Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Sem Título.png 

Quem quiser pode ler a notícia na íntegra aqui.

 

Não contrario - nem posso – o facto de Florentino Pérez ter conseguido baixar o preço do passe de Tibeaux Courtois. Tenho, inclusive, de dar os parabéns ao Presidente por tal facto dado que se trata (tão somente) do Melhor Guarda-redes do último Mundial de futebol que se realizou na Rússia.

 

O problema é que falamos de uma contratação puramente desnecessária! O Real Madrid CF já estava bem servido de Guarda-redes. Não necessitava, de forma alguma, de ter contratado um atleta que pelo “peso” do seu estatuto e do valor do sue passe vai obrigar a que seja – quase – sempre a primeira escolha de Julen Lopetegui.

 

Ou seja; já não basta o balneário da equipa «blanca» ser muitas vezes o que é, e o seu actual treinador (que tem o feitio que todos conhecemos) tem de ceder á pressão mediática em vez de ser justo na escolha do dono da baliza «merengue».

 

E deste ponto de vista, ponham lá isto como vos aprouver, a contratação de Tibeaux Courtois foi um tremendo desastre.

 

Como tal sou obrigado a concluir que só não existe pior cego do que aquele que não quer ver. Pelos vistos no matutino as são muitos os cegos deste tipo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:20

Courtois, novo jogador do Real Madrid

por Pedro Silva, em 09.08.18

ultra1Thumb.jpg 

O luva de ouro do Mundial da Rússia reforça o plantel do campeão europeu
 
Thibaut Courtois (Bree, Bélgica, 11/05/1992) é o novo jogador do Real Madrid. O luva de ouro do último Mundial assina pelo detentor da Champions League após o impressionante papel que teve na Rússia. As suas intervenções foram decisivas para que a Bélgica alcançasse um histórico terceiro lugar, e valeram-lhe para ser eleito o melhor guarda-redes do torneio.

Aos 26 anos, Courtois já tem larga experiência no futebo europeu. Já venceu a Liga em Espanha, Inglaterra e Bélgica, e destaca-se pelos quase dois metros de altura (1,99) e pela segurança entre os postes. Formado nas categoria jovens do Genk, estreou-se com a equipa principal na temporada 2008/09 e ganhou o lugar definitivamente duas campanhas mais tarde. Na época 2010/11, a última que jogou no futebol belga, foi essencial para a conquista da Liga e foi nomeado guarda-redes do ano.

O menos goleado da Primeira
No verão de 2011 assinou pelo Chelsea, que o cedeu durante três temporadas ao Atlético de Madrid. No clube rojiblanco conquistou a Europa League, a Supertaça Europeia, a Liga e a Taça do Rei. Conquistou o Troféu Zamora em duas ocasiões (2012/13 e 2013/14) e foi incluído no onze ideal do campeonato (2013/14). Nesta etapa aconteceu a estreia com a selecção absoluta da Bélgica. Foi em Novembro de 2011, com 19 anos, o que o tornou no guarda-redes mais jovem da história a estrear-se na selecção belga.

Luva de ouro da Premier
Courtois regressou na temporada 2014/15 ao Chelsea, onde levantou duas Premier League (2014/15 e 16/17), a FA Cup (2017/18) e a Taça da Liga (2014/15). A sua equipa foi a menos goleada na primeira campanha, e na 2016/17, o guardião belga recebeu o Prémio Luva de Ouro da Premier após somar 16 jogos sem sofrer golos. 

Palmarés:
-Luva de Ouro do Mundial 2018
-2 Troféus Zamora
-Luva de Ouro da Premier League
-2 Premier League
-1 Liga espanhola
-1 Liga belga
-1 Europa League
-1 Supertaça Europeia
-1 Taça do Rei
-1 FA Cup
-1 Taça da Liga inglesa
 
Carreira:
-Genk (2008-2011)
-Atlético de Madrid (2011-2014)
-Chelsea (2014-2018)
-Real Madrid (2018- )
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:19



Agenda do Real Madrid


Calendário

Dezembro 2018

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (10/12/2018)

>

as (10/12/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores