Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


_HE21559_HORThumb.jpg

Os blancos ficarão a conhecer o seu adversário dos oitavos-de-final no sorteio da próxima segunda-feira.

Sem Título.png

O Real Madrid não conseguiu um resultado positivo no último jogo da Fase de Grupos da Champions. Os blancos, que terminam na frente do Grupo G, não aproveitaram as oposrtunidades de que dispuseram e sofreram três golos do CSKA de Moscovo. Os homens de Solari começaram por dominar e atacar. Aos 24' surgiu a primeira grande oportunidade. Vinicius Jr., muito activo pela esquerda, deparou-se com Akinfeev após uma grande jogada individual e Asensio rematou à trave, na recarga.
 
A ligação entre Benzema, Vinicius e Asensio rondava o golo. O guarda-redes russo, no entanto, salvou a sua equipa em outros tantos remates do maiorquino. O CSKA complicou o encontro em duas situações isoladas de ataque que puseram o 0-2 no marcador ao intervalo. Chalov abriu a contagem, aos 37', e Schennikov fez o segundo seis minutos depois.
 
Ocasiões de Vinicius Jr.
Solari procurou fazer a equipa reagir e fez entrar Bale por Benzema no reatamento. Tal como na primeira parte, Vinicius voltou a ser o primeiro a tentar o golo mas o seu remate saiu ao lado por pouco (50'). Outra grande iniciativa do brasileiro pelo seu flanco terminou num remate torto de Isco. Entretanto, Kroos entrou em campo para o lugar de Llorente.
 
A falta de sorte levava a melhor sobre o Real Madrid, que jogou com dez durante dez minutos por queixas de Bale num tornozelo. O galês acabou por conseguir terminar a partida e foi Marcelo quem cedeu o lugar a Carvajal. Os minutos passavam e o golo não chegava. Valverde tentou-o de longe. O CSKA fez, porém, o definitivo 0-3 por intermédio de Sigurdsson (73'). Mau resultado, mas o campeão da Europa será cabeça-de-série no sorteio da próxima segunda-feira.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:24

_AV18963_HThumb.jpg

Os tentos de Gila, Miguel, Rodrigo (2) e Pedro (2) asseguram em Roma a liderança aos Juniores A quando falta um jogo.  

Sem Título.png

Com a qualificação nas mãos, os Juniores A tinham como objectivo assegurar a liderança do seu grupo na UEFA YouthLeague fora frente à Roma. E foi o que fizeram. A filial entrou lançada e sentenciou o confronto em apenas 20 minutos com os golos de Gila, Rodrigo e Miguel. No recomeço, de novo Rodrigo, pichichi da equipa, fez o quarto; e Pedro aumentou o resultado com um bis. Assim, os blancos certificaram a sua quinta vitória consecutiva e são a única equipa com pleno de triunfos nesta competição.  

Logo a iniciar o embate, avisou Alberto com um disparo de zona frontal, e logo depois chegaram os golos. Mario Gila inaugurou o marcador após uma falta cobrada por Miguel Baeza, e aos 9’ Rodrigofez o 0-2 culminando na pequena área uma jogada pela direita de Marvin. Antonio procurou o terceiro, mas a bola saiu a roçar o poste; e então a Roma despertou da sua letargia encontrando pela frente um magnífico Altube. A sentença chegou a meio da primeira parte desde o lado esquerdo, com um tento de Miguel em contra-ataque.

Reacção dos locais 
No entanto, a Roma demonstrou ser um digno rival e apesar do resultado desfavorável, continuou a procurar a baliza blanca e a imprimir intensidade ao jogo. Assim apareceu o golo dos locais por intermédio de Riccardi (59’). As ocasiões sucediam-se e Rodrigo e Baeza estiveram isolados frente ao guarda-redes. O brasileiro não perdoou à segunda e fez o 1-4 após uma assistência de AlbertoPedro fechou o resultado com um bis nos descontos. Objectivo cumprido para a filial, que venceu em Roma contundentemente.

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:35

_HE18969_ULTRAThumb.jpg

O campeão da Europa impôs-se no Olímpico graças aos golos de Bale e Lucas Vázquez numa grande segunda parte.

Sem Título.png

O rei da Europa já está nos oitavos-de-final. À falta de uma jornada para que conclua a Fase de Grupos, o Real Madridgarantiu a sua presença como cabeça-de-série no sorteio de 17 de Dezembro. Fê-lo com um sólido triunfo por 0-2 no campo da Roma, seu principal adversário no grupo. Bale Lucas Vázquez marcaram os golos numa excelente segunda parte da equipa de Solari.


Roma e Real Madrid entraram no relvado do Olímpico já apurados na sequência da derrota do CSKA. No entanto, estava em jogo o primeiro lugar e isso notou-se pelo ritmo e intensidade a que se assistiu logo desde início. Sem um dominador claro, as duas equipas chegavam com perigo à área adversária. Modric, após uma bela jogada colectiva, foi o primeiro a pôr Olsen à prova (20'). A Roma, que perdeu El Shaarawy por lesão, respondia com cruzamentos para a área e jogadas de bola parada.

Oportunidades
À passagem da meia hora, os italianos empurraram a equipa de Solari para trás à base de cantos. Uma oportunidade dos anfitriões terminou numa grande defesa de Courtois a remate de Schick e um remate posterior de longa distância de Kolarov saiu ao lado. Kroos e Modric deram a resposta com tiros de fora da área que não acertaram no alvo. Nos descontos da primeira parte, a Roma roubou uma bola em zona perigosa mas Ünder não acertou diante de Courtois.

O MADRID ULTRAPASSOU AS 27 FASES DE GRUPOS QUE DISPUTOU.

Se o primeiro tempo terminou com uma Roma perdulária, o segundo arrancou com o Madrid a aproveitar um erro do adversário. Uma tentativa de passe para trás de Fazio deixou isolado Bale, que controlou a bola e fez o 0-1 (47'). Praticamente sem deixar respirar, Zaniolo quase fez o empate, mas o seu remate foi aliviado por Carvajal. Com o resultado favorável, começaram a aparecer os espaços. Bale, depois de ter ganho as costas à defesa italiana, não marcou no um contra um frente a Olsen (50’).

O golo de Lucas Vázquez
O Madrid estava muito mais à vontade na segunda parte e depressa conseguiu o 0-2. Marcos Llorente roubou a bola e deu início a um contra-ataque que terminou em cruzamento de Bale, assistência de Benzema e golo de Lucas Vázquez (59’). Os blancos eram donos e senhorers do jogo e procuravam dilatar a vantagem no marcador. Marcelo e Benzema estiveram perto, mas encontraram-se com Olsen. Solari distribuiu minutos e fez entrar Mariano, Valverde e Asensio. No final, triunfo por 0-2 e o Real Madrid mantém o seu pleno de Fases de Grupos ultrapassadas.

 

Artigo publicadio no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

horiz3.jpg

O campeão da Europa procura um triunfo que lhe dê a passagem à ronda seguinte como primeiro do grupo (20:00, hora portuguesa).
 
O Real Madrid regressa à Champions League após a goleada sobre o Viktoria Plzen e volta a jogar fora de casa:  desta vez no Olímpico de Roma (20:00, hora portuguesa). Pela frente estará um adersário com o qual se encontra empatado a 9 pontos no topo da classificação do Grupo G.

Em caso de vitória, o campeão da Europa conseguirá o apuramento para os oitavos da Champions League como primeiro de grupo à falta de uma jornada. Com o empate, os blancos passam desde que o CSKA não vença, mas na última jornada lutarão pela vitória no grupo com o clube italiano.

Convocatória
O Madrid dá sempre a volta, por isso é o clube mais vencedor da história”, declarou Solari na conferência de imprensa de antevisão ao encontro. O treinador chamou 20 jogadores, incluindo um do Castilla, Javi Sánchez. Não viajaram para a capital de Itália Nacho, Reguilón, Casemiro, Odriozola, Vallejo e Keylor Navas.

O MADRID FOI A ÚLTIMA EQUIPA A GANHAR NO OLÍMPICO PARA A CHAMPIONS.

Pela frente estará a Roma, que foi semifinalista da passada edição da Champions e que garante a qualificação para os oitavos-de-final com um empate diante do Real Madrid ou se o CSKA não vencer, em casa, o Viktoria Plzen. Dzeko é a sua principal referência ofensiva. Marcou cinco tentos e é o melhor marcador da prova, em igualdade com Messi.

Oito jogos sem perder em casa para a Champions
A Roma não conhece a derrota no Olímpico para a Taça dos Campeões Europeus desde Fevereiro de 2016. Foi precisamente o Real Madrid a última equipa a ganhar-lhe em casa (0-2). Desde então, leva uma série de oito jogos sem perder, dos quais ganhou sete. CSKA (3-0), Viktoria Plzen (5-0), Liverpool (4-2), Barcelona (3-0), Shakhtar Donetsk (1-0), Qarabag (1-0) e Chelsea (3-0) foram as suas vítimas. 

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:16



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores