Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O grande momento de Odriozola

por Pedro Silva, em 19.11.18

_1RM8813Thumb.jpg

O lateral foi titular nas últimas quatro vitórias, tendo-se estreado como goleador e assistente.
 
Quatro vitórias consecutivas encadeou o Real Madrid antes da paragem para os compromissos das selecções. Quatro triunfos nos quais se verifica a assiduidade de: Álvaro Odriozola. O lateral, que chegou no Verão ao clube merengue, está a viver o seu melhor momento. Consolidou-se no sistema de jogo dos blancos, cumprindo a preceito as tarefas defensivas e integrando-se com facilidade no ataque. Agarrou quatro vezes a titularidade e estreou-se como goleador e assistente.

Nesta série de resultados, Odriozola integrou o onze inicial em três diferentes ocasiões: na Taça do Rei disputou os 90 minutos frente ao Melilla; na Liga actuou nas vitórias sobre o Valladolid e o Celta; e na Champions League foi titular na goleada fora de casa ante o Viktoria Plzen. Aliás, em Melilla marcou o seu primeiro golo ao serviço do Real Madrid e viu serem aproveitadas por Benzema e Cristo as duas assistências para golo.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:33

Odriozola, novo jogador do Real Madrid

por Pedro Silva, em 17.07.18

_2RM4118Thumb.jpg 

Lateral direito de 22 anos e internacional absoluto com a Espanha, fez parte da selecção no Mundial da Rússia e foi incluído por uefa.com na equipa revelação da Liga 16/17.
 
Álvaro Odriozola (San Sebastián, 14/12/1995) já é o novo jogador do Real Madrid. O campeão europeu reforça-se com um dos defesas com maior projecção do futebol continental. Lateral direito que faz todo o corredor, fez parte da selecção espanhola no Mundial da Rússia, e destaca-se pela sua velocidade e capacidade de finta. Na temporada 2017/18, Odriozola disputou 35 encontros da Liga com a Real Sociedad, nos quais contribuiu com 4 assistências e foi o que mais centros para a área fez da sua equipa   Também fez a estreia nas competições europeias, disputando 6 jogos da Europa League e estreando-se a marcar frente ao Salzburgo.

Formado na cantera do clube donostiarra, estreou-se na filial em 2013/14, temporada onde também jogou a UEFA Youth League com os Júniores. O ponto de inflexão da sua carreira aconteceu em Janeiro de 2017, quando se estreou pela equipa principal. Desde então, a sua ascensão foi imparável, tornando-se peça chave da Real que terminou a Liga 2016/17 na sexta posição. Nessa campanha disputou 16 jogos com a equipa principal (15 da Liga e 1 da Taça) e foi incluído na equipa revelação da Liga elaborado por uefa.com.

Estreia pela Espanha 
Tal como na Real Sociedad, a sua integração na selecção também foi meteórica. Em Março de 2017 estreou-se com a sub-21 num jogo frente à Dinamarca no qual fez duas assistências. E em Outubro do mesmo ano estreou-se pela selecção absoluta com outro passe para golo contra a Albânia. Foi Lopetegui quem deu a indicação e também quem o incluiu na convocatória para o Mundial da Rússia. Num dos jogos de preparação para este torneio marcou o seu primeiro golo com a selecção, num espectacular vólei de zona frontal da área à Suíça.
 
Trajectória:
-Real Sociedad B (2013-2017)
-Real Sociedad (2017-2018)
-Real Madrid (2018- )
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:12

Assim joga Odriozola

por Pedro Silva, em 06.07.18

ODRIOZOLA_ULTRA_01-967017126.jpg 

Lateral direito de 22 anos e internacional absoluto com a Espanha, fez parte da selecção no Mundial da Rússia e foi incluído por uefa.com na equipa revelação da Liga 16/17.

 

Álvaro Odriozola (San Sebastián, 14/12/1995) já é o novo jogador do Real Madrid. O campeão europeu reforça-se com um dos defesas com maior projecção do futebol continental. Lateral direito que faz todo o corredor, fez parte da selecção espanhola no Mundial da Rússia, e destaca-se pela sua velocidade e capacidade de finta. Na temporada 2017/18, Odriozola disputou 35 encontros da Liga com a Real Sociedad, nos quais contribuiu com 4 assistências e foi o que mais centros para a área fez da sua equipa   Também fez a estreia nas competições europeias, disputando 6 jogos da Europa League e estreando-se a marcar frente ao Salzburgo.

Formado na cantera do clube donostiarra, estreou-se na filial em 2013/14, temporada onde também jogou a UEFA Youth League com os Júniores. O ponto de inflexão da sua carreira aconteceu em Janeiro de 2017, quando se estreou pela equipa principal. Desde então, a sua ascensão foi imparável, tornando-se peça chave da Real que terminou a Liga 2016/17 na sexta posição. Nessa campanha disputou 16 jogos com a equipa principal (15 da Liga e 1 da Taça) e foi incluído na equipa revelação da Liga elaborado por uefa.com.

Estreia pela Espanha 
Tal como na Real Sociedad, a sua integração na selecção também foi meteórica. Em Março de 2017 estreou-se com a sub-21 num jogo frente à Dinamarca no qual fez duas assistências. E em Outubro do mesmo ano estreou-se pela selecção absoluta com outro passe para golo contra a Albânia. Foi Lopetegui quem deu a indicação e também quem o incluiu na convocatória para o Mundial da Rússia. Num dos jogos de preparação para este torneio marcou o seu primeiro golo com a selecção, num espectacular vólei de zona frontal da área à Suíça.
 
Trajectória:
-Real Sociedad B (2013-2017)
-Real Sociedad (2017-2018)
-Real Madrid (2018- )

 

Artigo publicadio no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:52

image.jpg 

Marcelo foi o porta-voz da desilusão "merengue" após o empate no reduto do Celta de Vigo.

 

O Real Madrid voltou a escorregar na Liga espanhola, ao empatar a duas bolas no terreno do Celta de Vigo, e encontra-se num pouco habitual quarto lugar, a 16 pontos do líder e rival Barcelona. Com a revalidação do título a não passar de uma miragem, a desilusão é o sentimento dominante no balneário "merengue", como evidenciou Marcelo, após o apito final da partida de domingo.

 

"Estamos tristes, vamos tentar trabalhar para sair desta posição, que não nos agrada nada. Quantos mais jogos empatarmos ou perdermos, maior é a pressão. É uma das piores situações que vivi, estar com tantos pontos de atraso para o líder. Há que lutar. Estamos a tentar dar o nosso melhor, a tentar jogar bem, fazer golos, mas as coisas não nos saem. Não há volta a dar, temos que dar a cara e correr", atirou o lateral-esquerdo brasileiro.

 

in OJOGO

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds