Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


KROOS_GettyImages-1027974850_H1Thumb.jpg

Vão disputar jogos da Liga das Nações da UEFA e amigáveis. 
 
Começa uma nova para paragem para compromissos internacionais, e 12 jogadores do Real Madrid foram convocados pelas suas selecções. Ramos, Asensio, Ceballos, Isco, Kroos, Bale e Varane disputarão um jogo da Liga das Nações da UEFA e um amigável. Modric e Courtois jogarão dois encontros oficiais, e Valverde, Marcelo e Vinicius Jr. vão jogar amigáveis.

Croácia-Espanha (quinta-feira 15; 19:45 h portuguesa)
Espanha-Bósnia (domingo 18; 19:45 h portuguesa)
Ramos, Asensio, Ceballos e Isco foram chamados para disputarem com a Espanha um jogo essencial. A selecção espanhola necessita ganhar à Croácia de Modric no Maksimir Stadion de Zagreb para assegurar um lugar na Final Four da Liga das Nações. Três dias depois vai disputar um amigável contra a Bósnia no estádio de Gran Canária.

Croácia-Espanha (quinta-feira 15; 19:45 h portuguesa)
Inglaterra-Croácia (domingo 18; 14:00 h portuguesa)
A vice-campeã do último Mundial, com Modric como capitão, apura as suas opções para tentar alcançar a qualificação entre as quatro melhores da Europa na Liga das Nações. Para tal deve ganhar os seus dois últimos encontros oficiais. O primeiro em casa contra a Espanha, que é líder e vai contar com Ramos, Asensio, Ceballos e Isco, e o segundo em Wembley frente à Inglaterra.

Bélgica-Islândia (quinta-feira 15; 19:45 h portuguesa)
Suíça-Bélgica (domingo 18; 19:45 h portuguesa)
Courtois tratará de levar a Bélgica até à Final Four da Liga das Nações. Empatada em pontos com a Suíça, mas com um jogo a menos, a sua selecção jogará primeiro em casa, no estádio Rei Balduíno, frente à Islândia. Depois, encontro decisivo fora contra a Suíça.

Gales-Dinamarca (sexta-feira 16; 19:45 h portuguesa)
Albânia-Gales (terça-feira 20; 19:00 h portuguesa)
Um compromisso oficial e outro amigável que Bale vai jogar com Gales. O primeiro, que será decisivo para a Liga das Nações contra a Dinamarca, será jogado no Cardiff City Stadium. O amigável será disputado quatro dias depois contra a Albânia na Elbasan Arena.

Holanda-França (sexta-feira 16; 19:45 h portuguesa)
França-Uruguai (terça-feira 20; 20:00 h portuguesa)
Varane foi convocado para disputar o jogo crucial da Liga das Nações diante da Holanda. A sua selecção apenas precisa empatar no Stade de Kuip (Roterdão) para passar à fase seguinte. Quatro dias mais tarde, jogará em casa um amigável contra o Uruguai, onde está convocado Valverde.
 
Alemanha-Rússia (quinta-feira 15; 19:45 h portuguesa)
Alemanha-Holanda (segunda-feira 19; 19:45 h portuguesa)
A equipa germânica, com Kroos na convocatória, jogará os dois encontros em casa. O primeiro, um amigável contra a Rússia, na Red Bull Arena de Leipzig. O segundo, um oficial contra a Holanda na Arena auf Schalke de Gelsenkirchen. Os alemão já não têm hipóteses de se qualificarem para a ronda seguinte da Liga das Nações.

Brasil-Uruguai (sexta-feira 16; 20:00 h portuguesa)
França-Uruguai (terça-feira 20; 20:00 h portuguesa)
Valverde jogará com o Uruguai na Europa dois amigáveis de peso. De facto, iremos assistir a confrontos entre selecções que foram campeãs do mundo. O primeiro será em Londres contra Brasil, e o segundo diante da França, com Varane, no Stade de France.

Brasil sub-20-Colômbia sub-20 (quinta-feira 15; 18:00 h portuguesa)
Brasil sub-20- Colômbia sub-20 (terça-feira 20; 23:00 h portuguesa)
Vinicius Jr. terá um compromisso duplo frente à Colômbia sub-20 para continuar a preparação do Sulamericano da categoria, que será disputado em Janeiro no Chile. O primeiro encontro será jogado no estádio Independência de Belo Horizonte e o segundo no Olímpico Pedro Ludovico de Goiana.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:10

casemiroGettyImages-1030868264Thumb.jpg 

Casemiro, Modric e Courtois foram titulares com Brasil, Croácia e Bélgica, respectivamente.
 
Quatorze madridistas foram convocados para disputarem compromissos internacionais nesta paragem para jogos das selecções. Ramos marcou no triunfo da Espanha diante de Gales, num encontro onde também foi titular Ceballos, e Varane jogou a primeira metade no empate da França frente à Islândia.

Gales-Espanha (1-4)
Espanha-Inglaterra (segunda-feira; 19:45 h portuguesa)
Ramos, marcou o segundo tento da vitória da Espanha contra Gales no Millenium Stadium, num encontro amigável onde também foi titular Ceballos. A selecção espanhola vai jogar contra a Inglaterra na próxima segunda-feira no Benito Villamarín, num duelo a contar para a terceira jornada da Liga das Nações.  

França-Islândia (2-2)
França-Alemanha (terça-feira 16; 19:45 h portuguesa)
Varane foi titular e disputou a primeira parte no empate da França num amigável contra a Islândia. Na próxima terça-feira, a seleccção orientada por Didier Deschamps enfrenta a Alemanha numa nova jornada da Liga das Nações. 

Gales-Espanha (1-4)
Irlanda-Gales (terça-feira 16; 19:45 h portuguesa)
Bale não foi convocado para disputar o amigável diante da Espanha. Na próxima terça-feira, Gales vai defrontar a Irlanda no Aviva Stadium em Dublin, num duelo correspondente à Liga das Nações. 

Bélgica-Suíça (2-1)
Bélgica-Holanda (terça-feira 16; 19:45 h portuguesa)
Courtois foi titular entre os postes no triunfo da Bélgica frente à Suíça, num encontro correspondente à Liga das Nações disputado no estádio Rei Balduino em Bruxelas. Na próxima terça-feira, no mesmo recinto, vai enfrentar num amigável a Holanda.

Croácia-Inglaterra (0-0)
Croácia-Jordânia (segunda-feira 15; 19:45 h portuguesa)
A Croácia, com Modric titular no meio campo, empatou sem golos frente à Inglaterra no estádio Rujevica em Rijeka, num encontro da Liga das Nações que reeditou a meia-final do passado Mundial da Rússia. O seguinte compromisso, amigável, será contra a Jordânia na próxima segunda-feira.

Coreia do Sul-Uruguai (2-1)
Japão-Uruguai (terça-feira 16; 11:35 h portuguesa)
Valverde não participou no primeiro dos dois amigáveis que o Uruguai vai disputar na Ásia durante esta paragem para compromissos das selecções. O combinado uruguaio caiu diante da Coreia do Sul em Seul. Na próxima terça-feira, o Uruguai disputa o segundo amigável frente ao Japão em Saitama.

Holanda-Alemanha (sábado 13; 19:45 h portuguesa)
França-Alemanha (terça-feira 16; 19:45 h portuguesa)
Dois encontros da Liga das Nações que Kroos vai disputar com a Alemanha. Ambos fora. O primeiro será contra a Holanda na Johan Cruyff Arena de Amsterdão, e o seguno no Stade de France contra a campeã do mundo.

Arábia Saudita-Brasil (0-2)
Brasil-Argentina (terça-feira 16; 18:45 h portuguesa)
Casemiro disputou frente à Arábia Saudita o primeiro dos dois amigáveis que o Brasil vai jogar nesta paragem para compromissos internacionais. O madridista foi titular e disputou 66 minutos na vitória contra o combinado saudita. O segundo encontro será um clássico de selecções contra a Argentina, no estádio Rei Abdullah da cidade de Yeda.

México-Costa Rica (3-2)
Colômbia-Costa Rica (quarta-feira 17; 01:00 h portuguesa)
Keylor Navas foi titular na derrota da Costa Rica diante do México pela diferença mínima, no estádio Universitario de Monterrey. A Colômbia, no estádio Red Bull Arena de Nova Jérsei, será o adversário seguinte na próxima quarta-feira.

Albânia sub-21-Espanha sub-21 (0-1)
Islândia sub-21-Espanha sub-21 (terça-feira 16; 17:45 h portuguesa)
A seleccção espanhola sub-21 ganhou pela diferença mínima à Albânia num encontro de qualificação para o Campeonato Europeu. Vallejo não disputou nenhum minuto e na terça-feira defrontará a Islândia fora. 
 
Chile sub-20-Brasil sub-20 (sábado 13; 22:30 h portuguesa)
Chile sub-20-Brasil sub-20 (segunda-feira 15; 21:15 h portuguesa)
Vinicius Jr. estará com a selecção brasileira sub-20 para o duplo confronto fora diante do Chile sub-20. O primeiro encontro será disputado no estádio El Teniente de Rancagua.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:42

_1AM0225_horizontalThumb.jpg 

Impôs-se ao Unicaja num final apertado, que foi decidido com um espectacular parcial de 12-1 nos últimos dois minutos e meio. 

Sem Título.png 

O Real Madrid tinha diante de si um exigente arranque da Liga com três jogos em sete dias e resolveu-o com nota positiva, ganhando a três importantes adversários: Iberostar Tenerife no domingo passado; Valência Basket na Fonteta na quinta-feira, e Unicaja de Málaga. Frente aos andaluzes, o conjunto blanco desperdiçou uma vantagem de 15 pontos na primeira parte, mas soube reagir no tramo final a um mau terceiro período. Decidiu o encontro com um demolidor 12-1 quando perdia 77-81 à falta de 2:32. Grande exibição de Tavares (14 pontos, 11 ressaltos e 27 de valorização), com Campazzo (13 pontos e 21 de valorização), Carroll, Reyes e Randolph com dois dígitos em pontos marcados.

 
Nova prova de fogo para um Real Madrid que se apresentava diante dos seus adeptos com as baixas de Yusta, Ayón e Thompkins, e com menos de 48 horas de descanso desde o grande jogo de Valência. Recuperava Taylor, titular e protagonista nos primeiros minutos juntamente com Tavares. Seis pontos seus e outros oito do poste com dois desarmes de lançamentos, neutralizaram um bom arranque dos visitantes liderados por Wiltjer (4-11, min. 4). Sem acerto desde o exterior, mas muito superior no ressalto, o conjunto dirigido por Laso procurou soluções perto do cesto. Ajudou Causeur rompendo a defesa andaluza com as suas penetrações e o Madrid alcançou um 17-2 de parcial (21-13, min. 8).
 
Imparável de três
Aguentou o Unicaja a investida de uns blancos travados pela falta de triplos (o primeiro foi marcado aos 14’, obra de Carroll). A segunda linha da equipa de Casemiro, com maior presença na zona restritiva graças a Lessort e a exibir as suas virtudes triplistas, levou-os a retomar a dianteira com 24-25 no marcador. Nesse momento, o Real Madrid despertou desde os 6,75m, e com esse recurso o seu jogo é letal. Três de Carroll (10 pontos), outro de Campazzo e mais um de Rudy, juntamente com uns bons minutos da dupla Reyes-Kuzmic, e o seu melhor jogo defensivo, forçando sete perdas de bola do adversário, abriram uma brecha de 15 pontos (46-31, min. 19).

FOI RESPEITADO UM MINUTO DE SILÊNCIO DEVIDO AO FALECIMENTO DO ANTIGO JOGADOR DO REAL MADRID JOSÉ LUIS CORTÉS.

O Unicaja regressou com força após o descanso, com Díaz e Milosavljevic ao comando. Primeiro o sérvio (8 pontos) e depois Shermadini, ganhando o jogo na área restritiva aos adversários, propiciaram os melhores minutos dos visitantes. Dois triplos de Salin culminavam a reviravolta com um parcial 0-14 a seu favor. O Madrid não estava confortável em nenhuma das tabelas, encaixando 28 pontos no terceiro período (62-64, min. 30).
 
O melhor Madrid em dois minutos e meio
Havia jogo de novo e ficava para decidir no período final. Reyes e Deck, marcavam para os blancos, enquanto Roberts e Lessort faziam-no para os andaluzes. Um triplo de Roberts colocava o resultado em 77-81 à falta de 2:32. A imbatibilidade da equipa da casa era colocada em causa, mas o Real Madrid exibiu o seu ADN vencedor. Tavares carregou a equipa às costas: 4 lances livres sem falhar, um desarme de lançamento e um ressalto ofensivo, foram decisivos para continuar com a opção da vitória em aberto. Os blancos foram directos em busca do triunfo, e com um 2+1 de Campazzo, duas jogadas defensivas impressionantes, e um triplo de Llull, fulminavam as esperanças do Unicaja com uma reacção magistral. Parcial de 12-1 e segunda vitória em menos de 48 horas, terceira em sete dias. O Madrid chega líder e invicto à sua estreia na Euroliga (quinta-feira 11, 20:00 h portuguesa). 

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:53

 

Após a grande vitória sobre a Roma, os blancos recebem uma das equipas com melhor arranque na Liga (19:45, hora portuguesa). 
 
Regressa a Liga ao Santiago Bernabéu. O estádio madridista recebe a quinta jornada do campeonato apenas três dias depois da exibição da equipa na estreia na Champions diante da Roma. Os homens de Julen Lopetegui retomam a competição doméstica recebendo o Espanhol, equipa que protagonizou um grande arranque de temporada e que começa a jornada na quarta posição. O objectivo é dar sequência às boas sensações e manter o pleno de triunfos em casa para a Liga.

É preciso recuar ao mês de Janeiro para encontrar o último tropeção do Real Madrid no campeonato na condição de visitado. Desde então, a equipa encadeia onze partidas invicta, nove das quais saldaram-se por vitórias. Os blancos estão conscientes da importância de continuar a somar de três em três no Bernabéu e é assim que encaram o jogo desta noite. Tudo isso antes de uma exigente semana em que visitarão o Sánchez Pizjuán e receberão o Atlético de Madrid. 

“O Espanhol é uma equipa muito completa. É o jogo mais exigente dos que tivemos até agora no Bernabéu”, destacou Lopetegui. O técnico não poderá contar com Carvajal para o encontro. O lateral direito foi a única ausência no último treino antes do jogo. Entre os disponíveis encontra-se Gareth Bale, que atravessa um sensacional momento de forma e marcou ou assistiu nos seus dez últimos jogos oficiais. 
 
Grande arranque
O Espanhol visita o Santiago Bernabéu depois de protagonizar um bom arranque na Liga. Os homens de Rubi, que assumiu o comando da equipa neste Verão, somam 7 pontos depois de terem conseguido duas vitórias, um empate e uma derrota. No entanto, o Real Madrid confia no seu histórico recente frente ao conjunto catalão em casa: invicto em 22 partidas para a Liga e nenhum golo sofrido nas últimas quatro visitas ao Espanhol. 

 

Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47



Agenda do Real Madrid


Calendário

Novembro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (14/11/2018)

>

as (14/11/2018)

>

THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores