Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


_3AM8761_horizontalThumb.jpg

Os blancos defrontam na meia-final o Kashima Antlers ou o Guadalajara (quarta-feira, 19 de Dezembro, 16:30 h portuguesa).
 
Após a final da Taça Libertadores, o Real Madrid já conhece a identidade de todos os participantes no próximo Mundial de Clubes que terá lugar do 12 ao 22 de Dezembro nos Emirados Árabes Unidos. Lá os blancos vão tentar levantar o título pelo terceiro ano consecutivo e proclamarem-se campeões mundiais pela sétima vez na sua história.

O CD Guadalajara do México ou o Kashima Antlers do Japão, o campeão da Concacaf e o vencedor da Liga dos Campeões da Ásia respectivamente, será o adversário do conjunto de Solari nas meias-finais após o encontro que as duas equipas vão disputar na segunda ronda do torneio.  

Lado oposto do quadro
O River Plate foi a última equipa a qualificar-se para o torneio. O duelo foi decidido no jogo da segunda mão disputado no Santiago Bernabéupor 3-1 depois do 2-2 da primeira mão em La Bombonera. O clube argentino, tal como o Real Madrid, apura-se directamente para as meias-finais do Mundial, onde vai enfrentar o Espérance de Tunis (campeão da CAF), o Al Ain de Abu Dabi ou o Team Wellington (campeão da Oceânia).

JOGOS
1ª ronda:
- Al Ain-Team Wellington (12 de Dezembro, 15:30 h*)
2ª ronda: 
- Espérance de Tunis-Al Ain/Team Wellington (15 de Dezembro, 13:00 h)
- Kashima Antlers-CD Guadalajara (15 de Dezembro, 16:30 h)
Meias-finais:
-River Plate-Espérance de Tunis/Al Ain/Team Wellington (18 de Dezembro, 16:30 h)
- Kashima Antlers/Guadalajara-Real Madrid (19 de Dezembro, 16:30 h)
3º e 4º lugares: (22 de Dezembro, 13:30 h)
Final: (22 de Dezembro, 16:30 h)
*Horário português.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:24

GettyImages-98909188233Thumb.jpg 

A selecção francesa de Varane vai defrontar a croata de Modric e Kovacic na final de domingo.
 
Três jogadores do Real Madrid alcançaram a final do Mundial da Rússia. A selecção francesa de Varane vai defrontar a croata de Modric e Kovacic no jogo pela conquista do título (domingo, 16:00 horas portuguesas). A França chegou à final depois de derrotar a Bélgica, enquanto a Croácia venceu a Inglaterra na meia-final. 

Final: França-Croácia (domingo, 16:00 horas portuguesas) 
Meias-finais: Croácia-Inglaterra (2-1)
Quartos-de-final: Rússia-Croácia (2-2, Penáltis 3-4) 
Oitavos-de-final: Croácia-Dinamarca (1-1. Penáltis:3-2) 
Fase de Grupos
Croácia-Nigéria (2-0}
Argentina-Croácia (0-3)
Islândia-Croácia (1-2)
Modric e Kovacic já estão na final depois de terem vencido a Inglaterra no prolongamento da meia-final. O primeiro foi titular, enquanto o segundo não foi utilizado. Os croatas foram primeiros do Grupo D, superando Argentina, Nigéria e Islândia, e ganharam nos oitavos-de-final à Dinamarca e eliminaram a Rússia nos quartos. 

Final: França-Croácia (domingo, 16 horas portuguesas) 
Meias-finais: França-Bélgica (1-0)
Quartos-de-final: Uruguai-França (0-2) 
Oitavos-de-final: França-Argentina (4-3)
Fase de Grupos
França-Austrália (2-1)
França-Peru (1-0)
Dinamarca-França (0-0)
A selecção de Varane jogará a final do Mundial da Rússia. Depois de ter ultrapassado a Argentina nos oitavos e derrotado o Uruguai nos quartos, chegam ao jogo decisivo do torneio após vitória sobre a Bélgica mas meias-finais. Na Fase de Grupos, a França conseguiu a passagem aos oitavos ao ficar na frente de Dinamarca, Peru e Austrália.  

Quartos-de-final: Brasil-Bélgica (1-2)
Oitavos-de-final: Brasil-México (2-0) 
Fase de Grupos
Brasil-Suíça (1-1)
Brasil-Costa Rica (2-0) 
Sérvia-Brasil (0-2) 
O Brasil caiu diante da Bélgica num dos melhores jogos até agora no Mundial. Marcelo recuperou a titularidade na lateral esquerda após recuperar da lesão,enquanto que Casemiro cumpriu o jogo de castigo. 

Oitavos-de-final: Espanha-Rússia (1-1. Penáltis: 3-4)
Fase de Grupos:
Portugal-Espanha (3-3)
Irão-Espanha (0-1)
Espanha-Marrocos (2-2)
A selecção espanhola, com a participação de Ramos, Isco, Carvajal, Asensio e Nacho caiu na lotaria dos penáltis frente ao anfitrião. Os comandados por Hierro chegaram aos oitavos após vencerem o Grupo B na frente de Portugal, Irão e Marrocos. Nacho e Isco marcaram um golo cada um no campeonato.

Oitavos-de-final: Uruguai-Portugal (2-1)  
Fase de Grupos:
Portugal-Espanha (3-3)
Portugal-Marrocos (1-0)
Irão-Portugal (1-1)
Cristiano Ronaldo jogou como titular e disputou todo o jogo dos oitavos-de-final frente ao Uruguai, onde os portugueses foram derrotados por 2-1. O madridista despede-se do Mundial tendo marcado quatro golos na Fase de Grupos. 

Fase de Grupos:
Marrocos-Irão (0-1)
Portugal-Marrocos (1-0)
Espanha-Marrocos (2-2) 
Marrocos marcou frente à Espanha os seus primeiros golos no presente Mundial e somou o único ponto no torneio. A selecção de Achraf, que disputou os três jogos, não conseguiu a qualificação no Grupo B da competição.   

Costa Rica-Sérvia (0-1)
Brasil-Costa Rica (2-0)
Suíça-Costa Rica (2-2)
Keylor Navas foi titular nos três jogos do campeonato, e no último, a sua selecção conseguiu um empate contra a Suíça. A selecção costarriquenha, no entanto, não conseguiu avançar de ronda após perder os dois primeiros confrontos frente à Sérvia e ao Brasil.

Alemanha-México (0-1)
Alemanha-Suécia (2-1)
Coreia do Sul-Alemanha (2-0) 
A Alemanha ficou às portas dos oitavos-de-final depois de perder frente à Coreia do Sul na última jornada do Grupo F. A selecção de Kroos, que marcou um golo e foi titular nos três encontros, não conseguiu passar de ronda. 
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09

Três madridistas nas meias-finais do Mundial

por Pedro Silva, em 09.07.18

GettyImages-98909188233Thumb.jpg 

Varane vai defrontar a Bélgica e Modric e Kovacic a Inglaterra.
 
Já só faltam quatro jogos para terminar o Mundial da Rússia 2018 e entre os candidatos a levantar o troféu encontram-se três madridistas. Varane, com a selecção francesa, será o primeiro a disputar as meias-finais diante da Bélgica, na terça-feira. Um dia depois, Modric e Kovacic tentarão conseguir um lugar na final para a Croácia. 

França-Bélgica (terca-feira, 19:00 horas portuguesas)
Varane, indiscutível na França em todos os jogos do Mundial, enfrenta as meias-finais depois de ter participado na vitória sobre o Uruguai nos quartos, tendo marcado o primeiro golo do jogo. A Bélgica será o seu adversário, a única equipa que ganhou todos os seus encontros e que é a que tem mais golos no torneio, com 14.

Croácia-Inglaterra (quarta-feira, 19:00 horas portuguesas)
O Mundial espectacular que Modric tem protagonizado levou a Croácia até às meias-finais. A selecção balcânica, que também tem Kovacic nas suas fileiras, demonstrou a sua fiabilidade nos desempates por penáltis nas eliminatórias. Depois de ultrapassar desde a marca dos 11 metros tanto a Dinamarca como o país anfitrião, é hora de defrontar a Inglaterra, que conta com o melhor marcador da prova, Harry Kane.
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:19

Estrelinha de campeão

por Pedro Silva, em 01.05.18

imgS620I220161T20180501211927.jpg 

imagem retirada de zerozero

 

Confesso que este tipo de jogo me irrita profundamente. Especialmente quando se sabia de antemão que o adversário ia aproveitar todo e qualquer recuo de uma equipa para tentar marcar golos. O Real Madrid CF de Zidane tinha perfeito conhecimento de tal, pelo que não percebo a razão de se ter recuado tanta vez dado, desta forma, todo o espaço de que o Bayern necessitava para poder explanar o seu futebol. Não fosse Keylor Navas o Melhor Guarda-redes do Mundo e a dupla Ramos/Varane altamente competente e não sei se o «madridismo» estaria neste momento a celebrar a terceira final europeia consecutiva.

 

Não percebi a razão pela qual a equipa «blanca» ingenuamente se expôs ao perigoso ataque germânico. Especialmente na segunda parte de um jogo que até estava a vencer por duas bolas a zero. A intranquilidade só deveria ter afectado a equipa bávara, mas por alguma razão que eu desconheço a dita intranquilidade tomou conta da equipa da casa que teve de apelar á tal de “estrelinha de campeão” para poder marcar presença na Final de Kiev. Pouco, muito pouco, para uma equipa que até tinha a eliminatória a seu favor dado que na semana passada tinha vencido em Munique por duas bolas a zero.

 

Foi tremido, difícil e com muita sorte à mistura. Três factores que espero que não marquem presença na Final. Seja quem for o adversário do Real Madrid.

 

MVP (Most Valuable Player): Keylor Navas. Com um punhado de defesas impossíveis, o Guarda-redes costa-riquenho foi, de longe, o melhor jogador em campo desta meia-final da UEFA Champions League. Espero que depois de tamanha exibição o raio da imprensa espanhola pare de tentar “arranjar” um GR para o Real Madrid CF.

  

Chave do Jogo: Inexistente. Em momento algum as equipas foram capazes de criar um lance que fizesse com que a vitória pendesse em definitivo para o seu lado.

 

Arbitragem:  Quase no final da primeira parte há um lance na grande área do Real Madrid em que se vê claramente Marcelo a jogar a bola com a mão, cortando, desta forma, a trajectória da bola após centro de Kimmich. Ficou por assinalar uma Grande Penalidade a favor do Bayern. Cüneyt Çakir não fez uma boa arbitragem e acabou por ter influência no resultado final da partida.

 

Positivo: Efectivamente a única coisa de positivo que se pode retirar deste jogo é mesmo o apuramento da equipa «blanca» para a Final de Kiev.

 

Negativo: Era desnecessário ter-se sofrido tanto diante de um adversário que faz do ataque a sua melhor arma. Assim não Zidane.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:13



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores