Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Golos com História: Hugo Sánchez

por Pedro Silva, em 02.11.18

HUGO-SANCHEZ-007Thumb.jpg 

Na temporada 1988/89 o avançado mexicano marcou ao Valladolid com um pontapé de moinho.
 
Esta semana em Golos com História, o nosso protagonista é Hugo Sánchez. O ponta-de-lança chegou ao Real Madrid no Verão de 1985 depois de se ter notabilizado como rematador no Atlético de Madrid. Goleador que tentava sempre finalizar ao primeiro toque, conquistou um dos seus quatro troféus pichichi enquanto madridista graças a um total de 38 golos. Além disso, será sempre lembrado pelos seus remates acrobáticos, como os pontapés de bibicleta ou de moinho.

Na jornada 26 do campeonato, o Real Madrid recebeu no Santiago Bernabéu o Valladolid. Com 0-0, o avançado mexicano abriu o marcador com um remate de moinho. Gordillo fez um cruzamento para a área e Hugo Sánchez efectuou uma acrobacia que significou o primeiro golo do encontro.
 
Hugo Sánchez jogou 282 partidas oficiais pelo Real Madrid e marcou 208 tentos. Os seus golos ajudaram a equipa a conquistar 1 Taça UEFA, 5 Ligas, 1 Taça do Rei e 3 Supertaças de Espanha. A juntar a isso, no plano individual, como madridista conseguiu quatro Troféus Pichichi e uma Bota de Ouro.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46

Golos com História: Ronaldo

por Pedro Silva, em 15.01.18

web_ALEGRIA-GOL-RONALDO-1Thumb.jpg 

Na temporada 2003/04, o brasileiro marcou na vitória frente ao Villarreal no Santiago Bernabéu.
 
Esta semana em Golos com História a figura destacada é Ronaldo Nazário. Chegou ao Real Madrid oriundo do Inter de Milão, no Verão de 2002, após conquistar o Mundial da Coreia do Sul e Japão pela selecção brasileira. Na equipa merengue demonstrou a sua capacidade goleadora e a facilidade em driblar com base na potência e na velocidade.
 
Na jornada 21 da campanha 2003/04, o Real Madrid impôs- 2-1 ao Villarreal, graças aos tentos de Solari e Ronaldo. No golo do avançado, a jogada teve início na sequência de uma recuperação do médio argentino na saída de bola do Villarreal. Na zona frontal da área, Guti fez um passe megistral para o remate imparável de Ronaldo, que bateu o guarda-redes com um tiro de pé esquerdo de fora da área. O brasileiro conquistou nessa temporada o Trofeo Pichichi, por ter sido o melhor marcador, com 24 golos na Liga.

Ronaldo jogou cinco épocas no Real Madrid, durante as quais marcou 104 golos em 177 jogos. No seu palmarés no clube blanco existe uma Taça Intercontinental, duas Ligas e uma Supertaça de Espanha.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

891701920_horizontalThumb.jpg 

Já facturou na Supertaça de Espanha, Champions, Liga e Mundial de Clubes.
 
Graças ao seu tento ao Al Jazira, Cristiano Ronaldo é o primeiro madridista a marcar em quatro competições nesta temporada. O português estreou a sua contabilidade goleadora na Supertaça de Espanha, com um grande golo na vitória no Camp Nou. A sua conta continuou a aumentar na Champions, onde se tornou o primeiro jogador a marcar em todas as jornadas da Fase de Grupos. Além disso, lidera a lista de marcadores desta edição da principal competição europeia com 9 remates certeiros.

Na Liga, o seu primeiro tento surgiu em Getafe e os três seguintes no Santiago Bernabéu (um ao Málaga e dois ao Sevilha). Em Abu Dabi voltou a marcar no Mundial de Clubes e já é o maior goleador histórico do torneio. Atrás de Cristiano, cinco madridistas dividem os seus golos nesta época entre três diferentes competições: Asensio, Mayoral, Benzema, Bale e Lucas Vázquez.

Golos a 61 adversários
O Al Jazira tornou-se a equipa 61 a que Cristiano marca como madridista em jogos oficiais. Esta lista foi iniciada com o Deportivo da Corunha no dia da sua estreia oficial. Desde então, os adversários contra os que conseguiu marcar mais vezes são o Sevilha (27), Atlético de Madrid (21) e Getafe (21). No sábado, na final do Mundial de Clubes frente ao Grémio, terá a oportunidade de aumentar esta relação.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

_1AM_6532_HThumb.jpg 

Marcou 4 tentos nas suas duas participações pelo conjunto blanco nesta competição.
 
No passado Mundial de Clubes de 2016, que o Real Madrid ganhou no Japão, Cristiano Ronaldo tornou-se o melhor marcador madridista nesta competição. Os seus quatro tentos (um na meia-final ao Club América e o hat-trick na final contra o Kashima Antlers) serviram-lhe para ser eleito Bola de Ouro do torneio e MVP da final. 
 
Além dos quatro golos pelo Real Madrid no Mundial de Clubes, o
Bola de Ouro 2017 também fez um remate certeiro em 2008 pelo Manchester United neste torneio. 

5 vezes campeão
O Real Madrid foi campeão mundial por cinco vezes: três na Taça Intercontinental e duas no Mundial de Clubes. Entre ambas as competições, a lista completa de goleadores do conjunto blanco é formada por Raúl e Anelka (3), Puskas (2), Di Stéfano, Gento, Herrera, Savio, Hierro, Geremi, Morientes, Roberto Carlos, Ronaldo e Guti (1).
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:00



Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18