Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


_HE12124.jpg

Casemiro, de bicicleta, Ramos e Bale assinaram os golos da equipa blanca, que já é segunda na Liga.

Sem Título 2.png

Seriedade, solidez e contundência. Agora que chega o tramo decisivo da temporada, o campeão europeu continua a mostrar o excelente nível das últimas semanas. Os blancos impuseram-se por 1-3 no intenso dérbi disputado no Wanda Metropolitano, onde ninguém tinha vencido esta campanha, e já são segundos na Liga. Casemiro inaugurou o marcador com uma grande bicicleta, Ramos fez o segundo de penálti e Bale garantiu o quinto triunfo seguido no campeonato.

Desde o início, as duas equipas protagonizaram um jogo muito intenso e disputado em que cada lance era uma batalha. Griezmann, com um disparo desviado, e Modric, de cabeça, foram os primeiros a criar perigo nas áreas de Courtois e Oblak. O Madrid tentava elaborar e o Atlético de Madrid presionava alto procurando uma falha. O primeiro golo não demorou a aparecer. Aos 16’, Kroos marcou um canto, Ramos lutou pela bola de cabeça e Casemiro, em segunda instância, realizou uma grande bicicleta que adiantou o conjunto de Solari.

Consulta ao VAR
Depois do 0-1, os blancos procuraram pausar o encontro. No entanto, apenas nove minutos depois, o Atlético de Madrid fez o empate. Correa roubou a Vinicius uma bola dividida na qual os merengues reclamaram falta e viu a desmarcação de Griezmann, que definiu perante Courtois. O assistente assinalou fora de jogo do avançado francês, mas o VAR concedeu o golo. 

RAMOS SOMA 11 TENTOS E ESTA JÁ É A SUA TEMPORADA MAIS GOLEADORA.

As numerosas interrupções dificultavam a fluidez do jogo madridista. As ocasiões escasseavam, apesar de Kroos, aos 37’, testar Oblak com um disparo de fora da área. Quando parecia que se ia para o intervalo com um empate, uma sensacional jogada de Vinicius pela esquerda provocou o penálti de Giménez que o VAR corroborou. Ramos marcou o 1-2 fazendo o seu décimo primeiro tento da temporada.

As primeiras oportunidades do recomeço foram rojiblancas. Morata e Griezmann prouraram o empate com remates seguidos. O avançado espanhol viu um golo ser anulado aos 54’ por fora de jogo. Enquanto, Solari deu descanso a Vinicius e fez entrar Bale. Aos 60’, Courtois fez uma boa defesa a disparo de Giménez. Pouco depois, Morata reclamou penálti, mas nem o árbitro nem o VAR detectaram alguma infracção.

100 golos de Bale
O jogo continuava muito disputado, com demasiadas faltas e poucas ocasiões de golo. Foi então que apareceu a qualidade merengue. Uma rápida transição ofensiva deixou Bale em posição de disparo após uma grande assistência de Modric. O remate cruzado do galês resultou no 1-3 (74’), e no seu golo número 100 no Real Madrid. O Atlético de Madrid ficou reduzido a dez aos 80’ por duplo amarelo a Thomas. O jogo estava decidido mas Bale podia ter aumentado a conta de cabeça. No final, 1-3 e o Real Madrid soma e segue. Agora, vem a Champions.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

H1Thumb.jpg

Os blancos procuram a quinta vitória seguida na Liga e passar para segundos (15:15, hora portuguesa).
 
Depois do Clássico chega o dérbi. O Real Madrid enfrenta o segundo dos seus três grandes encontros consecutivos fora de casa. Depois do empate no Camp Nou e quatro dias antes de visitar o Ajax, os blancos centram-se agora no duelo do Wanda Metropolitano. Outro encontro de exigência máxima em que está em jogo o segundo lugar da Liga. Se conseguirem os três pontos, os homens de Solari ultrapassam o Atlético na classificação. 

A equipa chega ao dérbi num grande momento de jogo e resultados. Após encadear seis partidas sem conhecer a derrota, entre Liga e Taça, os blancos procuram somar esta tarde a quinta vitória seguida no campeonato. "Chegamos muito bem a este momento da temporada e no dérbi teremos de colocar a nossa intensidade, energia e futebol para sermos protagonistas desde o início", sublinhou Solari.

20 convocados
O técnico blanco convocou 20 jogadores. Varane e Carvajal, que cumpriram castigo diante do Alavés, regressam à lista. Também não falta Vinicius Jr., que se estreou pelo Real Madrid no dérbi da primeira volta. Desde então, o brasileiro foi crescendo até se tornar uma das peças-chave da boa série madridista.

INVICTOS NOS TRÊS ÚLTIMOS DÉRBIS FORA DE CASA PARA A A LIGA.

Por seu lado, o Atlético encara o dérbi com o objectivo de manter a sua condição de invicto esta temporada. De facto, é a equipa que mais pontos soma em casa na Liga, com nove vitórias e dois empates. O conjunto "rojiblanco" perdeu fora de casa com o Bétis, na última jornada, e por já ter sido eliminado da Taça, não teve jogo a meio da semana. Griezmann é o seu melhor marcador, com 10 tentos na Liga.

Igualdade
Como é habitual, espera-se um jogo de máxima intensidade e igualdade entre duas equipas que se conhecem na perfeição. Como exemplo, os quatro últimos confrontos para a Liga terminaram empatados. O Real Madrid, que conseguiu uma vitória e dois empates nos mais recentes dérbis do campeonato disputados no feudo "rojiblanco", espera manter a dinâmica das últimas semanas. Um jogaço na disputa do segundo lugar.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

 

Consulte aqui a Lista de Convocados do Real Madrid CF para este jogo 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

_1RM6715.jpg 

O Real Madrid empatou na visita ao Atlético de Madrid num jogo muito disputado e de grande intensidade.  

 

O primeiro dérbi da temporada e do Wanda Metropolitano terminou num empate. Num duelo dividido, com muito ritmo e intensidade, o Real Madrid foi melhor em várias alturas do jogo e teve ocasiões para marcar, mas não conseguiu e cedeu dois pontos na luta pela Liga.  

O encontro arrancou com a tensão própria de um dérbi, e com as duas partes bastante imprecisas. O Atlético de Madrid foi o primeiro a atacar. No minuto 3, Correa isolou-se frente a Casilla, mas mandou a bola para fora. Sem uma equipa a dominar claramente, o Real Madrid procurava responder à pressão adversária com transições rápidas no ataque. A parceria Isco-Marcelo pela esquerda era o mais destacado dos primeiros instantes. No entanto, os brancos não chegavam a criar perigo para a baliza de Oblak.

Oportunidade de Kroos
À medida que passavam os minutos, a equipa de Zidane foi crescendo e sentindo-se mais confortável em campo. Fruto dessa melhoria apareceram as oportunidades. Aos 32’, uma grande tabela entre Kroos e Cristiano esteve perto de dar o 0-1, mas o alemão disparou para fora. 

CARVAJAL VOLTOU E DISPUTOU TODO O ENCONTRO.  

Na jogada seguinte foi o portugês que obrigou Oblak a intervir, num disparo de livre. E aos 37’, Casemiro serviu uma bola de cabeça para Ramos, que ao rematar foi pontapeado no nariz por Lucas dentro da área, mas o árbitro não apitou penálti. Esta acção obrigou o capitão a ser substituído por Nacho ao intervalo.  

O segundo período arrancou como terminou o primeiro. O Real Madrid mandava e tentava ganhar superioridade pelas faixas laterais. No entanto, a defesa da casa impedia as melhores jogadas dos brancos. Com o passar do tempo, o jogo tornou-se mais trabalhado. A fadiga começava a fazer mossa em ambos os conjuntos.  

Assédio do Madrid
Haviam 15 minutos para marcar e Cristiano podia tê-lo feito em duas ocasiões. Primeiro, com um disparo desviado, e depois com outro livre directo despejado por Oblak. O Atlético de Madrid, por seu lado, dispôs de uma oportunidade através de Gameiro, mas que Varane salvou. Os comandados por Zidane tentaram tudo em busca da vitória nos instantes finais. Kroos disparou de longe e Cristiano voltou a aparecer dentro da área, mas o golo não apareceu.

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:38

01 ALEGRIA-BENZEMA-RAMOS_2RM8608Thumb.jpg 

Os brancos visitam uma equipa que está invicta em casa na Liga (19:45 h portuguesa). 
 
O Real Madrid regressa à competição após a última paragem do ano para compromissos das selecções e logo num jogo marcado a vermelho no calendário de qualquer adepto de futebol: o primeiro dérbi da temporada (19:45 h portuguesa). Um encontro histórico, apesar de tudo, porque será o primeiro que disputam as duas equipas no Wanda Metropolitano.

Com os dois conjuntos empatados em pontos na Liga, os brancos têm como objectivo distanciaram-se do adversário na classificação. A estatística mostra o excelente trabalho que o Real Madrid está a realizar como visitante, que marca há 35 jogos consecutivos fora de casa.  

CRISTIANO RONALDO É O MELHOR MARCADOR DA HISTÓRIA DO DÉRBI COM 21 TENTOS. 

“Estamos bem e temos que jogar os 90 minutos do dérbi no limite”, declarou Zidane na sala de imprensa. O campeão em título defronta um adversário que não conhece o sabor da derrota no Wanda Metropolitano. Quatro equipas já passaram pela casa do Atlético de Madrid e nenhuma conquistou os três pontos: Málaga (1-0), Sevilha (2-0), Barcelona (1-1) e Villarreal (1-1).

Solidez defensiva
O Atlético de Madrid apenas sofreu dois golos em casa, antes de se iniciar esta jornada, e é a equipa menos goleada da Liga como visitado juntamente com Barcelona, Valência, Sevilha e Leganés. Correa, com quatro golos, é o melhor marcador dos rojiblancos até agora no campeonato.

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:00



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores