Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


real-madrid-nao-aproveita-derrota-do-barcelona-e-e 

O Real Madrid sofreu a primeira derrota na Liga Espanhola e de uma forma logo clara. A equipa treinada por Julen Lopetegui perdeu em Sevilha por 3x0, num jogo em que André Silva foi a grande figura ao apontar dois golos bem cedo na primeira parte. Desta forma, o Real Madrid não aproveita a derrota do Barcelona e as duas equipas continuam empatadas no topo da classificação. 

 

O Real Madrid demorou mais de meia hora para entrar no jogo e quando entrou já estava a perder por 3x0. André Silva marcou por duas vezes, os dois lances a aproveitar bolas que lhe sobraram na área e que o internacional português não desperdiçou. O desnorte da defesa do Real Madrid ainda ficou mais grave quando aos 39 minutos Ben Yedder apareceu sozinho após uma bola parada para fazer  mais um golo.

 

A perder por 3x0, o Real Madrid esteve melhor no segundo tempo e chegou mesmo ao golo por Modric. Esse golo acabaria por ser invalidado pelo VAR, por fora de jogo daquele que foi eleito o melhor jogador do Mundo. Até ao final, destaque para uma grande oportunidade de Gareth Bale, que apareceu isolado e permitiu a Tomás Vaclík fazer uma grande defesa. 

 

Com esta derrota, o Real Madrid mantém os mesmos 13 pontos, antes de defrontar o Atlético de Madrid no próximo fim de semana. O Atlético é mesmo o grande vencedor da jornada já que recuperou três pontos aos dois líderes. A equipa onde atua Gelson Martins está agora a apenas dois pontos de Barcelona e de Real Madrid.

 

Artigo publicado no site zerozero

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

horiz5Thumb.jpg 

A equipa blanca visita um adversário que marcou 11 golos nos dois últimos jogos. 
 
ALiga não dá tréguas e um dos líderes da competição, disputa quatro dias depois de vencer o Espanhol,um exigente teste no Sánchez-Pizjuán. O Real Madrid, que se mantém invicto no campeonato ao somar quatro vitórias e um empate, enfrenta o Sevilha na sexta jornada (21:00 h portuguesa).

A intenção da equipa no seu terceiro encontro fora da competição, não é outra senão alcançar a quinta vitória no campeonato e manter-se no lugar mais alto da classsificação, estando empatada em pontos com o Barcelona antes do começo desta jornada.

Baixas
“O Sevilha coloca dificuldades a todos os adversários e está numa boa forma goleadora. Motiva-nos e é um desafio realizar um grande jogo frente a um adversário que vai exigir o nosso melhor nível”, afirmou Lopetegui. O técnico do Real Madrid não pode contar para este jogo com Carvajal, que tem uma sobrecarga física, nem com Isco, operado ontem a uma apendicite aguda.

O REAL MADRID ESTÁ INVICTO NA LIGA: 4 VITÓRIAS E 1 EMPATE.

Pela frente vai estar o Sevilha, que vai a jogo após protagonizar duas goleadas consecutivas na semana passada, nas quais marcou 11 tentos. A primeira foi conseguida na quinta-feira em casa do Standard de Liège (5-1) e a segunda no passado domingo fora contra o Levante (2-6). Ben Yedder foi protagonista nos dois encontros. O francês conseguiu um bis no jogo da Europa League e um  hat-trick no jogo da Liga. 

Dois meses de competição oficial
Muito rodada, com exactamente dois meses de competição nas pernas, apresenta-se a jogo a equipa andaluz. A 26 de Julho iniciou a sua participação na fase prévia da Europa League e desde então soma 13 encontros oficiais. O saldo é de 9 vitórias, um empate e três derrotas. Pablo Machín não poderá contar com os lesionados Escudero, Mercado, Gonalons e Amadou.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:22

imgS620I220701T20180509222914.jpg 

Sem o lesionado Cristiano Ronaldo, o Real Madrid foi derrotado de forma clara pelo Sevilha por 3x1 e está mais longe do 2º lugar da Liga Espanhola, ocupado pelo Atlético de Madrid. Destaque para o Miguel Layún, emprestado pelo FC Porto ao Sevilha, que apontou o segundo golo da equipa andaluz.

 

O Real Madrid até começou melhor e nos primeiros 20 minutos teve duas oportunidades de golo, desperdiçadas por Casemiro e Kovacic.

 

O Sevilha reagiu aos 26 minutos e fez o primeiro golo do jogo. O avançado Wissam Ben Yedder aproveitou um lance de futebol direto e isolado bateu Kiko Casilla. Já em cima do intervalo apareceu o segundo golo andaluz, apontado por Layún. O defesa mexicano apareceu com espaço na área e fez o segundo golo.

 

No início da segunda parte Sérgio Ramos falhou uma grande penalidade e já perto do fim o mesmo Sérgio Ramos fez um auto-golo que deixou o resultado em 3x0 para o Sevilha. 

 

O Real Madrid reagiu nos últimos minutos e ainda reduziu para 3x2. Primeiro Borga Mayoral marcou de cabeça e depois Sérgio Ramos marcou de grande penalidade.

 

Com esta derrota o Real Madrid mantém os 72 pontos, menos três que o Atlético de Madrid. Já o Sevilha chega aos 54 pontos e ultrapassa o Getafe na luta pelo 7º posto, o último de acesso à Liga Europa.

 

Artigo publicado no site zerozero

 

NOTA: Peço desculpa mas não tenho paciência para comentar um jogo tão ridículo. E acreditem que estou a ser muito simpático para com o Real Madrid CF quando apelido o jogo de hoje de “ridículo”.

 

Queria somente deixar aqui duas notas.

 

Uma sobre Dani Ceballos para dizer que a minha paciência para com este atleta chegou ao seu limite. Sempre que lhe é dada uma oportunidade, este responde com uma exibição miserável (igualzinha à que todos vimos hoje!) e, como se não bastasse, Dani vai para o banco fazer cenas tristes aquando da sua substituição.

 

A segunda é sobre o árbitro deste jogo de Sevilha. Eu pensava que artistas do estilo Bruno Paixão eram um exclusivo do futebol português. Pelos vistos enganei-me dado que Mateu Lahoz é o Bruno Paixão versão espanhola. Que triste figurinha!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33

Pepe Castro disse que o defesa do Real Madrid devia aconselhar o presidente do seu clube, antes de falar de outros presidentes.

transferir.jpeg 

A polémica entre Sergio Ramos e o Sevilha parece não ficar por aqui. O presidente do clube andaluz, Pepe Castro, disse que o defesa espanhol devia aconselhar o seu presidente, antes de falar das ações do dirigente sevilhano.

 

"[Ramos] É um jogador extraordinário, que saiu de um grande clube [Sevilha] e está no Real Madrid. Mas tem que se dedicar a jogar e, se quer aconselhar algo a algum presidente, que aconselhe o seu [Florentino Pérez]. Que não o faça ao presidente do Sevilha, que trabalha muito mais do que ele pensa para solucionar o problema da violência verbal", afirmou Pepe Castro, citado pelo diário desportivo espanhol Marca.

 

Recorde-se que Sergio Ramos tinha questionado a legitimidade de Pepe Castro a fala de violência, depois do atleta “merengue” ter sido insultado nas duas visitas que o Real Madrid realizou ao estádio Sánchez Pizjuán.

 

in SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:05



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores