Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Andriy Lunin, novo jogador do Real Madrid

por Pedro Silva, em 23.07.18

h_HE18211Thumb.jpg 

Aos 19 anos, o jovem guardião ucraniano já foi internacional absoluto com a selecção do seu país. 
 
Andriy Lunin (11/02/1999, Krasnograd, Ucrânia) já é o novo jogador do Real Madrid. Guarda-redes de 19 anos, vem do Zorya Luhansk, destaca-se pela sua envergadura (mede 1,91 metros) e assina pelas próximas seis temporadas. O campeão europeu incorpora um guarda-redes jovem mas experiente, que já se estreou com a selecção absoluta da Ucrânia num encontro frente à Arábia Saudita. 
 
Estreou-se na Primeira com o Dnipro na época 2016/17 e uma temporada depois foi transferido para o Zorya Luhansk. Lunin, que já disputou mais de 40 jogos na Premier League da Ucrânia, deu mostras da sua qualidade na última edição da Europa League. A sua grande exibição na vitória em San Mamés contra o Atlético de Bilbau serviu-lhe para ser incluído na Equipa da Semana, elaborada por uefa.com
 
Artigo publicado no site Real Madrid CF

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:00

Quase deu Benítez

por Pedro Silva, em 26.11.15

Cristiano Ronaldo voltou aos golos e logo em dose dupla, depois de quase um mês sem marcar. O português esteve em destaque na vitória do Real Madrid sobre o sobre o Shakhtar Donetsk por 4-3, marcando dois golos e fazendo duas assistências para Carvajal (golaço) e Modric, num encontro em que os merengues dominaram do princípio ao fim. CR7 passou a liderar os marcadores da Champions com sete golos em cinco partidas. O Real Madrid "sara as feridas" da humilhação caseira sofrida no sábado ante o Barcelona e garante o primeiro lugar do Grupo A.

Este era o jogo ideal para recuperar a confiança da equipa, depois das derrotas com o Sevilha fora por 3-2 e com o Barcelona em casa por 4-0, em jogos da Liga Espanhola. Já apurado, o Real Madrid jogou em jeito de passeio e não teve dificuldades perante um Shakhtar que não mostrou tanta vontade de vencer como seria esperar, já que necessitava da vitória para ganhar vantagem na luta pelo 3º lugar (dá acesso à Liga Europa).

Relativamente ao descalabro de sábado, Benitez fez "cair" Keylor Navas, Danilo, Toni Kroos, James Rodriguez e Benzema do onze, que se juntaram aos lesionados Marcelo e Sergio Ramos. Uma verdadeira revolução no onze que contou com Pepe a titular e ainda Casemiro.

Logo aos dois minutos, Cristiano Ronaldo teve boa oportunidade para voltar aos golos após passe de Modric mas errou o alvo. Mas CR7 não era duas vezes seguidas e aos 18, foi o único a acreditar que uma correia de Bale poderia dar em qualquer coisa. O galês conseguiu cruzar para a área onde apareceu Ronaldo, sozinho, a desviar de cabeça para o 1-0. Era o regresso do português aos golos, quase um mês depois, ele que não marcava desde o dai 31 de outubro, frente aos Las Palmas.

Até ao intervalo não se verificou nada de extraordinário no jogo, a não ser algumas tímidas tentativas do Shakhtar em empatar. Destaque para a lesão de Varane, que foi substituído por Danilo.

O início do segundo tempo não poderia ser melhor para os espanhóis. Aos 50 minutos, Casemiro encontrou Ronaldo na área com um passe longo. O português esperou até colocar em Modric que atirou a contar, fazendo o 2-0. No minuto seguinte foi Pyatov a evitar novo tento de CR7. Mas o guarda-redes ucraniano nada poderia fazer aos 53 minutos. Ronaldo aguentou a bola na área, viu a entrada de Carvajal e soltou a bola na hora. O lateral recebeu, fez um túnel a Márcio Azevedo e com o pé esquerdo, fez um remate colocado, batendo Pyatov pela terceira vez.

Ronaldo, que nunca está satisfeito com o número de golos marcados, bisou no encontro aos 70 minutos, após nova boa jogada de Bale. O português, só a segunda, conseguiu bater o guarda-redes ucraniano.

Já com Kroos e Benzema em campo, os merengues tiraram o "pé do acelerador", relaxaram e permitiram grande recuperação do Shakthar Donetsk. Casemiro foi imprudente e derrubou Taison aos 77, dentro da área. Alex Teixeira aproveitou para bater Kiko Casilla, com o portero espanhol ainda a tocar no esférico. O segundo golo da turma ucraniana (que joga no Arena Lviv, casa emprestada), foi apontado aos 83 minutos e pertenceu a Dentinho. O brasileiro só teve de encostar com o peito, após canto. Estava completamente esquecido.

O relaxamento merengue seria castigado novamente aos 88 minutos, com novo golo do Shakthar, desta vez por Alex Teixeira, que teve todo o tempo do mundo na grande área antes de decidir por um remate colocado. Os ucranianos ainda tentaram o empate mas já não havia tempo para mais.

Ronaldo voltou aos golos e lidera a lista dos melhores marcadores da Liga dos Campeões com sete golos. O Real Madrid garante o primeiro lugar do grupo, à frente do PSG. Os de Rafa Benitez estiveram a vencer por 4-0 mas permitiram três golos aos ucranianos em três minutos.

Retirado de SAPO Desporto

Melhor em Campo: Luka Modric

luka_modric.png 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:00



Agenda do Real Madrid


Calendário

Fevereiro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (19/02/2018)

>

as (19/02/2018)

>

Ballon d'Or France Football 2018


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores