Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


hor2.jpg 

'Hat-trick' de Isco no triunfo da Espanha sobre a Argentina (6-1) e bis de Borja Mayoral na vitória da selecção espanhola de sub-21 frente à Estónia. 
 
Isco foi o grande protagonista no claro triunfo da Espanha sobre a Argentina (6-1). O médio dos blancos assinou um hat-trick num encontro em que Asensio deu duas assistências e Carvajal e Ramos também foram titulares. Por seu lado  Borja Mayoralrubricou um bis pela selecção espanhola de sub-21 ao marcar por duas vezes à Estónia (3-1). Keylor Navas disputou todo o jogo pela Costa Rica; Marcelo e Casemiro participaram na vitória do Brasil sobre a Alemanha de Kroos e Achraf jogou 90 minutos por Marrocos. 

China-Gales (0-6)
Gales-Uruguai (0-1)
Gareth Bale fez um hat-trick contra a China (0-6) no primeiro jogo às ordens de Ryan Giggs e tornou-se no maior goleador da história do País de Gales. Na final da China Cup, que terminou com vitória do Uruguai pela diferença mínima, disputou todo o jogo. 

Portugal-Egipto (2-1)
Portugal-Holanda (0-3)
Cristiano Ronaldo, que foi titular, jogou 68 minutos na derrota de Portugal com a Holanda. Anteriormente, o madridista disputou a totalidade do encontro e foi decisivo na vitória da sua selecção sobre o Egipto na sexta-feira passada, quando bisou, aos 92' e 95', dando continuidade ao seu excelente momento de forma. 

Rússia-Brasil (0-3)
Alemanha-Brasil (0-1)
A canarinha, de Marcelo e Casemiro venceu a Alemanha no Olímpico de Berlim, tal como fizera dias antes frente à Rússia no estádio Luzhniki de Moscovo, em dois encontros em que os madridistas disputaram os 90 minutos.

Alemanha-Espanha (1-1)
Espanha-Argentina (6-1)
Protagonismo blanco na espectacular vitória da Espanha sobre a Argentina. Isco, que fez um 'hat-trick', Carvajal, Ramos e Asensio foram titulares, enquanto Lucas Vázquez jogou no último quarto de hora. No primeiro dos dois amigáveis, Ramos fez o seu jogo 150 pela Espanha e Carvajal, Isco, Lucas Vázquez, Nacho e Asensioparticiparam no empate com a Alemanha no Esprit Arena de Düsseldorf. 

França-Colômbia (2-3)
Rússia-França (1-3)
A França, com Varane nas suas fileiras, perdeu frente à Colômbia em Saint Denis. O central não participou no encontro com a Rússia. 

Alemanha-Espanha (1-1)
Alemanha-Brasil (0-1)
Toni Kroos disputou todo o encontro disputado no Olímpico de Berlim entre a Alemanha e o Brasil, como já fizeram no empate em casa com a Espanha, no primeiro amigável da sua selecção.

Escócia-Costa Rica (0-1)
Tunísia-Costa Rica (1-0)
Keylor Navas voltou a ser titular no encontro que a Costa Rica disputou contra a Tunísia em Nice.

Sérvia-Marrocos (1-2)
Marrocos-Usbequistão (2-0)
Achraf, que não participou na vitória de sua selecção frente à Sérvia em Turim (1-2) no primeiro amigável, disputou os 90 minutos por Marrocos no triunfo sobre o Usbequistão, num duelo que teve lugar no estádio Mohamed V de Casablanca. 
 
Peru-Croácia (2-0)
México-Croácia (quarta-feira 28, 02:30 hora portuguesa)
Modric foi titular e jogou os 90 minutos no primeiro encontro, em que a selecção croata foi derrotada pelo Peru, enquanto Kovacic, entrou na segunda parte e jogou 34 minutos. O segundo jogo será contra o México, em Dallas, e não contará com Modric, dispensado depois do jogo com o Peru.

Irlanda do Norte sub-21-Espanha sub-21 (3-5)
Espanha sub-21-Estónia sub-21 (3-1)
Borja Mayoral voltou a ser decisivo, desta vez ao marcar dois golos no triunfo sobre a Estónia. Ceballos e Vallejo  capitão, também disputaram os 90 minutos. O avançado blanco já tinha sido protagonista diante da Irlanda do Norte, com três tentos.

França sub-20-EUA sub-20 (2-0)
França sub-20-EUA sub-20 (0-1)
Luca Zidane foi titular no segundo encontro que disputou a selecção de França de sub-20 frente aos Estados Unidos sub-20, no qual os gauleses caíram pela diferença mínima. Os dois jogos foram disputados no Pinatar Arena Football Center, em San Pedro del Pinatar (Múrcia).
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:33

GettyImages-936966126_H1Thumb,0.jpg

Bale, Mayoral e Cristiano Ronaldo marcaram nos primeiros jogos das respectivas selecções.
 
De momento, três madridistas já marcaram nesta paragem para selecções: Bale fez um hat-trick por Gales no seu primeiro encontro na China Cup, Borja Mayoral marcou outro pelos sub-21 da Espanha à Irlanda do Norte, enquanto CristianoRonaldo obteve um bis decisivo na vitória de Portugal sobre o Egipto. A Croácia dispensou Modric do amigável frente ao México, em Dallas, depois de o médio ter disputado os 90 minutos no confronto com o Peru.

Portugal-Egipto (2-1)
Portugal-Holanda (segunda-feira 26; 19:30 hora portuguesa)
Cristiano Ronaldo disputou todo o jogo e foi peça chave na vitória de Portugal contra o Egipto em Zurique. O avançado do Real Madrid fez um bis, marcando aos 92' e aos 95' para dar continuidade ao excelente momento de forma que atravessa. O segundo amigável da equipa lusa será em Genebra contra a Holanda. 

Rússia-Brasil (0-3)
Alemanha-Brasil (terça-feira 27; 19:45 hora portuguesa)
A canarinha, de Marcelo e Casemiro venceu a Rússia no estádio Luzhniki, de Moscovo, num encontro que os madridistas disputaram os 90 minutos. O segundo confronto será contra a Alemanha no Olímpico de Berlim.

Alemanha-Espanha (1-1)
Espanha-Argentina (terça-feira 27, 20:30 hora portuguesa)
Sergio Ramos, que disputou o seu jogo número 150 com a Espanha, Carvajal, Isco, Lucas Vázquez , Nacho e Asensio participaram no empate frente à Alemanha no Esprit Arena de Düsseldorf. Os três primeiros jogaram de início enquanto que os seus companheiros de equipa e o segundo em casa, no Wanda Metropolitano.

Escócia-Costa Rica (0-1)
Tunísia-Costa Rica (terça-feira 27; 19:00 hora portuguesa)
Keylor Navas jogou todo o encontro na vitória da Costa Rica frente à Escócia em Glasgow. O guarda-redes consegue acima de tudo manter a baliza inviolável. O último amigável será em Nice, frente à Tunísia.

Alemanha-Espanha (1-1)
Alemanha-Brasil (terça-feira 27; 19:45 hora portuguesa)
Toni Kroos disputou todo o encontro no empate em casa contra a Espanha. O segundo amigável do conjunto alemão será contra o Brasil no Olímpico de Berlim.

Sérvia-Marrocos (1-2)
Marrocos-Usbequistão (terça-feira 27; 20:00 hora portuguesa)
Achraf não participou na vitória de sua selecção frente à Sérvis em Turim (1-2). O segundo encontro será contra o Usbequistão no estádio Mohamed V de Casablanca. 

França-Colômbia (2-3)
Rússia-França (terça-feira 27; 16:50 hora portuguesa)
A França, com Varane nas suas fileiras, perdeufrente à Colômbia em Saint Denus. Na terça-feira vai visitar a Rússia.

China-Gales (0-6)
Gales-Uruguai (segunda-feira 26; 11:35 horas portuguesas)
Gareth Bale fez um hat-trick contra a China (0-6) no primeiro jogo às ordens de Ryan Giggs e tornou-se no maior goleador da história do País de Gales. No próximo desafio, os galeses medirão forças com o Uruguai na final da China Cup, a decorrer em Nanning.

Peru-Croácia (2-0)
México-Croácia (quarta-feira 28, 02:30 hora portuguesa)
Modric foi titular e jogou os 90 minutos no primeiro encontro, em que a selecção croata foi derrotada pelo Peru, enquanto Kovacic, entrou na segunda parte e jogou 34 minutos. O segundo jogo será contra o México, em Dallas, e não contará com Modric, dispensado depois do jogo com o Peru.

Irlanda do Norte sub-21-Espanha sub-21 (3-5)
Espanha sub-21-Estónia sub-21 (terça-feira 27, 18:30 hora portuguesa)
Mayoral foi o grande protagonista da vitória da Espanha sub-21 contra a Irlanda do Norte com três tentos. Ceballos também se destacou enquanto que Vallejo não jogou. O segundo jogo será contra a Estónia.  

França sub-20-EUA sub-20 (2-0)
França sub-20-EUA sub-20 (0-1)
Luca Zidane foi titular no segundo encontro que disputou a selecção de França de sub-20 frente aos Estados Unidos sub-20, no qual os gauleses caíram pela diferença mínima. Os dois jogos foram disputados no Pinatar Arena Football Center, em San Pedro del Pinatar (Múrcia).
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:44

_2RM1164.jpg

Mayoral e Bale, com um Hat-trick cada, foram decisivos nas vitórias da Espanha sub-21 e Gales, respectivamente.
 
Vinte jogadores do Real Madrid foram convocados pelas suas selecções nacionais. Bale foi o primeiro a jogar e assinou um hat-trick com Gales na China Cup. Borja Mayoral seguiu o exemplo é fez três golos com a selecção sub-21, onde também jogou Ceballos. Sergio Ramos, Nacho, Isco, Asensio, Lucas Vázquez, Carvajal, Varane, Kroos, Casemiro, Marcelo, Modric, Kovacic, Keylor Navas, Cristiano Ronaldo, Achraf e Luca também disputam amigáveis. 

China-Gales (0-6)
Gales-República Checa ou Uruguai (segunda-feira 26; 11:35 horas portuguesas)
Gareth Bale fez um hat-trick no primeiro jogo às ordens de Ryan Giggs e tornou-se no maior goleador da história do País de Gales, na vitória sobre a China, por 0-6. No próximo desafio, os galeses medirão forças com o Uruguai ou a República Checa na final da China Cup, a decorrer em Nanning.
 
Rússia-Brasil (sexta-feira 23; 16:00 hora portuguesa)
Alemanha-Brasil (terça-feira 27; 19:45 hora portuguesa)
A canarinha, que conta com Marcelo e Casemiro na convocatória, disputará dois amigáveis fora de casa. O primeiro será contra a Rússia no estádio Luzhniki, de Moscovo, e o segundo contra a Alemanha no Olímpico de Berlim.

Alemanha-Espanha (sexta-feira 23, 19:45 hora portuguesa)
Espanha-Argentina (tercaterça- 27, 20:30 hora portuguesa)
Sergio Ramos, Lucas Vázquez, Nacho, Isco, Asensio e Carvajal jogam, pela Espanha, dois amigáveis diante de Alemanha e Argentina. O primeiro será fora, no Esprit Arena de Düsseldorf, e o segundo em casa, no Wanda Metropolitano.

Portugal-Egipto (sexta-feira 23; 19:45 hora portuguesa)
Portugal-Holanda (segunda-feira 26; 19:30 hora portuguesa)
Cristiano Ronaldo liderará Portugal nos dois amigáveis que vai disputar na Suíça. O primeiro em Zurique, contra o Egipto e o segundo em Genebra contra a Holanda.

Alemanha-Espanha (sexta-feira 23; 19:45 hora portuguesa)
Alemanha-Brasil (terça-feira 27; 19:45 hora portuguesa)
O conjunto alemão, com Toni Kroos, jogará perante os seus adeptos contra equipas que foram campeãs mundiais. O primeiro adversário é a Espanha, no Esprit Arena de Düsseldorf, e o segundo o Brasil no Olímpico de Berlim.

Escócia-Costa Rica (sexta-feira 23; 19:45 hora portuguesa)
Tunísia-Costa Rica (terça-feira 27; 19:00 hora portuguesa)
Keylor Navas será o líder da Costa Rica nos dois amigáveis fora de casa. O guardião do Real Madrid não sairá da Europa, já que o primeiro será disputado em Glasgow, contra a Escócia, e o último em Nice, frente à Tunísia.

Sérvia-Marrocos (sexta-feira 23; 19:30 hora portuguesa)
Marrocos-Usbequistão (terça-feira 27; 20:00 hora portuguesa)
Achraf foi convocado para os dois amigáveis que Marrocos vai jogar para preparar o Mundial da Rússia. Ambos serão jogados naquele país africano. No primeiro, recebem a visita da Sérvia e no segundo a do Usbequistão.

França-Colômbia (sexta-feira 23; 20:00 hora portuguesa)
Rússia-França (terça-feira 27; 16:50 hora portuguesa)
A França, com Varane nas suas fileiras, jogará um amigável em casa e outro fora. O primeiro será em Saint Denis contra a Colômbia e no segundo visitará a Rússia.

Peru-Croácia (sábado 24, 00:00 hora portuguesa)
México-Croácia (quarta-feira 28, 02:30 hora portuguesa)
A Croácia, com Modric e Kovacic, disputa dois amigáveis depois de ter garantido a presença no próximo Mundial. Os dois encontros terão lugar nos Estados Unidos. O primeiro, contra o Peru, será em Miami, o segundo em Dallas, contra o México.

Irlanda do Norte sub-21-Espanha sub-21 (3-5)
Espanha sub-21-Estónia sub-21 (terça-feira 27, 18:30 hora portuguesa)
Mayoral foi o grande protagonista da vitória da Espanha sub-21 contra a Itlanda do Norte com três tentos. Ceballos também se destacou enquanto quanto ue Mayoral disputam pelos sub-21 da Espanha dois jogos de apuramento para o Europeu de 2019. Os homens de Celades defrontam a Irlanda do Norte no Windsor Park de Belfast e cinco dias depois a Estónia no estádio El Toralín de Ponferrada.

França sub-20-EUA sub-20 (2-0)
França sub-20-EUA sub-20 (sexta-feira 23, 17:00 hora portuguesa)
Luca Zidane não participou no primeiro dos dois encontros da selecção de França de sub-20 frente aos Estados Unidos. O próximo jogo será também disputado no Pinatar Arena Football Center, em San Pedro del Pinatar (Múrcia).
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:28

Voltar a ser o Real Madrid CF

por Pedro Silva, em 10.02.18

thumbs.web.sapo.io.jpg 

imagem retirada de SAPO DESPORTO

 

Jogo caseiro que se fez tranquilo diante de uma das equipas mais fracas da actual temporada de LaLiga. Esta equipa da Real Sociedad parece uma sombra daquela equipa “guerreira” que nas temporadas anteriores dava sempre muito que fazer à equipa «merengue». Especialmente quando tinha de medir forças com o Real Madrid CF em pleno Estádio Santiago Bernabéu.

 

Olhando para o resultado final de 5 a 2 a favor da equipa «blanca» tudo nos parece normal. O problema é que esta época a equipa «madridista» está a ter um desempenho que se poderá apelidar de tudo menos de normal, daí que se fique algo impressionado com o resultado final do jogo de hoje- Especialmente se tivermos em conta a forma tranquila e quase que perfeita como os atletas do Real Madrid souberam impor o seu futebol diante de uma equipa basca que está a lutar com todas as forças para evitar a despromoção.

 

Hoje muito mais importante do que vencer era a equipa de Zidane conseguir mostrar que estabilizou emocionalmente. E em certa medida até que se pode dizer que o conseguiu. Especialmente num meio campo muito bem liderado por Modric e Kroos e num ataque onde Cristiano Ronaldo voltou a encontrar-se com os golos. Na próxima quarta-feira o Bernabéu vai viver aquilo que se pode apelidar de “jogo de toda uma época” diante de um arrogante PSG que está cinicamente convencido de que vai “trucidar” o actual bicampeão europeu e bicampeão do mundo, pelo que a vitória de hoje (especialmente a forma como foi obtida) é uma espécie de “lufada de ar fresco” que vai ajudar a derrotar a “manta de retalhos bordada a ouro” de Paris.

 

Mas nem tudo é de se louvar.

 

Cristiano Ronaldo como avançado não é - nem nunca foi - uma aposta séria da parte de «Zizou». O internacional português está muito mais à vontade quando joga numa das faixas do ataque «madridista». Este era jogo para dar confiança a um jovem avançado de nome Borja Mayoral, mas Zidane deixou-se levar pela estapafúrdia pressão da «afición» quando poderia ter aproveitado esta “frágil” Real Sociedad para gerir o seu plantel. Se acrescentarmos a isto o facto de Benzema continuar (ainda) na “mó de baixo” no que à confiança/desempenho diz respeito, facilmente se percebe porque critico esta teimosa gestão de Zidane.

 

Pela negativa destaco também a forma ridícula como se sofreram dois golos. Dois autênticos “buracos” defensivos na área do Real Madrid CF. Especialmente no primeiro da equipa visitante… Por acaso aquando de tal já a goelada «merengue» já era uma realidade, mas estivesse a partida num 2 a 0 a favor da equipa da casa e de certeza que os “nervos” viriam novamente ao de cima e não sei até que ponto não estaria aqui a dissecar um mau resultado diante de, repito, uma das mais fracas equipas da actual temporada do campeonato espanhol.

 

MVP (Most Valuable Player): Cristiano Ronaldo. Quem marca 3 golos estando forma da sua posição habitual merece ser, inequivocamente, considerado o MVP da partida. Mais uma vez o internacional português deu tudo o que tinha e não tinha em campo pelo Real Madrid CF. Que este grande CR7 tenha vindo para ficar por forma a ajudar Zidane & companhia a “calar de vez” toda uma «prensa» que vive à custa da polémica e da mentira constante.

 

Chave do Jogo: Apesar do resultado volumoso a favor do Real Madrid não creio que nesta partida tenha existido um lance que tivesse resolvido a contenda em definitivo a favor da equipa «blanca». Os dois golos marcados pela equipa basca na segunda parte justificam esta minha forma de ver a questão.

 

Arbitragem: Jogo tranquilo com uma arbitragem, também ela, tranquila. O árbitro internacional espanhol Hernández Hernández e a sua equipa não tiveram dificuldades em apitar um jogo tranquilo. Arbitragem sem polémicas. O esperado de uma equipa de arbitragem deste calibre.

 

Positivo: Dupla Modric/Kroos. Se hoje a equipa «madridista» voltou a ser a equipa «madridista» foi muito por culpa dos seus dois “maestros”. Tanto o internacional croata como o internacional alemão estiveram excelentes a pautar todo o jogo defensivo/ ofensivo do Real Madrid CF.

 

Negativo: Golos estupidamente sofridos. É normal que todas as equipas (independentemente do seu valor) tenham momentos de desconcentração defensiva. Já golos estupidamente sofridos como os de hoje não são, de todo, aceitáveis. Especialmente da parte da linha defensiva do Real Madrid CF.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44



Tricampeões!!!


Agenda do Real Madrid


Calendário

Junho 2018

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (21/06/2018)


as (21/06/2018)


Publicidade



Espectadores


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.