo troféu. O Mundial de Clubes é a competição que fecha o círculo, com outros dois tentos de cabeça nas finais de 2014 2018 frente a San Lorenzo e Al Ain.


Títulos
Todos estes momentos decisivos terminaram com a imagem do Real Madrid a levantar uma taça. Como madridista, Sergio Ramos tem um palmarés invejável composto por 20 títulos: 4 Champions League, 4 Mundiais de Clubes, 3 Supertaças Europeias, 4 Ligas, 2 Taças do Rei e 3 Supertaças de Espanha. 
 
Até 51 jogos chegou a disputar o central numa mesma temporada, registo alcançado na 2011/12 e na 2013/14, e actualmente protagoniza a sua época mais goleadora com 11 tentos. Por competições, na Liga disputou 414 encontros, 119 na Champions, 45 na Taça do Rei, 12 na Supertaça de Espanha, 4 na Supertaça Europeia e 6 no Mundial de Clubes.

_1RM3445.jpg

Sérgio Ramos torna-se assim no sétimo jogador a chegar aos 600 jogos em toda a história do melhor clube do mundo depois de Raul (741), Casillas (725), Sanchís (710), Santillana (645), Gento (601) e Hierro (601).

 
Único
O sevilhano também se destacou na sua carreira pelo número de golos, de realçar para um defesa. Ramos fez dos remates de cabeça a sua especialidade e demonstrou sangue frio na marcação de penáltis. Recentemente alcançou os 100 golos como profissional, e com o Real Madrid marcou o impressionante número de 84 tentos. Uns números que o convertem num defesa goleador como poucos, um capitão de lenda e um jogador único. 
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47

_HE21586Thumb.jpg

É o jogador de ambos os plantéis que disputou mais confrontos entre Real Madrid e Barcelona.
 
O Clássico é um dos jogos que todos os futebolistas querem disputar e a primeira mão das meias-finais da Taça do Rei ditou um empate num encontro muito disputado entre Real Madrid e Barcelona. Uma vez mais, a liderar a equipa blanca esteve Sergio Ramos, que disputou o seu Clássico número 40. O capitão é o jogador, dos actuais plantéis das duas equipas, que disputou mais confrontos entre Real Madrid e Barcelona, por diante de Messi (39).

Ao longo da história, apenas três jogadores participaram em mais Clássicos que Ramos. O presidente honorário do Real Madrid, Paco Gento; Sanchís e o barcelonista Xavi, todos com 42. Para o sevilhano, este foi o seu décimo quarto Clássico com a braçadeira de capitão, algo que está ao alcance de muito poucos. 

Quatro golos
Um registo assim apenas pode ser conseguido com trabalho, constância e profissionalismo, qualidades exibidas por Ramos, que ao seu grande trabalho defensivo acrescenta os golos. O capitão marcou quatro nestes 40 Clássicos: dois no Santiago Bernabéu e outros dois no Camp Nou.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Ramos jogou todos os minutos da primeira volta

por Pedro Silva, em 14.01.19

_HE26214Thumb.jpg

O capitão é o único madridista com este registo nas 19 jornadas da Liga disputadas.
 
Sergio Ramos finaliza a primeira volta desta edição da Liga sem perder sequer um minuto. Depois do jogo contra o Bétis no Villamarín, o capitão disputou por completo as primeiras 19 jornadas. Ramos é o único futebolista do plantel que jogou os 1.710 minutos da competição, na qual soma ainda quatro golos.
 
Depois de Sergio Ramos, os madridistas que mais participaram nesta Liga são Benzema (1.485 minutos), Courtois (1.440), Modric (1.380) e Varane (1.335). Além disso, juntamente com o capitão blanco apenas outros seis jogadores de campo disputaram todos os minutos da Liga: Laguardia (Alavés), Calero e Nacho (Valladolid), Bernardo Espinosa (Girona), Piqué (Barcelona) e Sergi Gómez (Sevilha).
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:34

Sergio Ramos chega aos 100 golos

por Pedro Silva, em 11.01.19

_1RM0540_horThumb.jpg

O capitão marcou 80 tentos com o Real Madrid, 17 com a selecção e 3 com o Sevilha. 
 
Sergio Ramos já é um goleador centenário. O capitão do Real Madrid alcançou os 100 tentos oficiais na sua carreira profissional no encontro da primeira mão dos oitavos-de-final da Taça do Rei frente ao Leganés. Ramos atingiu esta cifra ao trnsformar um penálti, que supôs o primeiro golo da vitória madridista (3-0). Com o Real Madrid já marcou 80 tentos, com a selecção espanhola 17 e com o Sevilha fez três.

Os seus golos com o conjunto blanco ajudaram à conqusita de vários títulos, como os conseguidos nas finais da Décima e da Décima Primeira, na Supertaça Europeia em 2016, ou nas finais do Mundial de Clubes em 2014 e 2018. A Liga é a competição na qual mais vezes marcou, com 57 golos. Na Champions soma 11 golos, 5 na Taça, 3 no Mundial de Clubes e 2 tentos tanto na Supertaça Europeia como na de Espanha. 
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:55



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds