Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Toque de campeão!

por Pedro Silva, em 03.04.18

 

imgS620I218087T20180403213820.jpg 

imagem retirada de zerozero

 

Confesso que estava longe de imaginar que esta equipa do Real Madrid CF fosse capaz de humilhar a Juventus em Itália. Tudo correu bem. Sempre que a equipa de Turim criava algum perigo, eis que rapidamente surgia um corte in extremis de um dos defesas «merengues» ou então a bola seguia, quase que milagrosamente, para fora da baliza defendida por Keylor Navas. Já na baliza de Buffon passava-se precisamente o contrário…

 

Não posso aqui dizer que os «madridistas» jogaram muito bem. A ideia que tenho é que estes jogaram o q.b. para que a eliminatória diante da «Juve» acabasse por ser decidida em Madrid, mas a coisa não foi bem assim. E não o foi por culpa dos jogadores de Zidane e também – muito por – culpa dos jogadores de Allegri… Que desgraça de linha defensiva! Especialmente na zona central. Agora percebo porquê razão a selecção italiana não vai marcar presença no Mundial da Rússia.

 

Para ser muito sincero tenho de confessar que não gosto muito dom estilo de jogo que a equipa «blanca» apresentou hoje. Muita posse de bola, ritmo baixo e um usar e abusar dos “passes à queima”. Tinha tudo para correr mal. Felizmente não correu e Cristiano Ronaldo (sempre ele!) lá apareceu em mais uma daquelas noites europeias em que a magia entra em campo.

 

Agora convêm não se entrar em euforias. A eliminatória está – quase – resolvida. Só mesmo uma hecatombe de proporções bíblicas poderá afastar o Real Madrid das Meias-Finais da UEFA Champions League, mas em futebol nada é impossível. Para mais é importante manter-se os pés bem assentes na terra porque este fim-de-semana há um importante dérbi de Madrid que é para se vencer.

 

MVP (Most Valuable Player): Cristiano Ronaldo. Depois do que vi hoje em pleno Estádio da Juventus. Impossível era não lhe dar o título de MVP desta partida. Um Senhor dentro e fora de campo que sabe como “arrancar” aplausos e o reconhecimento dos adeptos da equipa adversária. CR7 poderia ter conseguido um «poker» na recta final, mas algum desacerto na hora de rematar à baliza impediu o Melhor Jogador do Mundo de voltar a bater recordes.

  

Chave do Jogo: O segundo golo de Cristiano Ronaldo marcado no minuto 64' da partida acabou, por completo, com qualquer capacidade de reacção da Juventus. Juventus que até este momento tinha dado muito que fazer á linha defensiva da equipa de «Zizou».

 

Arbitragem: No global Cüneyt Çakir realizou uma arbitragem positiva. Nem na expulsão de Dybala mas mal ao não ter assinalado duas grandes penalidades a favor do Real Madrid CF na primeira parte (agressão de Asamoah a Dani Carvajal na grande área de Buffon e mão de um jogador da equipa italiana na sequência de um pontapé de canto).

 

Positivo: Circulação de bola com Modric. Foi arriscado dado que a equipa italiana soube pressionar muito o portador da bola, mas a verdade é que hoje Zidane apostou bem nesta circulação e com tal poderá ter ganho (mais uma vez) um plantel e um médio que há muito que andava arredado das boas exibições.

 

Negativo: Nada a apontar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:00




Agenda do Real Madrid


Calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Pesquisar

  Pesquisar no Blog

MARCA (15/10/2018)


as (15/10/2018)


THE BEST FIFA MEN'S PLAYER 2017/18


UEFA Men's Player of the Year 2017/18


Publicidade



Espectadores