Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Golos com História: Figo

por Pedro Silva, em 05.02.19

FIGO-ALEGRIA-GOL-2.jpg

Na temporada 2002/03, Figo marcou o seu primeiro bis com o Real Madrid diante do Alavés.
 
Esta semana, em Golos com História, o protagonista é Figo. O português chegou vindo do Barcelona no verão do ano 2000. Extremo de grande qualidade, destacou-se pela habilidosa finta e pelo excelente remate, o que lhe permitiu assistir em numerosas ocasiões os seus companheiros e marcar grandes golos.

Na temporada 2002/03, o Real Madrid recebeu na jornada 5 da Liga o Alavés no Santiago Bernabéu E o português marcou o seu primeiro bis com a camisola do Real Madrid. O primeiro tento marcou de penálti, e no segundo culminou uma grande jogada pessoal isolando-se na área. Figo conduziu, encarou o guarda-redes e bateu-o com um disparo cruzado com a parte exterior do pé direito.
 
Figo esteve cinco temporadas no Real Madrid, nas quais disputou 245 jogos oficiais e marcou 58 golos. Nesse tempo levantou 7 títulos: 1 Taça dos Campeões Europeus, 1 Taça Intercontinental, 1 Supertaça Europeia, 2 Ligas e 2 Supertaças de Espanha.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00

Os Bolas de Ouro do Real Madrid

por Pedro Silva, em 05.12.18

_HE29823Thumb.jpg

Di Stéfano, Kopa, Ronaldo, Zidane, Figo, Owen, Cannavaro, Kaká, Cristiano Ronaldo e Modric formam esta lista de lendas.
 
A Bola de Ouro 2018 ganha por Modric é só o último exemplo do idílio do Real Madrid com este prestigiado troféu, outorgado pela France Football. Antes do croata outros nove jogadores que vestiram a camisola do conjunto blanco foram reconhecidos com este prémio. O último foi Cristiano Ronaldo, que o conquistou em cinco ocasiões: 2017, 2016, 2014, 2013 e 2008. 

Alfredo Di Stéfano abriu o caminho. O Saeta Rubia, que marcou uma época com a lendária equipa vencedora das cinco primeiras Taças dos Campeões Europeus, foi premiado com a Bola de Ouro em 1957 e 1959. Alem disso, é o único futebolista que foi distinguido com a Super Bola de Ouro para o melhor jogador da história do futebol europeu (1989). Kopa, que partilhou o balneário com Di Stéfano, venceu a distinção em 1958 para corroborar a hegemonia madridista. 

Na lista de Bolas de Ouro madridistas está também Zidane, que venceu o troféu em 1998 sucedendo no palmarés a Ronaldo, que o ganhou em 1997 e repetiu em 2002. A lista fica completa com Figo(2000), Owen (2001), Cannavaro (2006) e Kaká (2007).
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:57

Golos com História: Figo

por Pedro Silva, em 22.12.17

figo-se-va-y-luis-enrique-le-hace-faltaThumb.jpg 

Na temporada 2001/02, o português fechou o marcador na vitória do Real Madrid no Clássico.  
 
Esta semana, em Golos com História, o nosso protagonista é Figo. O portugês chegou ao Real Madrid procedente do Barcelona no verão do ano 2000. Destacou-se no conjunto blanco pela finta, pelo forte e excelente remate, e pelos muitos golos e assistências para os companheiros.
 
A 4 de Novembro  de 2001, o Santiago Bernabéu viveu um Clássico frente ao Barcelona. O   Real Madrid vencia pela margem mínima a poucos minutos do final do jogo até que apareceu Figo para sentenciar o encontro. A equipa realizou uma grande jogada colectiva na qual Raúl deixou passar a bola entre as pernas dentro da área e o português concluiu a acção fazendo um remate cruzado. 

Figo jogou cinco temporadas no clube branco. Além dos seus 245 jogos e 58 golos, alcançou um grande palmarés com 7 títulos: 1 Taça dos Campeões Europeus, 1 Taça Intercontinental, 1 Supertaça Europeia, 2 Ligas e 2 Supertaças de Espanha.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

As Bolas de Ouro do Real Madrid

por Pedro Silva, em 13.12.17

BO_2017_007_horizontalThumb.jpg 

Di Stéfano, Kopa, Ronaldo, Zidane, Figo, Owen, Cannavaro, Kaká e Cristiano Ronaldo formam esta lista de lendas.  
 
A Bola de Ouro 2017 conquistada por Cristiano Ronaldo é só o último exemplo da ligação do Real Madrid com este prestigiado troféu, entregue pela France Football. Antes do português, também vencedor das edições de 2008, 2013, 2014 e 2016, outros oito jogadores que vestiram a camisola do conjunto branco foram reconhecidos com este prémio.

Alfredo Di Stéfano abriu o caminho. A Saeta Rubia, que marcou uma época com a lendária equipa vencedora das cinco primeiras Taças dos Campeões Europeus, foi premiado com a Bola de Ouro em 1957 e 1959. Além disso, é o único futebolista detentor da Super Bola de Ouro, para o melhor jogador da história do futebol europeu (1989). Kopa, que partilhava o balneário com Di Stéfano, conquistou o galardão em 1958 para corroborar a hegemonia madridista.

Na lista de Bolas de Ouro madridistas não falta o actual treinador do conjunto branco, herói da nona Taça dos Campeões Europeus. Zidane ganhou o troféu em 1998, sucedendo a Ronaldo, que a ganhou em 1997 e repetiu em 2002. A lista fica completa com Figo (2000), Owen (2001), Cannavaro (2006) e Kaká (2007).
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores