Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


_3RM8012Thumb.jpg 

O madridista, eleito melhor guardião do Mundial, está nomeado para o prémio a atribuir dia 24 de Setembro.
 
Thibaut Courtois é um dos candidatos ao Prémio The Best, destinado ao melhor guarda-redes para a FIFA em 2018. O guardião madridista ambiciona, juntamente com Hugo Lloris e Kasper Schmeichel, arrebatar este galardão, cujo vencedor será anunciado a 24 de Setembro, na gala que terá lugar em Londres.

Courtois aspira a este novo reconhecimento, depois de receber a Luva de Ouro do recente Mundial da Rússia. Um júri composto por lendas da FIFA irá votar em função daquilo que os três candidatos produziram desde 3 de Julho de 2017 a 15 de Julho de 2018.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:53

MODRIC_3AM0638_H1.jpg 

O vencedor será conhecido a 24 de Setembro em Londres.
 
Modric, Cristiano Ronaldo e Salah são os três finalistas que ambicionam conquistar o Prémio The Best, destinado ao Melhor Jogador da FIFA, em 2018. O vencedor será conhecido no próximo dia 24 de Setembro, numa gala que terá lugar em Londres.

Este galardão distingue o melhor jogador no período compreendido entre 3 de Julho de 2017 e 15 de Julho de 2018. O vencedor será eleito através de uma votação em que participam jornalistas especializados, adeptos e os treinadores e capitães das selecções nacionais.

Modric realizou uma temporada espectacular, tendo ganho a Décima Terceira pelo Real Madrid e terminado como vice-campeão, ao serviço da Croácia, o Mundial da Rússia, competição em que, recorde-se, conquistou a Bola de Ouro destinada ao melhor jogador da prova. O médio também ganhou o Mundial de Clubes e as Supertaças da Europa e de Espanha. Recentemente foi contemplado com o prémio de Jogador do Ano da UEFA.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:48

ramos_HE28465Thumb.jpg 

“Há que levantar a cabeça, nada está perdido”, comentou Nacho.
 

No final do encontro entre Real Madrid e Tottenham, Sergio Ramos analisou o marcador de Wembley: "O resultado é um pouco enganador, mas não quero tirar mériro ao Tottenham. Fez um grande jogo, tem uma grande equipa, um grande estádio e adeptos que empurram. Beneficiámos do empate do Borussia Dortmund e continuamos na luta. Gostaríamos de ter saído daqui com outro resultado e de ter lutado pelo primeiro lugar no grupo. Fizeram-se algumas coisas boas mas o resultado esconde-as”.
 
“Entendemos o pessimismo que se pode gerar entre os nossos adeptos depois dos últimos resultados, mas o Madrid dá sempre a volta e mesmo que já o dêem por morto o tempo vai encarregar-se de pôr tudo no sítio. Da experiência que tenho no Real Madrid, quando se perde um par de jogos já se fala de crise. Há que manter a calma e estar unidos. Estamos vivos na nossa competição preferida, que é a Champions. Devemos ter calma, continuar unidos e convencidos de que o Real Madrid rapidamente vai dar a volta”.
 
Nacho: “Foi um jogo complicado"
“É um mau resultado. Foi um jogo complicado porque eles foram muito eficazes na frente e na segunda parte, quando estávamos melhor, a atacar e a criar ocasiões, meteram-nos o segundo golo. Estávamos mais expostos na defesa e o segundo golo afectou-nos”.
 
“Não se pode atirar nada à cara da equipa. Sofrer três golos não é fácil para ninguém, menos ainda para os defesas, mas a atitude de todos os jogadores foi boa”.
 
Resultados
“Há que trabalhar, isto é futebol e jogámos contra uma grande equipa como é o Tottenham, que hoje o demonstrou. Agora, há que levantar a cabeça, nada está perdido. Somos o Real Madrid, temos um bom plantel e com trabalho os bons resultados surgirão”.

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:00

_N0Y7561_horizontalThumb.jpg 

Cristiano Ronaldo marcou o golo dos blancos, que dependem de si para se apurarem para os oitavos.

 

O Real Madrid perdeu com o Tottenham na sua estreia em Wembley mas continua a depender de si para se apurar para os oitavos-de-final da Champions League. São cinco os pontos de vantagem que tem sobre Borussia Dortmund e APOEL, os quais irá defrontar nas duas jornadas que faltam da Fase de Grupos.

Apoiado no alento dado pelos seus adeptos, o Tottenham entrou forte desde o começo. Com uma linha defensiva muito subida, o encontro jogava-se a um ritmo alucinante em apenas 30 metros e Kane deixou o primeiro aviso, com um chapéu que Casilla defendeu, aos 11'. Antes de se chegar à meia hora, o conjunto inglês adiantou-se. Tippier cruzou da direita e Delle Alli marcou um golo que não deveria ter subido ao marcador, já que Tipper estava em fora-de-jogo quando lhe foi passada a bola.

Reacção dos visitantes
O tento provocou a reacção do campeão da Europa, que criou três ocasiões para empatar. Casemiro teve a primeira, aos 29', com um remate que Lloris evitou que se tornasse no 1-1. Três minutos depois, foi Cristiano Ronaldo quem tentou, tendo inventado uma bicicleta frente a dois defesas e, depois, um remate que o guardião francês desviou para canto. E, de seguida, foi novamente o português quem disparou após um passe atrasado de Achraf, mas Lloris agarrou a bola.

O REAL MADRID ESTÁ NUMA SÉRIE DE 39 JOGOS A MARCAR FORA DE CASA NA CHAMPIONS.

A primeira parte não terminou aí. Ambas as equipas tiveram mais oportunidades para fazer funcionar o marcador. Harry Kane teve a primeira aos 40' mas Ramos evitou o golo nesse remate do avançado diante de Casilla. O Madrid respondeu passados três minutos, através de um remate de Benzema da zona frontal, que Lloris defendeu. A segunda metade começou de forma muito diferente da primeira. O Real Madrid jogava mais perto da área adversária e chegava à baliza do Tottenham com assiduidade, mas numa jogada de má sorte os ingleses ampliaram a vantagem, aos 56'. Delle Alli disparou e a bola desviou em Ramos o suficiente para enganar Casilla e batê-lo.

Cristiano Ronaldo marcou
O Real Madrid não se renderia e Ramos teve uma dupla oportunidade. Dier, em cima da linha de golo, evitou que o remate, após a marcação de um canto, significasse o 2-1 e, após o corte, o seu remate à boca da baliza bateu em Cristiano Ronaldo, na pequena área. Dose dupla de má sorte para uma equipa que sofreu o 3-0 num contra-ataque finalizado por Eriksen aos 65'. Apesar disso, os blancos continuaram a tentar e aos 80' Cristiano Ronaldo reduziu a diferença, ao aproveitar um ressalto na área. Podia, até, ter bisado num potente remate que Lloris teve dificuldades para segurar, cinco minutos mais tarde. O Real Madrid continua a depender de si mesmo para se apurar para os oitavos.

 

in Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:57



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores


subscrever feeds